Alerta! Este texto contém SPOILERS do episódio 16x14 de NCIS, exibido no dia 19 de fevereiro pela emissora americana CBS. Não prossiga se não quiser saber detalhes da trama.

NCIS decidiu se aprofundar mais no passado em um de seus personagens mais antigos, mas de quem pouco sabíamos. O mago dos computadores, Tim McGee (personagem de Sean Murray), precisou confrontar seu passado no episódio 14 da 16ª temporada do drama criminal.

Quando um corpo é encontrado com uma das senhas antigas do agente, a equipe precisa investigar qual a ligação entre o – aparentemente valioso – computador da adolescência de McGee e uma série de assassinatos.

NCIS explora passado de Tim McGee no episódio 16x14 SPOILERNCIS revela passado surpreendente de McGee [SPOILER]

Por meio de flashbacks e muita nostalgia dos anos 90, ficamos sabendo mais sobre o jovem angustiado e com um relacionamento complicado com o pai. Vemos Tim McGee (então vivido por Charles Tyler Kinder) montar seu poderoso (para os padrões da época) primeiro PC e criar um código que consegue acessar o site do Departamento de Defesa.

Inicialmente ele só quer fazer ligações de longa distância de graça e desafiar as autoridades, mas Chloe – sua primeira namorada – aponta que ele pode ganhar muito dinheiro desviando dinheiro para uma conta secreta. Ele nunca ativa a função, mas de alguma forma essa conta acumula milhões de dólares ao longo dos anos e alguém está disposto a matar para conseguir a complexa senha que McGee criou para a proteger.

NCIS explora passado de Tim McGee no episódio 16x14 SPOILERCharles Tyler Kinder é o jovem Tim McGee no episódio 16x14 de NCIS

Tendo que voltar ao seu colégio do Ensino Médio para investigar, o agente se lembra dos momentos que levaram ele a desistir do sonho de estudar dança e literatura para entrar na Marinha como seu pai exigia.

Inicialmente, a equipe de NCIS desconfia que Chloe seja a terrorista por trás de tudo, mas descobrem a mulher algemada em seu próprio carro e ela explica que ativou a conta no passado, mas esqueceu completamente disso até que foi ameaçada por um homem atrás da chave de acesso que apenas McGee tinha – e o criminoso acaba se revelando ser o auditor Sullivan, a pedra no sapato de Gibbs (Mark Harmon).

Mais quais as implicações para o futuro de NCIS?

NCIS explora passado de Tim McGee no episódio 16x14 SPOILER

A volta ao passado faz McGee refletir sobre as escolhas que fez, mas também ficar finalmente em paz com o destino que escolheu. “Em um episódio anterior, um pouco recente, falamos sobre McGee ser sondado para outro emprego, e isso foi meio que deixado em aberto. Ninguém sabia do que se tratava aquilo. Então, para McGee chegar à conclusão de "eu estou onde deveria estar", acho que foi uma espécie de reafirmação para ele. E ele se divertiu e abraçou seu lado jovem quando pode sapatear”, explica Murray em entrevista ao TV Guide.

O ator também disse que algumas de suas partes favoritas do episódio foi mostrar o lado mais divertido de McGee, como quando ele se sente confortável para sapatear rapidamente ou mesmo seu relacionamento com Delilah.

Veja também: NCIS: saiba como foi a discreta participação de Ziva na 16ª temporada [SPOILER]

“Uma das coisas que eu gosto muito é que eles têm um relacionamento saudável. Os outros personagens realmente não têm grandes relacionamentos. Gibbs tem três ex-esposas e é meio solitário. Bishop se divorciou no ano passado. E assim, para mim, é muito bom ver McGee e Delilah juntos”, confessou.

O próximo episódio de NCIS vai ao ar no dia 26 de fevereiro pela CBS nos Estados Unidos.