Atenção! Este texto contém SPOILERS do episódio 15x13 de Grey's Anatomy, exibido na última quinta-feira, 14 de fevereiro, na TV americana.

Grey’s Anatomy conseguiu mover (ainda que bem lentamente) as histórias de vários personagens no episódio 15x13. Meredith e DeLuca continuam sua trajetória como o casal mais devagar nos 15 anos da série, enquanto Owen mais uma vez está prestes a ter mais uma oportunidade de ser pai de si com a chegada dos pais de Betty.

No lado positivo, o suposto (e anunciado) triângulo amoroso com Amelia e Teddy nunca evolui para tal; Karev se provou um bom Chefe de Cirurgia (para a surpresa e ciúmes de Bailey) e nenhum paciente morreu nesse episódio (para a nossa surpresa).

Dito isso, aqui vai um resumão dos principais acontecimentos do episódio 13 da 15ª temporada de Grey’s Anatomy:

Meredith e DeLuca são o casal mais lentamente desenvolvido da história

Grey

Meredith só concorda em sair em um encontro romântico com DeLuca após ter certeza que Maggie não se importaria (mais alguém vive se esquecendo que os dois um dia namoraram?). Acontece que a cirurgiã cardiologista não só não estava nem aí – mais preocupada em não matar propositalmente sua arqui-inimiga da faculdade –, como ainda disse para a irmã mais velha que o médico é um cara legal.

Qual o problema dos roteirista em deixar Owen Hunt ser pai?

GreyJennifer Grey e Kyle Secor vivem os pais de Betty/Britanny em Grey's Anatomy

Os pais de Betty (ou melhor, Brittany) chegaram ao Grey Sloan Memorial procurando pela filha, mas sem fazer ideia que tinham um neto. Para o desespero de Owen, eles têm toda a intenção de levar Leo para casa – especialmente depois que Amelia deixa escapar que também é uma ex-viciada. No entanto, o cirurgião deixa claro que haverá uma batalha judicial e não deixa que eles levem o bebê. Infelizmente, ele acusa Amelia de estar prejudicando suas chances de ficar com o garoto ao contar sobre seus problemas para os avós de Leo e os dois brigam feio.

Teddy e Koracick estão rapidamente se tornando nosso casal favorito

Grey

Inspirada por um “trisal” de idosos (que acaba se revelando apenas um casal com um amigo extremamente próximo), Teddy assegura Owen que sempre estará lá por ele – como sua melhor amiga. Ela também garante a Koracick que os dois são “alguma outra coisa” e o casal se beija apaixonadamente. Nunca foi tão rápido resolver um triângulo (quadrado?) amoroso antes, não é? De certa forma, estamos nos sentindo um pouco enganados, mas satisfeitos.

Bailey é uma mãe brava, mas orgulhosa

Grey

Por fim, Bailey – com ciúmes do sucesso de Karev na posição de Chefe de Cirurgia – pede seu cargo de volta, mas ele recusa. O médico está gostando do novo cargo e só vai deixá-lo quando seu contrato de seis meses acabar. Bailey fica possessa, mas concorda e admite que está orgulhosa do seu antigo interno.

Os novos episódios da 15ª temporada de Grey’s Anatomy vão ao ar às quintas-feiras na TV americana pelo canal ABC.

Mais novidades de Grey’s Anatomy: