Vingadores: Ultimato estreia em abril deste ano e, até lá, vai sobrar tempo para que os fãs quebrem a cabeça imaginando o que deve acontecer na nova aventura da Marvel Studios.

Isso porque o final de Vingadores: Guerra Infinita colocou os super-heróis em uma posição, no mínimo, delicada: Thanos consegue reunir todas as Joias do Infinito e, com um simples estalar de dedos, faz metade da população desaparecer. Entre os personagens desintegrados, estão Pantera Negra, Homem-Aranha, Doutor Estranho, Falcão e Bucky Barnes, além de praticamente todos os Guardiões da Galáxia — apenas Rocket sobrevive.

Quem acompanha histórias em quadrinhos já sabe que a morte de personagens importantes é até rotineira, mas nunca definitiva. Por isso, a principal questão que envolve Vingadores: Ultimato não é se esses heróis que morreram vão voltar… mas sim como isso vai acontecer. E todos os indícios até o momento apontam para uma viagem no tempo, com os heróis remanescentes — Capitão América, Viúva Negra, Hulk e Homem de Ferro, entre outros — voltando ao passado para impedir que Thanos reúna as Joias do Infinito.

Acompanhe abaixo algumas possibilidades, ligadas a essa teoria.

Reino Quântico

Há quem defenda que a principal utilidade do filme Homem-Formiga e a Vespa tenha sido apresentar ao público o Reino Quântico, uma espécie de realidade alternativa onde a passagem do tempo opera de forma diferente do que no mundo real. Isso explicaria por que Scott Lang, o Homem-Formiga, está no trailer de Vingadores: Ultimato com a mesma aparência dos filmes anteriores, enquanto Steve Rogers e Tony Stark surgem com o semblante mais envelhecido.

Essa diferença é importante porque tudo indica que Vingadores: Ultimato vai começar anos após os eventos de Guerra Infinita. Outra evidência bastante clara são as imagens das gravações do filme que surgiram na internet, as quais mostram os heróis com uniformes semelhantes aos de Hank Pym em Homem-Formiga e a Vespa. A expectativa é de que os heróis usem esses trajes para viajar pelo Reino Quântico e, assim, voltar para o passado.

Feitiço na Joia do Tempo

Outra teoria defendida por fãs diz respeito ao papel do Doutor Estranho na trama. Em Vingadores: Guerra Infinita, o mago acaba entregando a Joia do Tempo a Thanos, após ter calculado milhões de hipóteses sobre qual é a melhor saída para a batalha.

Como visto em seu filme próprio, de 2016, o Doutor Estranho usa a manipulação do tempo como uma arma estratégica para vencer seus inimigos. A hipótese aqui é que ele teria jogado um feitiço na Joia do Tempo antes de entrega-la a Thanos, o que acabaria colocando o vilão em um loop temporal infinito; assim, os heróis teriam tempo para tentar impedi-lo.

Capitã Marvel

Ao fim de Guerra Infinita, Maria Hill e Nick Fury são desintegrados pelo estalo de dedos de Thanos… Mas, antes, Fury consegue enviar um sinal pedindo ajuda para a Capitã Marvel. Considerando que a heroína terá seu próprio filme em março, é justo esperar que ela desempenhe um papel fundamental em Vingadores: Ultimato.

É bom lembrar também que a história de Capitã Marvel se passa durante a década de 1990. É possível que a personagem tenha o envelhecimento retardado por conta das manipulações genéticas feitas pelos Krees, mas há quem acredite que, entre os poderes da heroína, esteja o de viajar no tempo. Assim, apesar de ser introduzida muito depois dos outros personagens no universo cinematográfico da Marvel, a personagem teria um papel fundamental para trazer os demais heróis de volta.

Tony Stark e o B.A.R.F.

No início de Capitão América: Guerra Civil, Tony Stark apresenta ao mundo uma nova tecnologia, um dispositivo capaz de transformar memórias traumáticas do usuário em hologramas. O aparelho em questão é chamado de Binary Auto Retro Framing (B.A.R.F.) e, no filme, é demonstrado por meio de uma lembrança de Tony Stark dos pais momentos antes da morte deles.

Há quem acredite que a viagem no tempo em Vingadores: Ultimato ocorrerá justamente por meio desse aparelho, que seria modificado por Tony para permitir que o usuário não só reviva memórias, mas também seja literamente transportado até elas.

Uma evidência importante dessa teoria surgiu por meio de fotos vazadas das filmagens de Vingadores: Ultimato, que mostram uma possível recriação da batalha de Nova York presente no primeiro Os Vingadores, de 2012. Há uma imagem inclusive de um membro da equipe de filmagem carregando pelo set uma maleta que estampa na embalagem justamente o nome Binary Auto Retro Framing.

Loki está vivo

Outra teoria, mais enigmática, diz respeito ao meio-irmão de Thor, Loki. O anti-herói morre pelas mãos de Thanos no início de Vingadores: Guerra Infinita… ou não. Fãs acreditam que a morte é apenas mais uma projeção de Loki, já que ele tenta esfaquear Thanos com sua mão esquerda, quando, na verdade, ele é destro.

Essa teoria é avalizada pela cena em que Loki finge sua morte em Thor 2. Nessa ocasião, ele também é mostrado usando a mão “errada”, e depois se descobre que o personagem forjou a morte para enganar Thor. Segundo os fãs, isso dá a entender que Loki terá um papel importante em Vingadores: Ultimato, ainda mais levando em conta que ele está envolvido na batalha de Nova York.

Este texto foi escrito por Rafael Waltrick via nexperts.

Mais notícias sobre Vingadores 4:

Vingadores: Ultimato estreia dia 25 de abril nos cinemas brasileiros.