Madelaine Petsch está com tudo. Além de ser a poderosa Cheryl Bloom em Riverdale, a atriz vai protagonizar um novo filme do gênero comédia de terror chamado Clare at 16. A atriz também atuará como produtora executiva do longa, que será dirigido por Mark Pavia, o mesmo de Voo Noturno, baseado no conto de Stephen King.

Madelaine Petsch, de Riverdale, vai estrelar comédia de terror

Foto: Divulgação

Clare at 16 será baseado no romance homônimo de Don Roff e contará a história de Clare Bleecker, uma garota de 16 anos que estuda em um colégio católico, mora com os avós após ficar órfã e parece uma jovem normal, mas esconde uma sociopatia assustadora e um transtorno de identidade. Ela fará o que for preciso para proteger seus entes queridos quando confrontada pelo mal que enfrenta em sua pequena cidade.

Cassian Elwes (Mudbound: Lágrimas Sobre o Mississipi, Clube de Compras Dallas) produzirá o longa com David Chackler (A Cidade dos Amaldiçoados) e Dave Sereny.

"Madelaine Petsch é uma grande atriz e perfeita para dar vida a Clare", disse Elwes. “Eu sabia que ela tinha potencial, mas Petsch vai elevar a personagem a outro nível. Já há, inclusive, uma sequência escrita chamada Clare at 17, então a história está bastante desenvolvida."

Em entrevista, a intéprete de Cheryl disse que, no minuto em que leu o roteiro, ficou imediatamente intrigada com Clare. "Há muitas coisas acontecendo com ela interiormente. Ela tem uma maneira muito interessante de resolver problemas, o que tornará a personagem bem divertida e desafiadora para mim. Estou muito feliz e honrada por estar trazendo Clare à vida com uma equipe incrível", revelou.

Madelaine Petsch, de Riverdale, vai estrelar comédia de terrorFoto: Divulgação

A pré-produção do filme está programada para começar na primavera americana (de março a junho), antes de a atriz voltar a trabalhar em Riverdale.

Morte instantânea

A atriz também aparece no filme de terror Morte Instantânea (Polaroid), dos mesmos produtores das franquias O Grito e O Chamado, mas o longa acabou entrando em uma eterna novela. Ele deveria ser lançado pela Netflix depois de uma disputa da plataforma para adquirir os direitos de exibição. O longa pertence à Lantern Entertainment, antiga The Weinstein Company.

Previsto para chegar aos cinemas em agosto de 2017, Morte Instantânea teve a estreia adiada. A Weinstein Company chegou a planejar lançá-lo em outubro, um dia antes de o escândalo do então produtor Harvey Weinstein vir à tona em uma série de casos de assédio e abuso sexual. Por causa disso, o filme acabou sendo postergado para 2018, mas depois foi retirado definitivamente da programação e seguiu sem destino.

Quando enfim a Netflix parecia ter resolvido o impasse, a Weinstein Company ameaçou entrar na Justiça para impedir o lançamento. Por conta disso, a Netflix desistiu de distribuir o projeto.

Morte Instantânea é baseada no curta-metragem homônimo dirigido por Lars Klevberg, de 2015. O filme conta a história de uma estudante do ensino médio que tropeça em uma câmera Polaroid e descobre que o dispositivo tem algo sombrio: aqueles que são clicados por ela morrem tragicamente.

Este texto foi escrito por Rodrigo de Lorenzi via nexperts.