Muito cuidado com as primeiras séries a que você assiste no início de um novo ano. Elas vão determinar como serão seus dias dali para a frente. Mentira! Não vão. Mas começar o ano com histórias leves e inspiradoras pode aquecer o coração e fazer você acreditar no ser humano.

Por isso, o Minha Série preparou uma lista com cinco séries leves, mas reflexivas, para que você comece 2019 com boas vibrações. Nada de tensão ou anti-heróis, ok? Às vezes, é bom ter uma série mais calma para chamar de sua.

Tem mais sugestões? Conte para a gente nos comentários!

1. The Marvelous Mrs. Maisel (Amazon Prime)

5 séries leves para começar bem o ano

Essa é a sensação do momento e, recentemente, a atriz Rachel Brosnahan ganhou o Globo de Ouro de melhor atriz em série de comédia. No ano passado, a série levou o Emmy de melhor comédia, e é uma forte candidata a repetir o feito em 2019. Criada por Amy Sherman-Palladino (a mesma de Gilmore Girls), The Marvelous Mrs. Maisel é uma daquelas séries poderosas que fazem você rir e se emocionar, mas acima de tudo o deixa encantado com as personagens.

A trama acompanha a vida de Miriam Midge Maisel, uma mulher casada em uma Nova York dos anos 1950 que tem tudo que sempre quis: um casamento ótimo, um marido perfeito, dois filhos e um imenso apartamento no Upper West Side. Mas a vida de Midge passa por uma reviravolta quando ela é abandonada pelo marido e descobre ter talento para o mundo dos stand-ups de comédia. Com diálogos rápidos, piadas inteligentíssimas e uma história vibrante e colorida, The Marvelous Mrs. Maisel faz fazer você sorrir do início ao fim.

2. This is Us (Amazon Prime/FOX)

5 séries leves para começar bem o ano

A queridinha dos americanos (e do mundo todo, provavelmente) merece ser vista com uma caixa de lenço de papel do lado. Sem exagero. É inacreditável o que os roteiristas conseguem fazer a cada episódio; mas se você não tiver um coração de pedra, vai sentir a lagriminha caindo em todos os capítulos.

This is Us acompanha os irmãos Kate (Chrissy Metz), Kevin (Justin Hartley) e Randall (Sterling K. Brown), nascidos na mesma data. Kate e Kevin são os filhos biológicos de Jack (Milo Ventimiglia) e Rebecca (Mandy Moore), enquanto Randall foi adotado pelo casal após eles terem perdido, durante o parto, o terceiro filho da gravidez de trigêmeos. A série apresenta a história da família em épocas diferentes, alternando entre o presente e a infância dos irmãos. Assista antes de dormir e depois vá abraçar seus pais, irmãos, gato, cachorro...

3. Grace and Frankie (Netflix)

5 séries leves para começar bem o ano

Se você ainda não viu Grace and Frankie ou está atrasado em alguma temporada, que tal aproveitar o início do ano para acompanhar as duas senhoras mais divertidas dos últimos tempos? A série traz leveza e um texto divertidíssimo, discute temas importantes, como a vida na terceira idade e a homossexualidade após os 70, e ainda nos dá a oportunidade de ver atores veteranos brilhando na telinha.

A série acompanha a história de duas amigas/rivais, Grace (Jane Fonda) e Frankie (Lily Tomlin), cujos caminhos voltam a se cruzar quando seus respectivos maridos anunciam que estão apaixonados um pelo outro e que planejam se casar.

4. Anne With an E (Netflix)

5 séries leves para começar bem o ano

Se há uma série que vai aquecer seu coração, é Anne With an E. Pode confiar. Basta um episódio para você se apaixonar pela doce Anne, uma menina esperta, prolixa e com uma imaginação enorme. Ambientada na ilha de Príncipe Eduardo no final do século XIX, a trama acompanha, claro, a vida de Anne Shirley (Amybeth McNulty), uma jovem órfã que, após uma infância de abusos entre orfanatos e casas de estranhos, é enviada por engano para viver com um casal de irmãos velhinhos. A partir desse momento, Anne vai mudando a vida de todos ao redor com seu jeito puro e doce. Anne With an E fala sobre preconceito, feminismo e amizade de uma maneira gentil e que vai deixá-lo bastante emocionado.

5. Crazy Ex-Girlfriend (Netflix)

5 séries leves para começar bem o ano

Uma das melhores comédias da Netflix merece uma atenção, especialmente porque termina para sempre neste ano, na quinta temporada, e vai deixar saudades. Com uma mistura de comédia e musical, Crazy Ex-Girlfriend tem um texto megainteligente e músicas sensacionais. A série segue Rebecca Bloom (Rachel Bloom), uma jovem mulher bem-sucedida que desiste de tudo em uma tentativa desesperada de encontrar o amor da adolescência em uma cidade pequena. É de chorar de rir (e ainda faz pensar).

Este texto foi escrito por Rodrigo de Lorenzi via nexperts.