Dando continuidade à expansão de conteúdos originais em sua plataforma, a Netflix anunciou no início do mês a encomenda de Young Wallander, inspirada no personagem Kurt Wallander, criado por Henning Mankell e que vendeu 50 milhões de cópias de livros pelo mundo.

Young Wallander deve acompanhar o inspetor policial sueco nas trilhas de seu primeiro caso. Dividida em seis partes, a produção será em inglês e deve começar no próximo ano.

Entre 2008 e 2016, a BBC transmitiu quatro temporadas de Wallander, mostrando um desiludido inspetor interpretado por Kenneth Branagh (Assassinato no Expresso do Oriente) resolvendo diversos crimes bizarros no sul da Suécia. O programa também teve a participação de Tom Hiddleston em seis episódios. Confira um trailer:

Para Berna Levin (produtor de Millennium: Os Homens que não Amavam as Mulheres), a nova série é uma arrepiante oportunidade de "conhecer Wallander como um jovem e explorar como o tempo e suas novas experiências vão defini-lo para eventualmente se tornar o cara que conhecemos e amamos".

Levin, que servirá como diretor criativo de Young Wallander, completou que estão "confiantes de que ele irá cativar novas audiências e conquistar fãs de longa data mais uma vez com sua inteligência afiada, entusiasmo e uma inconfundível humanidade".

Revolução Francesa

Pretendendo lançar sete novas séries originais francesas, incluindo a ficção científica romântica Osmosis, a Netflix anunciou também a produção de um seriado dramático situado em plena Revolução Francesa, o qual deve acompanhar Joseph Guillotin, o criador do infame instrumento de execução que decapitou o Rei Luis XVI.

Criada pelo escritor francês Aurélien Molas (minissérie Red Creek) e coescrita por Gaia Guasti (Les Aiguilles Rouges), a série, ainda sem título definido, se passa em 1787 e acompanha o Dr. Guillotin descobrindo um vírus desconhecido, vulgo "Sangue Azul", que se espalha rapidamente pela aristocracia francesa, levando-a assassinar pessoas comuns, o que logo faz irromper uma rebelião.

Composta por oito episódios, a série deve ter sua produção iniciada em 2019.

Este texto foi escrito por Thiago Cardoso via nexperts.