Se você acha que fazer compras perto do fim do ano atualmente está impossível, não tem ideia do que era isso em 1983. Naquele ano, às vésperas do Natal, as filas nas lojas de brinquedo eram tão insanas que levavam as pessoas à violência. E tudo por causa de um único produto: a chamada boneca-repolho, Cabbage Patch.

No começo daquela década, essa boneca que hoje você pode não achar lá muito bonita era uma verdadeira febre, ou seja, todas as crianças queriam ter uma. A demanda era tanta que o fabricante não dava conta de produzir o suficiente; o item mal chegava às lojas, as prateleiras já esvaziavam.

Ansiosas por conseguir uma unidade, mães se acotovelavam nas filas e, em duas cidades do Arkansas, chegaram a "sair no braço" por conta da boneca. Esse episódio ficou conhecido como Cabbage Patch Doll Riot e, sim, ele é tão nonsense que vai virar série pela HBO. Com Issa Rae e Laura Dern no elenco e na produção executiva, o seriado será escrito por Rae, Laura Kittrell e Amy Aniobi. Também se juntarão a elas os produtores Jayme Lemons e Deniese Davis.

A ideia das criadoras da produção é utilizar o episódio isolado da revolta das bonecas para falar sobre temas como as diferenças de classes sociais e os efeitos desses status socioeconômicos sobre as vidas das pessoas; os privilégios por conta do dinheiro; e as crianças cada vez mais mimadas pelos pais, pois estes preferem entrar em uma briga física com outros do que ter que explicar para os filhos que não conseguiram comprar uma boneca.

A produção, que vai se chamar The Dolls, será uma minissérie ou série limitada, que deve ficar apenas com uma temporada – a menos que aconteça com ela o que passou com Big Little Lies – que também tem Dern no elenco.

Este texto foi escrito por Lu Belin via nexperts.