Jingle bells, jingle bells, já chegou o Natal! Ah, o Natal, aquela época mágica do ano em que todo mundo se reúne em uma sala quente que mais parece uma sauna, com primos que você não vê desde o Ensino Fundamental, come tanto que leva 6 meses para recuperar seu peso normal e passa a tarde assistindo ao filme Esqueceram de Mim na Sessão da Tarde.

Não que as aventuras do Kevin não sejam mais suficientes, mas que tal variar o roteiro um pouquinho?

Separamos alguns títulos de diferentes gêneros e estilos para quem quer mudar a programação da TV neste fim de ano. Venha dar uma olhada nestas sugestões!

Romances e comédias românticas

Escrito nas Estrelas

Jovenzinhos, John Cusack e Kate Beckinsale vivem os personagens desta comédia romântica lançada em 2011 que já é quase um clássico. Nela, um casal de estranhos se conhece de um jeito inesperado e inusitado em uma loja de departamentos.

Ao competir por um último par de luvas, eles percebem logo de cara que têm algo em comum. Depois de passar um tempo divertido juntos, no entanto, perdem o contato e têm toda sua vida marcada por aquele momento – que, claro, tem o Natal como pano de fundo.

O Feitiço do Natal

Até mesmo os objetos mais corriqueiros podem ganhar sentidos e funções mágicas quando o Natal se aproxima. E é exatamente disso que Abby (Kat Graham) está precisando. Desencantada com a vida e o rumo que a sua, particularmente, tomou, essa fotógrafa está ansiosa por uma mudança.

Pertinho do fim do ano, seu avô dá a ela um calendário diferente e que talvez tenha poderes mágicos para realizar os desejos na hora em que ela mais precisa.

Cartão de Natal

Ellen (Eliza Taylor, de The 100) é aquele tipo de socialite que vive de um jeito fútil e superficial, mas que sabe que sua vida pode ser muito mais do que isso. Depois de mais um vergonhoso episódio, no entanto, ela decide provar para seu pai, um riquíssimo empresário, que é capaz de assumir os negócios da família.

Para isso, recebe dele uma missão: entregar ao seu sócio, em uma cidadezinha no interior, uma caixa com as cartas que ficou o ano inteiro esperando para enviar.

O problema é que a herdeira não tem a menor ideia do que vai encontrar por lá. Ao conhecer o gerente do hotel onde se hospeda, ela percebe que sua vida pode gahar um sentido totalmente diferente.

O Príncipe do Natal e O Príncipe do Natal: O Casamento Real

Neste ano, a Netflix lançou a continuação de uma historinha que fez sucesso no especial de Natal do ano passado entre os originais da plataforma. Justo quando a estagiária Amber (Rose McIver) começa a pensar que sua carreira de jornalista talvez não vá avançar muito no sentido que deseja, é incumbida de cobrir um evento que ninguém considera importante: a apresentação do príncipe da Aldóvia, que finalmente assumirá suas funções no trono. Como ninguém quer ir para os confins do mundo bem nessa época, Amber decide aproveitar a oportunidade para provar seu talento. Ao conhecer o príncipe, no entanto, ela vai descobrir que pode provar muito mais do que isso.

Um Natal Animal

O Natal chegou e não tem como não se influenciar por esse período tão encantador. Só que, envolvida pelo espírito natalino, a jovem Luce Lockhart vai deixar se levar e encarar uma proposta que nem ela sabe se consegue cumprir: salvar um parque de cachorros de ser transformado totalmente.

A Princesa e a Plebeia

Vanessa Hudgens protagoniza esta divertidíssima história de Natal em mais um original da Netflix. Nele, Stacy é uma jovem confeiteira desencantada com sua vida amorosa, mas animadíssima com a própria carreira, e a pessoa mais organizada a pisar na face da Terra. Durante um concurso de culinária, ela conhece sem querer Lady Margareth, uma aspirante a princesa que é igualzinha a ela e lhe faz uma proposta: que tal trocar de lugar por um final de semana. As coisas, no entanto, fogem do controle um pouco quando as inconsistências começam a aparecer.

Filmes para a família

No universo do cinema, tem sempre alguém atrapalhando sem querer o trabalho do bom velhinho, extraviando cartas, quebrando trenós, machucando o pobre Papai Noel e se metendo em enrascadas.

A parte boa é que também existe sempre uma criança bem-intencionada que tenta ajudá-lo!

O Natal dos Coopers

Fim de ano é aquela coisa: família reunida, ou seja, gente de todos os perfis possíveis e imagináveis dentro de uma mesma casa para comemorar um evento especial. Lindo, não? Mas o Natal perfeito não existe, pois sempre tem um conflito para estragar o humor e garantir aquela torta de climão na sobremesa da ceia.

Quando os Coopers decidem ter esse Natal perfeito, não poderia ser diferente!

Crônicas de Natal

Kurt Russel interpreta um personagem até então inédito na carreira dele. O ator vive ninguém menos que o Papai Noel nesta produção original da Netflix que acaba de estrear na plataforma de streaming.

Toda a fantasia do universo do bom velhinho está presente nesta aventura em que dois irmãos, Kate e Teddy, sem querer causam uma verdadeira dor de cabeça ao Noel e sua equipe quando prejudicam seu trenó em plena véspera de Natal. Agora, eles vão ter que arregaçar as mangas e ajudar pessoalmente o homem a entregar os presentes.

O Resgate dos Desejos de Natal

Uma confusão com as cartas para o Papai Noel acontece por aqui. Em O Resgate dos Desejos de Natal – ou 48 Desejos de Natal –, um acidente faz com que todas elas, escritas por uma cidade inteira para o bom velhinho, virem cinzas. E agora?

Um grupinho de crianças vai receber uma ajuda especial para tentar recuperar os pedidos dos amigos e conhecidos. Uma historinha divertida e diferente para ver com a família!

O Grinch

Mais um dos celebrados papéis de Jim Carrey é o de um ser bizarro e verde em um universo completamente surreal. Mal-humorado, o Grinch decide que não vai mais ter Natal na Quemlândia, no que depender dele.

Mas a menina Cindy Lou Who e sua família não vão deixar o duende estranho acabar com esse feriado tão importante. A história é apenas uma das várias adaptações do personagem de Dr. Seuss, que já virou filme, peça de teatro, musical e muito mais – em 2018, inclusive, uma nova animação dele chega aos cinemas.

Meu Papai é Noel

Um verdadeiro clássico entre as produções natalinas, Meu Papai é Noel é um filme de 1994 que, 24 anos depois, continua sendo tão incrível quanto era na época do seu lançamento. Nele, Tim Allen é um publicitário que, sem querer, pode ter arruinado o Natal. Depois que o Papai Noel sofre um acidente enquanto tenta entrar na sua casa, ele assume essa responsabilidade e a identidade do bom velhinho.

O filme foi tão bem-sucedido que virou uma trilogia – e todos os três estão disponíveis na Netflix.

Animações

Crianças e Natal têm tudo a ver, não é? Com elas, essa época do ano ganha um gostinho todo especial. É por isso que, como sugestões para celebrar o feriado, separamos também alguns títulos deste gênero com pegada bem infantil. Confira!

Shrek bate o sino

O ogro mais amado do planeta vai vestir uma roupa bem diferente neste especial de Natal. Se bem que verde combina bem com vermelho para criar uma composição natalina! Não é bem o que o Shrek acha, pois já está cansado depois de um período turbulento e acha que no fim do ano vai conseguir descansar. Ele está enganado!

Aconteceu no Natal do Mickey

Outro personagem que não pode faltar nestes tempos mágicos é o Mickey Mouse, que junto com todo seu grupo de amigos vem contar três historinhas divertidas e misteriosas de Natal!

Natal com os StoryBots

Para as crianças menores, este média-metragem de 25 minutinhos traz um conto de Natal em que Bo, um personagem com uma forma deveras engraçada, começa a fabricar presentinhos para seus amigos, mas não considera os regalos bons o suficiente.

Então ele decide aprender com o melhor: o Papai Noel.

O Natal de Angela

Uma fofinha animação recém-lançada na Netflix traz uma historinha de meia hora inspirada no conto de Frank McCourt sobre uma menina muito bem-intencionada, mas que comete um pequeno delito. Sem querer, Angela acaba roubando o menino Jesus do presépio da igreja, na tentativa de levá-lo para casa, com o intuito de deixá-lo aquecido.

Outros gêneros

Convenhamos, nem todo mundo incorpora com vontade o espírito natalino. Algumas pessoas fazem de tudo para fugir dos amigos-ocultos, dar uma escapada durante os encontros familiares e se esconder da piada do pavê.

Para estas, ver filmes sobre Papai Noel e suas renas é uma verdadeira tortura. Mas há outras obras cinematográficas que são ambientadas neste período do ano ou que utilizam o 25 de dezembro como pano de fundo, mas que na verdade não têm nada a ver com tudo o que esta data representa para o restante da população.

E alguns desses títulos estão disponíveis no catálogo da Netflix também!

"White Christmas" de Black Mirror

A antologia futurista que virou febre nos últimos anos também abordou a temática Natal, trabalhando em cima das angústias e necessidades de conexão que se reforçam nesta época do ano. Neste episódio especial de Black Mirror, dois homens que não se conhecem estão isolados em uma casa para conversar sobre o que esse momento do ano significa para a vida de ambos.

Além de Black Mirror, outras séries britânicas também criaram capítulos exclusivos para celebrar o feriado, como é o caso de Downton Abbey, Doctor Who, Sherlock e, neste ano, Luther.

Krampus: O Terror do Natal

Se você é do tipo que não curte muito a época das festas de fim de ano, tome cuidado! No universo deste longa-metragem de 2015, amar o Natal e seguir as tradições são obrigatórios! Krampus, um espírito maligno ligado ao feriado mais esperado do ano, chega para punir e aterrorizar uma família que não está dando o valor que deveria à celebração.

Uma boa pedida para quem gosta de filmes de terror. No elenco, nomes conhecidos como Adam Scott e Toni Collette.

Natal 5 estrelas

O espírito do Natal é feito exclusivamente de amor, união e paz, certo? Para alguns! Para outros, no entanto, o acaso e o destino criam situações impossíveis de se resolver.

Nesta comédia do absurdo cheia de cenas picantes, acontecimentos bizarros e situações inusitadas, escrita por Enrico Vanzina e dirigida pelo prestigiado cineasta italiano Marco Risi, o primeiro-ministro convida a amante para passar o período de fim de ano, em uma viagem romântica, em Budapeste. Mas o serviço de quarto entrega pura confusão para o político, que vai precisar resolver um problemão envolvendo seu principal rival político.

Holidays

O Natal é apenas uma das datas escolhidas para ambientarem as terríveis e assustadoras histórias retratadas em Holidays. O filme de 2015 é quase uma antologia que se passa em momentos do ano que teoricamente deveriam ser divertidos: os feriados.

Porém, ao invés de celebração, o que os personagens dessas histórias vivenciam são episódios de pânico com uma pitada satírica criados pelo roteirista Dennis Widmyer sob o olhar de cinco diretores diferentes. Ideal para quem não necessariamente se empolga com o espírito natalino.

Esse texto foi escrito por Lu Belin via nexperts.