Alerta! Este texto contém SPOILERS do episódio 4x04 da série Outlander, exibido neste domingo, dia 25 de novembro.

Esta semana em Outlander os Fraser conseguiram encontrar ainda outros perigos no Novo Mundo – como se piratas e escravocratas em fúria não fossem o bastante. Entre os novos desafios: uma tribo hostil de nativo-americanos e um urso (ou algo assim). Enquanto Claire e Jamie estabeleciam suas raízes em seu novo lar, Roger e Brianna descobriam o paradeiro do casal, mas com um viés um pouco mais trágico do que o esperado. Por fim, podemos ter o começo de uma nova jornada pelo tempo. Entenda melhor abaixo.

Enfim um lar em Fraser's Ridge

Como visto no episódio 4x03, Jamie e Claire decidem aceitar a oferta do Governador Tryon, que os concede alguns acres nas montanhas da Carolina do Norte para que eles construam sua casa e tragam novos habitantes. A propriedade é nomeada por Jamie como Fraser’s Ridge, o primeiro lar real dos dois nos Estados Unidos.

O que ele não havia avisado é que as terras são em território de uma tribo nativo-americana. Enquanto o jovem Ian e o casal estão demarcando seu terreno com estacas e cordas, um grupo de guerreiros indígenas retira as estacas e os cerca ameaçadoramente, mas não faz nada mais agressivo. Ainda assim, fica claro que os Fraser precisam dar um jeito de se entender com os “vizinhos”.

Durante a noite, o cavalo deles é aparentemente atacado por um urso. Jamie então procura a ajuda de Quincy Meyers, seu amigo que negocia com os nativos, para que ele ajude a comunicação entre eles, já que o escocês acredita que terão que juntar forças para eliminar a ameaça. No entanto, antes que Meyers possa entregar o tabaco que Jamie oferece para a tribo, ele também é atacado.

Enquanto Claire cuida de suas feridas, Jamie decide cuidar do assunto com suas próprias mãos. Acontece que, em uma mudança dos livros, o tal “urso” não é um animal na série, mas sim um índio cherokee desgarrado que veste uma pele de urso. O protagonista entra em uma luta física com o outro e consegue matá-lo.

Jamie então leva o corpo do “urso” para a tribo, que o recebe com respeito e gratidão. Aparentemente, tratava-se de um homem que enlouqueceu após ser banido por estuprar a própria mulher. Os nativos então convidam os Fraser para uma conversa amigável e as coisas parecem estar começando a dar certo. A curandeira até mesmo avisa Claire que vê "boa sorte" em seu futuro breve.

Roger descobre mais do que esperava

Em um salto temporal de quase um ano desde a briga que os separou, vemos Roger ligar para Brianna para contar que descobriu o paradeiro de sua mãe. As notícias são boas (como sabemos), Claire encontrou Jaime e os dois adquiriram as terras chamadas de Fraser’s Ridge. Brianna fica muito empolgada com a informação e agradece o professor, aparentemente já começando a perdoá-lo pela discussão anterior.

No entanto, tempos depois Fiona informa a Roger que descobriu mais sobre os Fraser. Eles teriam morrido em 1770, devido a um incêndio. O homem fica indeciso se deve contar isso para Brianna, já que ela pode até mesmo tentar interferir no destino de seus pais. Ainda assim, Roger decide não mentir e liga novamente para a garota, mas é tarde demais. Uma colega dela informa que ela partiu para a Escócia “para visitar sua mãe” havia duas semanas. Tudo indica que a garota decidiu ir até Craigh Na Dun tentar se reunir com a família.

A 4ª temporada de Outlander está sendo exibida pelo canal Starz nos Estados Unidos e pela FOX no Brasil.