O prazo de espera vai ser longo, mas a ansiedade costuma valer a pena quando o diretor Mark Osborne está diante de um projeto. Responsável pela mais recente adaptação cinematográfica O Pequeno Príncipe e por codirigir Kung Fu Panda, o cineasta norte-americano acaba de se comprometer com a Netflix na condução de Escape from Hat, animação baseada no livro de Adam Kline sobre um talentoso coelhinho em uma situação não muito animadora.

O autor da história original também vai participar da adaptação do roteiro para as telas, com a ajuda do próprio Osborne, que vai produzir e dirigir ao lado de Jinko Gotoh. Este, por sua vez, tem a agenda já bastante comprometida com a produção do filme Klaus, de Sergio Pablos, que está em andamento e deve ser lançado em 2019.

Kline, por sua vez, não está totalmente fora da sua praia quando o assunto é adaptação para o cinema. Ele já trabalhou com audiovisual antes, adaptando roteiros como o de "Artemis Fowl" para a TV. A produção já está pronta para começar, com agenda reservada pelo diretor em Nova York, mas só deve ser lançada daqui a quase 4 anos, em 2022.

A história em si vai se passar em um universo de conto de fadas em que gatos pretos são maus e coelhos mágicos são criaturas boazinhas, mas algo tira o equilíbrio desse universo quando um coelhinho específico sai do script e se coloca em perigo. Preso dentro de uma cartola de mágico, ele precisa descobrir como fugir dali e voltar para casa, onde tem um amigo humano que o quer muito bem.

"A oportunidade de contar essa história fantástica e engraçada sobre amizade e sorte é uma mistura rica e empolgante. Ao ler a escrita de Adam, me sinto como um garoto mimado em uma loja de doces. Mas, em vez de apenas doces, eu amo que ele esteja se transformando em uma refeição inacreditavelmente nutritiva”, disse Osborne.

Melissa Cobb, vice-presidente da Kids & Family da Netflix, também fez um comunicado sobre a novidade: "Escape from Hat conta uma história sobre amizade e magia, que reflete perfeitamente como me sinto ao reunir meu amigo Mark na Netflix depois de 10 anos. Eu mal posso esperar até que o público em todo o mundo possa mergulhar em nosso fantástico truque de mágica que deu errado, onde ele encontrará um mundo épico e imaginativo de bem contra o mal”.

Escape from Hat também não será a única história de Kline adaptada para a TV pela Netflix. O mesmo time envolvido com essa animação deve criar também With Kind Regards from Kindergarten (Com os cumprimentos do Jardim de Infância), que é outra história sobre amizade, conexões e transições importantes da vida.

Este texto foi escrito por Lu Belin via nexperts.