O presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, concedeu entrevistas à Variety e ao Deadline após a notícia de falecimento de Stan Lee, o gênio por trás de algumas das mais importantes criações da Cada das Ideias.

Feige se diz agradecido por todo o universo de personagens de Stan Lee, sua constante inspiração, apoio e colaboração no estúdio, e lembrou que “Stan foi capaz de ver fãs de todo o mundo admirando suas criações em vida”.

“Stan dominou a cultura pop. Venho dizendo há anos que os personagens que ele criou sobreviverão a todos nós e entrarão no panteão de mitologia que lemos e nos inspiramos quando criança”, disse Kevin Feige.

Sobre a genialidade das criações de Stan Lee, o presidente da Marvel Studios explicou que “Ele criou histórias desses personagens extraordinários com as quais os leitores conseguem se relacionar. Eu sei por que me identifiquei com eles quando era criança e entendo por que tantas pessoas se veem nos heróis. Sim, eu não tenho superpoderes, infelizmente não posso escalar paredes, não posso lançar uma teia - mas com certeza me senti desconfortável e alienado no ensino médio. Esse era o brilhantismo de Stan: trazendo algo muito pessoal e autêntico para uma tela extraordinária e maior que a vida”.

Kevin Feige entre Robert Downey Jr. e Stan Lee.

Feige recupera outra lembrança para exemplificar o legado e o pioneirismo de Stan Lee: “Hoje, as pessoas falam sobre a importância do filme Pantera Negra e como a Walt Disney Studios foi corajosa em gastar tanto dinheiro em um elenco quase inteiramente afro-americano - o que é inteiramente verdade. Mas veja o que Stan Lee e Jack Kirby fizeram na década de 1960, criando esse personagem no centro do movimento pelos direitos civis”.

O todo-poderoso da Marvel Studios não conseguiu evitar as perguntas sobre quais e quantas participações Stan Lee gravou para futuros filmes do Universo Marvel, o MCU – é esperada, pelo menos, uma aparição em Vingadores 4.

“Eu não vou dizer o que especificamente", disse Feige, "mas Stan sempre apreciou uma boa surpresa”, despistou o executivo sobre como ainda veremos Stan Lee nos cinemas.

Relacionado: Stan Lee: homenagens e reações dos artistas nas redes sociais