Alerta! Este texto contém SPOILERS do 6º episódio da série The Walking Dead, exibido pela AMC e pela FOX neste domingo, dia 11 de novembro.

Finalmente sabemos como é um mundo – ou ao menos The Walking Dead – sem Rick Grimes. E, se o episódio "Who Are You Now?” for a medida, as notícias são boas. Mais dinâmico e com mais acontecimentos do que o normal, o 6º episódio da 9ª temporada foi quase como um novo piloto ao ter que reapresentar o status dos rostos conhecidos após um salto temporal de seis anos.

Tivemos um promissor novo grupo de sobreviventes apresentado, um mistério a ser desvendado e a introdução oficial dos Sussuradores, por enquanto ainda confundidos com walkers que aprenderam a falar. Ah, também conhecemos R.J ou Rick Junior, o filho de Michonne (Danai Gurira) e Rick (Andrew Lincoln).

Judith Grimes e Alexandria

Começamos o episódio do exato ponto em que o anterior nos deixou: com Judith (Cailey Fleming) resgatando Magna (Nadia Hilker), Luke (Dan Fogler) e cia. No entanto, os adultos que a procuravam não ficaram tão entusiasmados com a possibilidade de trazer estranhos para dentro dos muros de Alexandria. Mas a menina consegue fazer valer sua vontade se recusando a ir sem os novos amigos.

Chegando lá, Michonne dá a entender que eles tiveram uma situação traumatizante com alguém que acolheram e se provou ser um risco para a comunidade. É esse momento misterioso que parece ter mudado o jeito como a cidade é administrada, além de possivelmente ser responsável pela nova cicatriz em marca de X nas costas da líder.

Vale mencionar que a união entre o Reino, Hilltop e Alexandria também é coisa do passado e as comunidades estão cada vez mais fechadas em si. Ainda assim, Michonne permite que Yumiko seja levada para a enfermaria para tratar de seu ferimento na cabeça enquanto o conselho decide o que fazer com eles.

O Reino, Carol e Ezekiel

Com sua comunidade caindo aos pedações e sem alguém com o conhecimento necessário para fazer os reparos, o adolescente Henry (Matt Lintz) pede que Ezekiel (Khary Payton) e Carol (Melissa McBride) – o casal real e seus pais adotivos – permitam que ele vá até Hilltop aprender um novo ofício com Earl.

O Rei não gosta da ideia, preferindo manter o garoto seguro, mas Carol acha que é hora de deixar o filho ser independente. Henry e Carol então seguem de carroça para Hilltop, mas são abordados por um grupo de Salvadores que sobreviveram a queda do Santuário. Os bandidos roubam tudo que a dupla levava, mas Jed está entre eles.

Poupado por Carol no passado, ele resolve devolver o favor e deixá-los ir, mas não antes de exigir a aliança de casamento da mulher. Henry não aguenta mais e tenta atacar o Salvador, mas é impedido pela mãe, que entrega o anel e segue a viagem, deixando-o revoltado.

No entanto, para provar que – apesar dos novos cabelos – ela ainda é a mesma, Carol secretamente levanta durante a noite e acha o acampamento dos Salvadores, ateando fogo em todos eles enquanto dormem. Antes dela completar o ato, Jed acorda assustado e pede clemência, dizendo que ela nunca mais vai ver eles se não fizer isso. Carol apenas concorda dizendo “eu sei” e jogo o fósforo nos cobertores molhados de gasolina.

Julgamento e absolvição

Após contarem suas histórias para o Conselho de Alexandria, as chances dos novatos parecem boas. Connie (Lauren Ridloff) é uma jornalista surda que cuida da irmã mais nova, Kelly (Angel Theory), que ainda estava no ensino médio quando o apocalipse começou e serve como sua tradutora de libras – ainda que todo seu grupo tenha aprendido a linguagem para se comunicar com ela nos últimos anos. Luke é um bem-humorado e carismático professor de música, enquanto Magna era uma garçonete que se tornou uma lutadora.

Michonne não está convencida e logo fica claro o porquê. Ela aponta que sabe que Magna ainda tem uma faca em seu cinto, mesmo eles supostamente tendo entregue todas suas armas, e que sabe pela sua tatuagem que ela foi uma presidiária. Depois das revelações, o conselho rejeita a possibilidade de eles ficarem.

Durante a noite, o grupo culpa Magna por não poderem ficar e ela revela seu plano de lutar com Michonne pelo direito de permanecer em Alexandria. Os amigos são contra, mas ela segue para a casa da mãe de Judith. Ela muda de ideia no momento em que olha pela janela e vê Michonne ser abraçada por seu filho pequeno (que nós ainda não sabíamos que existia). Magna então bate na porta e entrega sua última faca, dizendo que entende a desconfiança da outra, pois se tivesse tudo que ela tem lutaria da mesma forma para protegê-los.

Judith vê toda a cena e – provando ser a criança mais precoce da TV – convence Michonne de que Carl e Rick gostariam que essas pessoas fossem salvas. Funciona, pois no dia seguinte quando os novos sobreviventes estão deixando a comunidade, Michonne se oferece para os escoltar até Hilltop, onde talvez eles sejam aceitos.

Em outros acontecimentos importantes...

*Rosita (Christian Serratos) e o Padre Gabriel (Seth Gilliam) são um casal agora, mas Eugene (Josh McDermitt) é apaixonado pela amiga. Em uma situação de vida ou morte ele quase se declara, mas é impedido por ela. Rosita e Eugene precisam se esconder para escapar de uma horda, momento da cena sinistra que vimos nos trailers em que a dupla ouve os zumbis dizerem com suas vozes arranhadas “Onde estão eles?” e “Não os deixe escapar”. Se nós não soubéssemos que os Sussuradores estão por vir, poderíamos até acreditar na evolução da... espécie?

*Judith conversa com Negan frequentemente, até mesmo pedindo sua ajuda com a lição de matemática. Mas não se preocupe, ao que parece a influência dela sobre ele é maior do que o contrário.

*Daryl (Norman Reedus) está vivendo sozinho na floresta. Se desde a “morte” de Rick ou por conta de algo que aconteceu depois, ainda não sabemos.

O próximo episódio da 9ª temporada de The Walking Dead vai ao ar no dia 18 de novembro pela AMC nos Estados Unidos e (no mesmo dia) pelo canal FOX no Brasil.