A nova chefe de criação do Walt Disney Animation Studios, Jennifer Lee, acaba de revelar novidades animadoras sobre o desenvolvimento do novo filme das irmãs Elsa e Anna. A cineasta, diretora e escritora contou em entrevista à revista Variety que a trilha sonora de Frozen 2 já tem uma música pronta e três em processo avançado de produção.

“Temos uma música nova que eu considero uma evolução”, comentou, revelando ainda que a faixa é “a cara do filme”. “Bobby [Lopez] e Kristen [Anderson-Lopez] entregaram [a primeira música] há 3 semanas. Temos trabalhado juntos nos últimos 2 anos, até que essa música surgiu, e eu amei”, disse.

Jennifer Lee na premiere de WiFi Ralph: Quebrando a Internet, em Los Angeles.

Ainda na entrevista, que aconteceu durante a premiere de WiFi Ralph: Quebrando a Internet, em Los Angeles, Lee adiantou que o enfoque de Frozen 2 será, claro, sobre as irmãs Elsa e Anna, mas que a ideia, agora, é contar a história de uma viagem que pode levar a dupla a novos (e distantes) lugares.

Quando questionada sobre o que esperar do novo filme em comparação com o primeiro, a diretora não teve dúvidas em dizer, para a alegria dos fãs, que “vai ser algo muito maior, épico. Elas vão para bem longe de Arendelle”. Lee também esteve na equipe de Frozen: Uma Aventura Congelante, ganhador do Oscar de Melhor Animação em 2013.

Lançamento antecipado e mais novidades a caminho

Jennifer Lee aproveitou a entrevista para lançar um pequeno teaser sobre Frozen 2. “[O filme] será menos uma sequência e mais uma continuação da primeira história, agora maior”, disse. Ou seja, Lee antecipou que Frozen 2 não deve encarar o filme anterior como uma mera introdução a algo que só vai ser realmente desenvolvido agora, mas uma verdadeira continuação do que já havia sido bem explorado antes. Aliás, a Disney anunciou que vai antecipar ligeiramente o lançamento da animação. Em vez de chegarem aos cinemas no dia 27 de novembro de 2019, como era previsto, Elsa e Anna devem estrear nas telonas 5 dias antes, em 22 de novembro.

A produtividade da equipe de Frozen 2, aparentemente bastante inspirada, pode ser uma pequena amostra da nova fase dos estúdios Disney. Apesar de ter assumido o cargo de chefe de criação há pouquíssimo tempo, Jennifer Lee garante que o time de criação da empresa vive um momento único: “Estamos tomados por uma nova energia, não temos medo [de inovar]. Temos investido verdadeiramente em uma nova geração de cineastas, com nossos diretores mais experientes atuando como mentores. É um esforço enorme para trazer novas vozes capazes de criar filmes que nos levem um nível além. As portas estão abertas para todos”, disse.

Renovação é resposta a escândalo de assédio

A nomeação de Jennifer Lee como nova chefe de criação dos estúdios Disney é a aposta da empresa para virar uma página nada honrosa em sua história: Lee assumiu o cargo substituindo John Lasseter, afastado após uma série de acusações de comportamento inapropriado e assédio sexual.

O afastamento de Lasseter — cofundador da Pixar e um dos nomes mais importantes da história da animação — também foi a deixa para a renovação em outro setor: Pete Docter, diretor de Divertida Mente, passou a comandar as equipes de criação da Pixar, comprada pela Disney em 2006.

Apesar de afastado, John Lasseter só deve perder definitivamente todos os vínculos que tem com a Disney ao fim do seu contrato atual, em dezembro de 2018.

Este texto foi escrito por Rodrigo Paredes via nexperts.