A animação O Grinch, dos estúdios Illumination e Universal, abriu em primeiro lugar nas bilheterias norte-americanas neste final de semana com uma arrecadação de US$ 66 milhões.

O resultado faz da produção o título natalino de maior bilheteria de estreia da história. O longa-metragem, que recebeu críticas mornas, está conquistando as famílias em antecipação aos feriados de final de ano.

O Grinch, dublado no idioma original por Benedict Cumberbatch, é uma nova adaptação do livro clássico de Dr. Seuss e tem um orçamento de produção na casa dos US$ 75 milhões.

Bohemian Rhapsody, sobre a carreira do cantor Freddie Mercury, ficou com a segunda colocação do ranking, após sofrer uma redução de apenas 40% em relação à sua estreia (quando normalmente os filmes perdem 50% da primeira para a segunda semana de exibição).

As outras estreias no circuito americano não atraíram tanto o público americano: Overlord estreou na terceira posição, com US$ 10 milhões; e A Garota na Teia de Aranha ficou apenas em quinto lugar com decepcionantes US$ 8 milhões de sexta a domingo.

Ranking das bilheterias americanas neste final de semana:

1. O Grinch (estreia)
Renda: US$ 66 milhões

2. Bohemian Rhapsody (2ª semana)
Renda: US$ 30,9 milhões
Renda acumulada: US$ 100 milhões

3. Overlord (estreia)
Renda: US$ 10,1 milhões

4. O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos (2ª semana)
Renda: US$ 9,6 milhões
Renda acumulada: US$ 35,3 milhões

5. Millenium – A Garota na Teia de Aranha (estreia)
Renda: US$ 8 milhões

6. Nasce Uma Estrela (6ª semana)
Renda: US$ 8 milhões
Renda acumulada: US$ 178 milhões

7. Nobody’s Fool (2ª semana)
Renda: US$ 6,5 milhões
Renda acumulada: US$ 24,3 milhões

8. Venom (6ª semana)
Renda: US$ 4,8 milhões
Renda acumulada: US$ 206 milhões