Alerta! Este texto contém SPOILERS do episódio 15x07 de Grey’s Anatomy, exibido na TV americana no dia 8 de novembro.

Muita coisa aconteceu em Grey’s Anatomy no episódio 7 da 15ª temporada: a descoberta de um tumor mortal em um dos médicos (de novo), uma morte trágica e um possível término – que talvez seja celebrado por alguns, mas não deixa de ser triste. Então não vamos perder tempo e ir direto aos principais eventos dessa semana:

Maggie e Jackson acabaram de vez?

Parece que Grey’s Anatomy desistiu mesmo do romance (impopular) entre Jackson e Maggie. A cirurgiã descobre que Jackson vem trocando mensagens com uma mulher que conheceu durante o seu “retiro espiritual”. Não, ele não dormiu com ela ou nada assim, mas está conversando com ela “de uma forma que não consegue” com a namorada. Sim, ele abertamente culpa a falta de disponibilidade emocional de Maggie para buscar isso com outras pessoas. Sério mesmo Dr. Avery?

Ah, ele também está conversando com a ex-mulher, April, agora que os dois tem uma fé compartilhada (preferíamos ver isso na telinha, mas aceitamos qualquer coisa a esse ponto). Obviamente, Maggie não fica nada feliz com essa situação, mas tenta ouvir e melhorar a sua parcela de culpa no que parece ser a derrocada do relacionamento dos dois.

Mais tarde, ela confessa que esperava que ele voltasse a ser a pessoas que era antes de sua partida, mas o cirurgião só voltou com mais dúvidas. A cirurgiã se dispõe a ouvir o que ele precisa desabafar, mas quando Jackson revela estar em luto por diversas perdas. Uma delas é o seu casamento com April, que (ele conclui) teria dado certo caso ele tivesse “encontrado Deus” antes. Ouvir isso é demais para Maggie – afinal, ele basicamente diz que sente falta da ex – e ela o deixa sozinho mais uma vez. Nos minutos finais do episódio, ela manda uma mensagem de texto para Meredith dizendo que acha que, dessa vez, tudo acabou entre os dois. Obs.: É muito cedo para dizer que ela deveria dar uma chance para o bombeiro Dean, de Station 19? Ou que Avery combina com a interna Dahlia Qadri? Só tentando ajudar nossos amigos roteiristas aqui...

Meredith e Koracick se unem para ajudar Catherine

Catherine Fox convoca o Dr. Koracick e a Dra. Meredith Grey para irem até Los Angeles, onde ela está inaugurando um novo hospital de sua fundação. Secretamente, ela quer que os dois diagnostiquem um paciente VIP, no que os dois imaginam se tratar de alguma estrela de cinema. Chegando lá, eles descobrem que a dona do tumor inoperável é a própria Catherine, que não quer dizer nada para Richard e Jackson até ter certeza do que está lidando. Mas a mulher garante que vai lutar e vencer isso, só se preocupa com como seu marido vai lidar com a notícia, estando tão abalado ultimamente. Meredith garante que Webber é forte o suficiente para lidar com isso, mas ela pode estar errada.

Em uma nota positiva, podemos ver um lado mais sensível de Koracick, que se revela sinceramente abalado pela possibilidade de perder a grande amiga. Ele conta para Meredith que foi Catherine quem o tirou de uma profunda depressão após a morte de seu filho. Aliás, os dois demonstram uma boa química e já não sabemos mais para quem a série está tentando empurrar a Dra. Grey. Obs.2: DeLuca, você ainda é meu favorito.

Richard Webber está tendo o pior ano de sua vida

Ainda sem saber que sua mulher está com um tumor potencialmente letal, o Dr. Webber enfrentou mais provações a sua sobriedade, ameaçada desde a morte de Ollie. A enfermeira Frankie, grávida de 28 semanas e uma amiga próxima do médico, descobre uma complicação na gravidez, mas se recusa a passar por uma cirurgia e arriscar a vida do filho. Ela conta a Richard que passou por um caro e demorado processo de fertilização in vitro para conseguir engravidar e que não quer por isso em risco.

Inicialmente, ele concorda em apenas monitorá-la – com a ajuda de todas as enfermeiras do Grey Sloan Memorial – e as coisas parecem se resolver sozinhas. Obviamente, nada é tão simples em Grey’s Anatomy e a condição se agrava. Com a ajuda de Alex, o médico consegue salvar o bebê prematuro, mas não a mãe. Richard então precisa contar às amigas enfermeiras de Frankie que ela não resistiu, mas nem ao menos consegue ter forças para dizer o horário da morte na sala de operações.

Esse parece ser o ponto de ruptura para Webber, que corre para uma reunião do AA. Lá, ele houve falar de um bar que troca fichas de sobriedade por shots (que tipo de pessoa horrível faz isso?) e vai até o local. Ele troca sua ficha de 8 anos sóbrio por oito shots, e, quando parece que ele finalmente vai ceder, Richard pega um taco de beisebol da decoração e começa a destruir o local, apontando para a falta de noção do dono do bar em fazer isso com pessoas vulneráveis ao vício. Hm... menos mal? Ao fim do episódio, ele liga para Meredith ir buscá-lo na prisão, e ela se questiona se seu velho amigo vai conseguir mesmo suportar as notícias ruins que estão chegando.

O próximo episódio da 15ª temporada de Grey’s Anatomy vai ao ar no dia 15 de novembro, pela ABC.

Mais novidades de Grey’s Anatomy: