O Templo Satânico (The Satanic Temple), uma organização da religião satanista, está ameaçando processar a Netflix por infringir direitos autorais e “se apropriar” de uma de suas imagens sagradas. O objeto da discórdia? Uma estátua atribuída ao Diabo, e retratada na série teen O Mundo Sombrio de Sabrina, seria uma cópia do monumento ao deus pagão Baphomet.

O fundador do Templo, Lucien Graves, foi ao Twitter expressar seu desagrado pela utilização de um de seus símbolos e disse que a Netflix já recebeu uma carta de seus advogados informando sobre a violação dos direitos autorais e requisitando que o monumento seja tirado completamente do programa.

Templo Satânico ameaça processar Netflix por estátua de O Mundo Sombrio de Sabrina

Em O Mundo Sombrio de Sabrina (Chilling Adventures of Sabrina), a estátua é parte central do cenário da Academia das Artes Ocultas que a jovem bruxa frequenta e é tida como uma representação do grande vilão da série, o Lorde das Trevas em pessoa (ou bode).

Graves ainda escreveu que ficou “impressionado que alguém fique confuso com o motivo de nós procurarmos medidas legais contra Sabrina por usar nosso monumento”.

“Seriam eles tão compreensivos se um programa fictício usasse uma mesquita real como o QG de uma célula terrorista? Um conto fictício de Blood Libel envolvendo judeus do mundo real?”, comparou.

Veja mais notícias sobre Chilling Adventures of Sabrina: