Não é só os fãs que estão aterrorizados com os episódios de A Maldição da Residência Hill. Os atores da nova série de horror da Netflix contam que chegaram a ver fantasmas!

A série é baseada em um livro publicado por Shirley Jackson em 1953, que no Brasil recebeu o nome de A Assombração da Casa da Colina. Na trama, acompanhamos a família Crain, mesclando passado (quando eles viviam na amaldiçoada mansão) e presente (enquanto eles tentam se recuperar de traumas de infância). A Maldição da Residência é a terceira adaptação da obra de Jackson: foram lançados dois filmes: Desafio do Além (1963) e A Casa Amaldiçoada (1999). E que adaptação acertada! A produção de Mike Flanagan (Jogo Perigoso) está sendo bem-recebida pela crítica, conquistando 92% de aprovação no Rotten Tomatoes.

O segredo do sucesso está nesse clássico do horror — não dá para passar indiferente à história. Os atores que o digam! Oliver Jackson-Cohen, que interpreta Luke, conta que viver essa fantasia horrosa o assombrou tanto que ele chegou a começar a ver coisas assustadoras e inexplicáveis.

"Como você obviamente sabe, como nós somos atores, nós temos imaginações estúpidas", ele conta. "Nas preparações, eu comecei a achar que alguém estava sentado na ponta da minha cama de noite, e coisas bizarras como isso."

Elizabeth Reaser, que interpreta Shirley (a irmã mais velha de Luke), se viu obrigada a concordar. "Eu não tive interações fantasmagóricas, mas acho que acontece algo no seu inconsciente quando você está atuando com isso por nove meses. Foi mais como não conseguir dormir, se sentir meio maluco..."

Jackson-Cohen conta que eles percebiam isso uns nos outros: "Houve uma semana em que todos nós... Nós gravamos por nove meses, e eu me lembro de chamar você [Elizabeth Reaser] um dia e você simplesmente não tinha dormido. Eu não consigo dormir porque, como você disse, quando você está martelando esse tipo de coisa por tanto tempo, você meio que se perde nisso."

"É como se seu corpo não soubesse que você está fingindo", resume Reaser.

Esse texto foi escrito por Verenna Klein via nexperts.