Este texto contém SPOILERS do episódio 3x02 da série Riverdale. Não prossiga se ainda não tiver assistido e quiser manter a surpresa dos acontecimentos.

O último episódio da 3ª temporada de Riverdale avançou pouco a trama da nova temporada (mais alguém com saudades de quando a série tinha apenas 13 episódios para enrolar o mistério?). Parece que tivemos uma hora de introdução para o aguardado flashblack da próxima semana, quando conheceremos a verdadeira conexão dos pais dos protagonistas com o jogo Griffins & Gargoyles.

La Bonne Nuit é inaugurado!

Verônica finalmente inaugurou seu speakeasy (uma espécie de barzinho sem álcool, afinal esse é um programa “de família”, uhum) e deixou de ser a coadjuvante da trama de Archie para protagonizar a sua.

E, logo de cara, ela descobriu que terá que lidar com mais inimigos do que o esperado. Ainda que todos eles sejam capangas de seu pai de uma maneira ou de outra. Penny Peabody e os Ghoulies querem dinheiro para evitarem problemas, assim como o Xerife Minetta. Ela consegue informações para chantagear seu pai e evitar interferências – por enquanto. Mas a dinâmica dos dois promete ser mais interessante, principalmente porque, quando a jovem apela para métodos similares ao de seu pai, os dois parecem ter construído uma relação de antagonismo e (quase) respeito mútuo. Será que ela logo vai se ver inadvertidamente trilhando os passos de Hiram?

Betty e Jughead dão um passo à frente e dois para trás

Algumas semanas após a sua convulsão, Ethel está de volta à escola, mas não menos crente nos poderes do jogo que motivou o suicídio de Ben e Dilton. Ela concorda em ensinar Jughead a jogar (já que ele quer conseguir o manual do jogo para decifrar o mistério), mas não Betty (“você nunca será digna, me desculpe” ... hm, sei).

A jornalista aspirante então decide partir para outra frente de investigação: Evelyn Evernever. Betty quer provar que a Fazenda tem alguma ligação com Griffins & Gargoyles, mas só consegue descobrir que foi sua mãe quem mencionou o jogo pela primeira vez ao grupo. Obs: Fica claro pela reação posterior de Alice e FP ao encontrar o manual do jogo com Jughead que eles também jogaram o RPG em algum momento de sua adolescência.

Enquanto isso, Jughead consegue a edição de Ethel do livro de regras e evita que ela cometa suicídio como seus amigos. O que eles só descobrem tarde demais é que, antes disso, ela já havia distribuído cópias do manual para toda a escola, iniciando uma possível “epidemia” na Riverdale High.

O Clube da Luta de Archie

" data-cke-saved-src="/uploads/editor_pictures/000/067/717/content_pic.jpg

Foi revelada a função do “Mad Dog” na prisão juvenil de Riverdale. O diretor organiza uma rinha de luta ilegal entre alguns dos detentos para o entretenimento e lucro dos guardas. Após semanas se negando a participar, Archie concorda em entrar no “ringue” para salvar Joaquim de uma surra possivelmente letal.

Ele então se prova extremamente bom em seu “trabalho”, o que é péssimo para a consciência já pesada do jovem. Mas, ao fim do episódio, Archie revela aos colegas de luta que planeja uma fuga para todos eles.

Em outros acontecimentos...

  • As Serpentes tiveram uma aparição apagada, mas – com Jughead mais preocupado em bancar o detetive do que com seu papel de Rei – parecem estar honorariamente sendo lideradas por Cheryl e Tony.
  • Ficou claro que a principal função do La Bonne Nuit será ser o palco dos números musicais da série, o primeiro sendo a versão de Anything Goes cantada por Josie. Esperamos ver todo o elenco soltando a voz em breve, não só no episódio musical da temporada.

Lembrando que o próximo episódio da 3ª temporada de Riverdale vai ao ar somente no dia 7 de novembro, às 21h40, pela CW nos Estados Unidos e pelo Warner Channel no Brasil.