Atenção! Este texto contém SPOILERS do episódio 5x04 de How to Get Away with Murder, exibido pela ABC no dia 18 de outubro.

Parece que as coisas são menos mirabolantes do que pareciam na 5ª temporada de How to Get Away With Murder. O episódio 5x04 confirmou que, sim, Bonnie tem uma irmã – Julie, falaremos sobre ela em breve – mas não é uma irmã gêmea idêntica, como se especulava. Menos bombástico, mas ainda eficiente para uma boa e velha reviravolta familiar.

O Pai de Nate é o réu da vez

Falando em família... O “caso da semana” dos alunos da clínica de Annalise era conseguir um novo julgamento para o caso do pai de Nate. Felizmente, desta vez eles conseguiram uma vitória ao convencerem o juiz de que ele estava temporariamente insano quando assassinou outro detento.

A irmã de Bonnie – aparentemente – não está com o filho perdido dela

Em contrapartida, Nate continua sua investigação sobre o paradeiro do filho de Bonnie e localiza a irmã dela, Julie. Coincidentemente – ou não – a mulher vive com um adolescente com a idade similar à que o filho de Bonnie teria. Nate consegue material para um exame de DNA, mas... ele não é a criança perdida. De volta à estaca zero.

Ainda assim, Nate volta a insistir que Annalise conte à Bonnie tudo o que ele descobriu sobre seu passado e, ainda que contrariada com a intromissão dele nos traumas alheios, ela concorda.

Finalmente, uma conversa honesta

Annalise se encontra com Bonnie, que está debatendo se deve oficializar as coisas com Ronald aceitando assinar um documento de relação consensual (já que ele é tecnicamente o chefe dela). Quando ela decide tentar ser feliz, Annalise despeja a bomba das informações coletadas por Nate. Inicialmente, Bonnie fica magoada com a mentira do detetive e – compreensivelmente – fica muito abalada em saber que seu filho está vivo e por aí. Annalise faz a boa amiga e diz que vai apoiar qualquer decisão que ela tomar, seja esquecer essa história ou buscar o paradeiro do rapaz.

Enquanto isso, no futuro...

Pela primeira vez temos duas cenas separadas do casamento de Oliver e Connor que, agora sabemos, falta aproximadamente um mês e meio para acontecer. Em uma delas, Michaela diz que vai tentar ligar para Oliver, já que ninguém consegue encontra-lo, mas é para o telefone de Nate que ela disca. Nesse momento descobrimos que Bonnie, por algum motivo, está com o celular do detetive em seu bolso.

Em outra cena, vemos Annalise voltar para casa aos prantos após – o que parecem ser – notícias devastadoras que recebeu de Frank. Uma reação tão forte dá a entender que a vítima pode ter sido alguém que ela gosta muito, ou pode apenas ser a série tentando nos levar a crer que Nate foi a pessoa assassinada.

Em outros acontecimentos importantes do episódio 5x04:

  • Asher desabafa com Bonnie sobre se sentir excluído do grupo já que não está na clínica e nem na casa onde todos seus amigos moram agora. Ele também confessa pensar em como as coisas poderiam ter sido diferentes entre os dois e esperamos que a série não junte o ex casal novamente. Michaela errou muito, mas os dois eram um ótimo casal e já estamos começando a nos apegar ao promotor Ronald.
  • Frank consegue despistar Oliver ao dizer que só estava hackeando Gabriel porque ele faz isso com todos que trabalham com Annalise. No entanto, Oliver fica curioso e começa a fazer sua própria investigação sobre o estudante, descobrindo que ele já foi acusado por agressão. No entanto, o motivo é quase que perdoável: tratava-se do médico que deu as prescrições que deixaram sua mãe viciada em pílulas.
  • Michaela consegue ganhar pontos com Teagan ao demonstrar um esforço além do normal o nível de ódio da advogada pela estudante passou “de um 10 para um 8”, nas palavras dela. Oba?
  • Connor exige saber porque Annalise o escolheu para fazer parte do Keating 5 inicial, já que sabe o motivo pelo qual ela escolheu seus colegas. Porém, tudo o que ele consegue é levar uma bronca e um fora da professora.

O próximo episódio de How to Get Away With Murder, o quinto da 5ª temporada, será exibido pela ABC na próxima quinta-feira, dia 25 de outubro.