Além de October Fashion, a Netflix está preparando mais uma série de ficção científica para ser lançada em 2019. Ela vai se chamar The I-Land e tem como proposta desenvolver uma aventura que une mistérios do universo sci-fi a momentos de ação, similar ao que foi Lost.

E essa comparação não é à toa: The I-Land começa com dez pessoas que acordam em uma ilha deserta e afastada de tudo, sem memória nenhuma do que aconteceu e as levou até lá, e sem saberem sequer quem elas são. O grupo é então confrontado com desafios psicológicos e físicos e precisa se unir para tentar se salvar e voltar para casa — onde quer que isso seja.

Para estrelar a série criada por Neil LaBute, a Netflix convidou a atriz Kate Bosworth (a Louis Lane de Superman: O Retorno) e o ator Alex Pettyfer (o John de Eu Sou o Número 4). Ambos serão ainda produtores.

Também já foram confirmados para o elenco do seriado os nomes de Natalie Martinez (The Crossing; Under the Dome) e Kyle Schmid (Six; Being Human).

Os quatro atores já anunciados vão representar KC (Bosworth), Brody (Pettyfer), Chase (Martinez) e Moses (Schmid). Os intérpretes dos outros seis personagens que vão acordar na misteriosa ilha ainda não foram divulgados.

O roteiro do próprio Neil LaBute será assinado juntamente com Lucy Teitler (Mr. Robot), e a produção-executiva ficará com Chad Oakes, Mike Frislev e Jonathan Scarfe — que também vai dirigir a série ao lado do próprio LaBute.

Outras encomendas

Além de The I-Land, a Netflix já confirmou o início da produção de October Fashion e Warrior Nun. A primeira é inspirada em quadrinhos e traz a história de uma família de caçadores de monstros que se muda para uma cidade pequena depois que o pai de Fred, o marido de Deloris e pai de Geoff e Viv, morre e deixa a casa para eles. A série é criada e produzida por Damian Kindler.

Warrior Nun se baseia em um mangá e acompanha a história de uma jovem de 19 anos que acorda em um necrotério com um artefato divino incrustado nas costas e a chance de uma nova vida — na qual agora ela vai ter que lutar contra forças do mal que assombram a Terra. Basicamente, uma espécie de freira-anjo-guerreira, praticamente uma Buffy. Criada por Simon Barry, a série é comandada pelos produtores-executivos Terri Hughes Burton e Amy Berg.

Este texto foi escrito por Lu Belin via nexperts.