Imagine a cena: você está passando de metrô e vê figurantes e equipe técnica do longa com Joaquin Phoenix urinando no lado de fora de um vagão de trem. Pois é! O mais novo filme sobre o Coringa, vilão da DC que atormenta a vida do Batman, também vem colocando os trabalhadores da Warner Bros. em maus lençóis.

The Joker, que está sendo filmado em Nova York, teve uma cena gravada na estação de metrô do Brooklyn na semana passada, e um atraso fez com que o staff ficasse preso em um vagão de trem e não pudesse ter sua pausa obrigatória depois de 2 horas de trabalho.

O problema é que eles estavam sem banheiro e não foram autorizados a sair do vagão e acessar a plataforma, então alguns dos funcionários tiveram que se aliviar nos trilhos do trem.

Isso provavelmente não teria acontecido se eles não tivessem ficado presos no mesmo lugar por 3 horas e meia, em vez de 2 horas. Esse tipo de atraso é frequente em filmagens que se estendem, mas normalmente há uma possibilidade de escapar pelo menos para ir ao banheiro — mas esse não foi o caso. Graças ao episódio, uma reclamação foi registrada no sindicado dos trabalhadores de Hollywood.

Nem o sindicato nem a Warner Bros. ou o diretor do filme quiseram comentar o caso. O longa tem data de lançamento prevista para o dia 4 de outubro de 2019.

Este texto foi escrito por Lu Belin via nexperts.