A brilhante Tilda Swinton é uma das atrizes mais versáteis do cinema — em todos os aspectos. Um deles, inegavelmente, é seu dom para interpretar papéis masculinos, como o surpreendente Dr. Kemplerer no remake de Suspiria.

A atriz foi um dos primeiros anúncios dessa obra, dirigida por Luca Guadagnino (Me Chame Pelo Seu Nome) e protagonizada por Dakota Johnson (50 Tons de Cinza). Swinton viveria a sombria Madame Blanc. Mas quando a produção foi tomando forma, repórteres começaram a questionar se ela estaria interpretando outro papel: o de Dr. Kemplerer. Entretanto, a negativa era categórica — e Dr. Kemplerer era listado como vivido por Lutz Ebersdorf, um ator até então desconhecido.

Mas as suspeitas continuavam: afinal, não seria a primeira vez de Swinton em um papel masculino. Uma de suas mais elogiadas performances é a do anjo Gabriel em Constantine, e para a lista se somam sua polêmica participação como o Ancião de Doutor Estranho e como o protagonista em Orlando. E Tilda Swinton negava, respondendo a multidões que Dr. Kemplerer era interpretado por Ebersdorf.

Até que, em um email ao The New York Times, Tilda Swinton lançou uma explicação provocativa. "A resposta para a questão 'Você está interpretando Dr. Kemplerer em Suspiria?' sempre será que Dr. Kemplerer é interpretado por Lutz Ebersdorf." Segundo a atriz, a questão que deveriam ter perguntado é "você está interpretando Lutz Ebersdorf? Um inequívoco sim." No entanto, "curiosamente, ninguém pensou nisso até agora".

Quando questionada sobre o porquê disso tudo, a atriz simplesmente respondeu: "Inegavelmente, é pelo puro amor à diversão, acima de tudo. Como minha avó dizia — um lema pelo qual se pode viver e morrer — 'seria idiota não o fazer'."

O responsável pela transformação incrível é Mark Coulier, que já ganhou um Oscar de Melhor Maquiagem. Foi ele que transformou Swinton na Madame D. de O Grande Hotel Budapeste e Meryl Streep na Margaret Thatcher de A Dama de Ferro. O maquiador revelou um detalhe curioso: "Ela nos fez produzir um pênis com saco. Ela tinha esse simpático e pesado conjunto de genitálias, então poderia senti-lo balançando entre suas pernas, e ela conseguiu fazer isso no evento em algumas ocasiões".

Suspiria chega aos cinemas no dia 26 de outubro de 2018.

Este texto foi escrito por Verenna Klein via nexperts.