O final da 4ª temporada de Better Call Saul encerrou um ciclo iniciado no primeiro episódio da série: o nascimento de Saul Goodman, até então Jimmy McGill (vivido pelo ator Bob Odenkirk). Sim, esperamos quase cinco anos para ver o advogado amoral assumir seu alter ego conhecido pelo público em Breaking Bad.

Jimmy vira Saul, em nome e atitude

Jimmy inicialmente não consegue sua licença para praticar advocacia de volta. O conselho não vê sinceridade em seu discurso, especialmente quando ele se recusa a discutir a morte de Chuck (Michael McKean). Inclusive, em sintonia com o título do episódio 4x10, “The Winner”, pudemos assistir aos irmãos McGill celebrando a aprovação de Jimmy em um flashback onde a dupla canta “The Winner Takes it All” da banda ABBA.

Jimmy McGill (Bob Odenkirk) se torna Saul Goodman no último epiódio da 4ª temporada de Better Call Saul

Tempos depois, descobrimos que Jimmy inaugurou uma Sala de Leitura em homenagem ao irmão e até mesmo iniciou uma bolsa de estudos na faculdade local. Quando chega a hora dele apresentar seu recurso, Kim (Rhea Seehorn) está ao seu lado e garante que “o que quer que aconteça”, ela estará com ele.

Jimmy faz um discurso emocionado sobre como quer honrar o sobrenome que compartilha com Chuck, um homem “melhor do que eu jamais serei” e conquista o conselho. Tudo indica que ele finalmente planeja se tornar um advogado sério e correto, e que as coisas estão caminhando para dar certo... Ou quase isso.

Assim que deixa a sala, fica claro que foi uma performance, nenhuma emoção sendo verdadeira, para o choque de Kim. Quando recebe a notícia de que tem sua permissão de volta, Jimmy imediatamente pede um formulário para mudar seu “nome profissional”. Ele agora atuará como Saul Goodman. Esqueça o “honrar o nome McGill”.

Kim (Rhea Seehorn)

Porém, essa mudança de atitude pode ter lhe custado seu relacionamento com Kim, que fica chocada com a atuação de Jimmy e sua decisão de trocar de nome. A advogada parece arrependida de seu papel, no que ela achou que seria, a redenção do outro.

Em outras notícias...

Outra ligação com Breaking Bad, como de costume, foi a trama envolvendo o laboratório de metanfetamina sendo construído pela equipe de Mike (Jonathan Banks) para Gus (Giancarlo Esposito).

Mike (Jonathan Banks)

Com Lalo (Tony Dalton) em sua cola, Mike não teve escolha a não ser rastrear e eliminar o seu engenheiro, Werner (Rainer Bock). No entanto, quando Gus vai mostrar o ambiente de trabalho a Gale (David Costabile) – espere ver mais dele na próxima temporada –, o laboratório ainda está incompleto, mas a caminho de virar o cenário de Walter White e Jesse Pinkman.

Relacionado: Better Call Saul: Saul e Kim novamente do mesmo lado no trailer da season finale