Esqueça The Good Doctor e The Resident; New Amsterdam é a série médica mais promissora desta fall season.

Na última quinta-feira, dia 25 de setembro, o novo drama da NBC sobre o hospital público mais antigo dos Estados Unidos fez sua estreia na televisão norte-americana e deixou uma ótima primeira impressão.

O protagonista da série é o revolucionário Dr. Max Goodwin (Ryan Eggold de The Blacklist), recentemente empossado como o novo diretor médico da instituição e disposto a acabar com a burocracia e fornecer cuidados excepcionais para todos os pacientes. Para isso, ele vai ter que passar por cima de profissionais desmotivados, políticas que favorecem o lucro antes da saúde e um sistema feito para que ele falhe.

Ryan Eggold é o protagonista de New Amsterdam

New Amsterdam é uma série para quem gosta do aspecto médico da coisa. Menos romances, menos absurdos médicos (a princípio), menos problemas particulares servindo como analogia para os casos dos pacientes.

Claro, os dramas pessoais vão estar presentes; mas mesmo esses parecem ser mais reais. A dose de ficção que o público precisará abraçar são as infinitas boas intenções do corpo médico e o aparentemente poder infinito que o novo diretor do hospital demonstra ter.

Janet Montgomery e Jocko Sims em cena do piloto de New Amsterdam

Além do personagem de Eggold, os coadjuvantes são bem construídos e interessantes. Com destaque para a cirurgiã "estrela" de Freema Agyeman (de Sense8), a médica idealista de Janet Montgomery (de Salem) e o cardiologista cético de Jocko Sims (The Last Ship).

Resta saber se a série manterá o ritmo do piloto ou voltará para os "casos da semana". De qualquer forma, parece bem encaminhado para surpreender o público de um subgênero cada vez mais explorado e em vias de ficar desgastado.

A 1ª temporada de New Amsterdam está sendo exibida pela NBC às quintas-feiras, mas ainda não tem previsão de chegar ao Brasil.