“Você não vai acreditar nisso: Jon se suicidou”. Essa é a frase de abertura da nova série dramática da fall season 2018, A Million Little Things.

O programa acompanha um grupo de amigos, que se formou quando os rapazes ficaram presos em um elevador, que enfrentam o luto e questionam suas vidas após um deles cometer suicídio.

O episódio piloto de A Million Little Things mostra o grupo tentando entender os motivos que poderiam fazer o “perfeito” Jon a decidir acabar com sua vida, já que eles não perceberam qualquer sinal de tristeza, stress ou depressão no amigo nos últimos tempos.

Enquanto buscam por explicações, Eddie (David Giuntoli, de Grimm), Gary (James Roday, de Psych) e Rome (Romany Malco) lidam também com o sentimento de culpa por não terem ajudado Jon (Ron Livingston) quando ele mais precisava – mas, aos poucos, outros segredos começam a aparecer, indicando que há esqueletos guardados no armário.

Atenção a spoilers do episódio piloto nos próximos parágrafos!

A revelação mais importante desta series premiere é de que Eddie estava tendo um caso com a esposa de Jon; algo que eles acreditam que Jon nunca chegou a descobrir – será mesmo? Paralelamente, Rome passa ele próprio por um momento difícil, quase tirando sua própria vida antes de receber a notícia sobre o suicídio do amigo.

Gary, por sua vez, reage ao falecimento de Jon de maneira mais raivosa, falando aos amigos que, apesar de passarem bastante tempo juntos, eles nunca conversam de verdade sobre seus problemas. No fim, o discurso de Gary faz Rome confessar sua tentativa de suicídio, sensibilizando os amigos e reforçando os laços de amizade.

A Million Little Things não consegue evitar os lugares-comuns e mais previsíveis de uma história de luto, mas há algo inovador na apresentação de um tema tão sensível quanto o suicídio e na maneira como coloca os personagens masculinos como figuras “quebradas” e que passam por dificuldades emocionais profundas.

Por essa perspectiva, a nova série parece dizer muito sobre a contemporaneidade e o mundo em que vivemos, com as pessoas cada vez mais distantes e desconectadas umas das outras. Resta saber se A Million Little Things terá “um milhão de pequenas coisas” para contar ou permanecerá nos clichês.

Relacionado: Conheça A Million Little Things, drama que reúne elenco de peso da TV