A 3ª temporada de This Is Us estreia no dia 25 de setembro, prometendo trazer vários momentos emocionantes dos Pearson. Segundo o criador da série, Dan Fogelman, será "uma jornada para preencher as peças do quebra-cabeças".

O episódio inicial, "Moonshadow", vai mostrar o primeiro encontro de Rebecca (Mandy Moore) e Jack (Milo Ventimiglia), em um romântico parque de diversões. E também trará a desolada Rebecca dos anos 90, tendo que lidar com o luto por seu marido enquanto cria três adolescentes. "As pessoas esperam que seja uma linha reta o ato encontrar um amor e viver felizes para sempre. E esse pode não ser o caso", explica Moore.

"Eu só posso falar pela minha personagem, mas é uma jornada de um novo romance — o flerte de Jack e Rebecca. Isso é somado a começar uma vida do zero novamente, três meses depois da morte de Jack. As personalidades e o mau comportamento dos filhos, assim como a desconexão — emocionalmente atrofiados, e para alguns membros da família não evoluir do passado causa dor extrema. Rebecca está tentando ao máximo seguir adiante e juntar os pedacinhos da vida em família. Mas tentar colocar todos no mesmo estado quando eles são adolescentes, e considerando que todo mundo tem jeitos diferentes de lidar com o luto, é uma tarefa impossível."

Obviamente, perder Jack afeta tragicamente a vida de todos os Pearson. Especialmente os adolescentes, que precisam continuar a fazer planos para as próprias vidas. Então, Rebecca toma para si a função de tentar estabilizar a vida de todos, o que não dá tão certo quanto ela gostaria. A atriz explica:

"É um campo minado para todos eles, especialmente para Rebecca, porque eu acho que ela lida de um jeito meio 'Tenho que fazer isso. Não tenho escolha. Preciso ser a figura paterna que Jack sempre foi.' Mas eu não acho que é fácil para ela como foi para ele, porque ela não era a parte divertida do casal. Ela não era quem fazia ótimos discursos. Ela cuidava da parte prática da vida deles. Nesse sentido, ela consegue continuar pagando as contas, encontrar um lugar para eles viverem, decidir como vai ser a nova casa e fazer as compras. É com a parte de lidar com as crises que surgem na vida pessoal dos filhos que ela pode não ser muito boa."

This Is Us dá vez aos personagens secundários

Também será uma temporada complicada para os filhos crescidos, especialmente Randall (Sterling K. Brown). Ele e Beth (Susan Kelechi Watson) estão passando por uma grande tensão no casamento, tendo que fazer malabarismo para lidar com o prédio do pai biológico de Randall e a confusão com a filha adotiva, Deja (Lyric Ross).

Enquanto Moore adianta que teremos um grande choque envolvendo os dois, Brown deixa claro que existem muitas questões em jogo. "Eles chegaram a uma fase em que eles querem coisas diferentes da vida. Você tem que lidar com essa m*rda, então você verá Beth e Randall lidando." Seriam esses ares de divórcio?

Além disso, os cônjuges dos Pearson ganharão todos seus próprios episódios: não só Beth, mas também Toby (Chris Sullivan) e Miguel (Jon Huertas). Isso vem de uma percepção dos produtores de que Toby e Miguel polarizavam a audiência: há quem ame e há quem odeie — sem meio-termo. E eles viram nisso um caminho para a narrativa continuar.

O produtor Isaac Aptaker explica melhor: "John Huertas é o cara mais charmoso e descolado, além de um ator incrível, mas tem sido uma tarefa difícil fazer a América se apaixonar por seu personagem. Contudo, achamos que, vendo um pouco mais da história dele neste ano, as pessoas vão perceber que ele é um cara legal e uma âncora para a família Pearson quando Jack morre".

A outra produtora, Elizabeth Berger, discorre mais sobre o episódio do recém-casado Toby. "É sempre interessante ver como as pessoas respondem aos atos deles." Ela acredita que a audiência não gosta muito do personagem porque "isso vem de um amor profundo e uma proteção feroz que as pessoas têm pela Kate, o que eu entendo completamente. Mas acho que elas estão tão apegadas que qualquer coisa que Toby faz é analisada sob um microscópio". Berger defende o personagem, explicando que Toby é "um parceiro imperfeito, mas incrível", e acha que os fãs serão capazes de ver isso.

No episódio dedicado ao personagem, serão explorados seu passado e sua juventude. Inclusive veremos seus pais, interpretados por Dan Lauria (Anos Incríveis) e Wendie Malick (Just Shoot Me), o que deve iluminar as questões pelas quais ele sofre no presente.

Conhecendo o passado de Jack

Com história do começo do romance de Jack e Rebecca, é claro que nós saberemos um pouco mais do passado do patriarca Pearson. Em alguns episódios, série vai explorar seu tempo na Guerra do Vietnã e as consequências disso para a sua vida. Além disso, teremos mais momentos do personagem com sua família, incluindo o retorno de sua mãe, interpretada por Laura Niemi (Veep).

"Dan Fogelman criou essa série incrível, e ele é tão acessível", comenta Niemi. "É realmente como uma família. Todo mundo é muito grato por estar lá. Eu acho que isso é o melhor dessa temporada, e está todo mundo muito empenhado. Existe uma alegria real de todo mundo que está participando."

Ela também dá a entender que veremos a infância de Jack. "Estou empolgada para mergulhar mais no personagem de Jack enquanto crescia. É aí que eu entro. Tem sido incrível! Além disso, minha personagem está se renovando. Vocês me viram brevemente na 1ª temporada. Agora, eles estão revivendo minha personagem. Marilyn tem uma jornada e tanto nessa temporada."

Este texto foi escrito por Verenna Klein via nexperts.