São tantas séries disponíveis na Netflix que às vezes fica difícil escolher uma para assistir, não? Para você não perder tempo só pulando de opção em opção, o Minha Série separou as melhores indicações de fantasia e ficção científica do serviço de streaming, incluindo todos os gostos. É só escolher alguma, apertar play e se divertir.

1. Star Trek: Discovery

Os fãs de Star Trek aguardavam há tempos o retorno de uma série da franquia: foram 12 anos até que ela foi produzida, aproveitando o embalo depois dos novos ares dados no cinema pelas mãos de J. J. Abrams. A 1ª temporada já está inteiramente disponível, e a 2ª já teve a estreia anunciada para janeiro de 2019.

O cenário é a espaçonave Discovery e a protagonista, Michael Burnham (interpretada por Sonequa Martin-Green). Dessa vez, ela não é a capitã da nave, mas se envolve diretamente na guerra entre a Federação dos Planetas Unidos e os klingons. Os vilões são uma das raças mais curtidas pelos fãs e representam uma possibilidade de desenvolver esses personagens com maquiagem e inovações tecnológicas atuais, que não eram nem sonhadas nos anos 60.

A produção, com história que se passa 10 anos antes da série original, é veiculada no streaming americano pela CBS All Acess, mas em outros países, como no Brasil, a exclusividade de transmissão é da Netflix.

2. Jornada nas Estrelas

Quem foi apresentado ao universo Star Trek pelos recentes filmes ou até mesmo pela série Star Trek: Discovery tem a chance de conferir a origem de tudo na própria Netflix: todos os episódios das três temporadas da série clássica estão disponíveis no serviço de streaming.

Os personagens que se tornaram ícones estão todos lá: capitão Kirk, Spock, Uhura, McCoy. A engenhosidade dos roteiros permitiu que uma série de ficção científica pudesse discutir temas muito sensíveis para a época (o programa foi veiculado originalmente entre 1966 e 1968), como o racismo e as consequências da Guerra Fria.

Os efeitos especiais não se comparam aos dos dias atuais, mas isso não impede o espectador de apreciar essa série que abriu caminho para outras produções de ficção cientifica.

3. Black Mirror

A série de antologia que virou um meme (quem já não se deparou com algo “muito black mirror”?) tem todos os episódios disponíveis na Netflix. A proposta das tramas é mostrar como avanços da tecnologia afetam a sociedade; como seria se nossas vidas fossem contabilizadas pelas curtidas que temos nas redes sociais é o tema de um episódio, por exemplo.

Esse formato de episódios completos, sem ligação entre si, facilita que você assista até mesmo fora de ordem. Há uns mais leves e outros em que a trama é mais densa. Alguns episódios fazem inclusive referência a clássicos do gênero, como Star Trek.

A repercussão popular veio acompanhada de reconhecimento também por parte da crítica: o episódio “San Junipero” foi premiado com o Emmy de melhor telefilme em 2017. As três primeiras temporadas são produção britânica, enquanto a quarta já foi comandada pelo próprio serviço de streaming.

4. Dirk Gently’s Holistic Detective Agency

Os fãs de O Guia do Mochileiro das Galáxias podem não saber que um livro do autor Douglas Adams rende outra adaptação audiovisual. Dirk Gently’s Holistic Detective Agency é uma série cômica que mostra os casos do "detective holístico" Dirk Gently (Samuel Barnett) e seu ajudante Todd (Elijah Wood).

O protagonista busca solucionar os mistérios por meio de sua crença na interconectividade das coisas, enquanto é seguido por agentes do antigo projeto do qual participava, que querem reconvocá-lo, e por uma assassina holística, que tem como objetivo principal matar Dirk.

A série teve duas temporadas que somam 18 episódios no total e estão disponíveis na Netflix.

5. Stranger Things

Nostalgia dos anos 80 é o pano de fundo para Stranger Things, a série da Netflix que está na lista de quase todos os assinantes do serviço.

Ambientada em uma cidade do estado norte-americano de Indiana no começo da década de 1980, a trama foca no desaparecimento de um menino e na possível relação com um laboratório que está fazendo experimentos com seres humanos envolvendo o sobrenatural.

A personagem que mais cativa os fãs é Eleven (Millie Bob Brown), uma menina que possui poderes telecinéticos e escapou do laboratório. A série representou ainda o renascimento da carreira de Winona Ryder, que estava afastada havia anos das produções de sucesso.

As duas temporadas (são 19 episódios ao todo) já estão na Netflix, e uma terceira está programada para estrear em 2019.

6. Kiss Me First

Produção britânica adquirida para ser veiculada no mundo inteiro pela Netflix, Kiss Me First conta a história de Leila Evans (Tallulah Haddon), uma adolescente de 17 anos viciada em um jogo digital chamado Azana.

É assim que Leila conhece Tess, uma menina descolada que é o oposto da solitária protagonista. No entanto, o desaparecimento de Tess leva Leila a investigar as circunstâncias do sumiço e o que pode estar atrás de um segredo mantido por sua amiga.

São seis episódios, ótimos para serem maratonados em uma tarde na Netflix.

7. 3%

A primeira série produzida pela Netflix no Brasil é ambientada em um universo distópico, no qual há uma divisão entre dois lugares distintos. A maioria dos brasileiros sobreviventes moram no Continente, onde falta tudo, até mesmo itens básicos para vida. Já uma pequena elite mora em Maralto, onde não existe escassez, e todos têm oportunidades.

Aos 20 anos, os cidadãos participam de uma seletiva chamada O Processo, na qual disputam uma chance de habitar em Maralto. Porém, somente 3% dos competidores conseguem. É esse o desenrolar mostrado pela série, dando ao espectador a possibilidade de acompanhar o destino de vários dos habitantes do Continente.

O elenco conta com rostos conhecidos das novelas da Globo — Bianca Comparato, Fernanda Vasconcellos, Maria Flor e Zezé Motta — ao mesmo tempo que abre espaço para atores com pouca divulgação na TV brasileira tradicional.

Já são duas temporadas disponíveis na Netflix, e a terceira estreia em 2019.

8. Legion

No vasto cardápio de séries adaptadas dos quadrinhos da Marvel e da DC, Legion representa uma opção que foge do roteiro de super-herói comum nas produções da CW e similares.

O personagem principal é David Haller, um jovem com esquizofrenia que possui habilidades psíquicas como telepatia. Frequentador de clínicas psiquiátricas desde a infância, David descobre mais sobre sua condição como mutante. Ele é filho do professor Charles Xavier (vivido nos vários filmes dos mutantes por Patrick Stewart), que chefia a equipe dos X-Men. O time não aparece na produção, no entanto.

Por enquanto, apenas a 1ª temporada está disponível na Netflix. A 2ª já foi ao ar nos EUA pelo canal FX e ainda não teve data de estreia anunciada no serviço de streaming.

9. Altered Carbon

Grande produção da Netflix para 2018, Altered Carbon é protagonizada por Joel Kinnaman, que estrelou o remake de Robocop (2014) e a série The Killing. A trama é baseada no livro homônimo, escrito por Richard Morgan e já publicado no Brasil.

A história se passa em 2384, em uma São Francisco futurística. Nessa época, a consciência de uma pessoa pode sobreviver além do seu corpo físico e ser transferida para outro depois da morte. Porém, esse é um privilégio apenas dos mais ricos, conhecidos como Meths.

O protagonista da série, Takeshi Kovacs, é um rebelde retirado da prisão por um milionário com a possibilidade de resolver um assassinato e ganhar uma nova chance de viver.

A primeira e única temporada conta com 10 episódios que podem ser conferidos a qualquer momento na Netflix.

10. Orphan Black

Clones são uma ideia recorrente na ficção científica, mas foram perfeitamente executados em Orphan Black, série canadense produzida entre 2013 e 2017.

O diferencial é a atuação da atriz principal, Tatiana Maslany, que deu vida a 12 clones, cada um com uma personalidade. Depois de ser esnobada, a intérprete finalmente ganhou um Emmy de Melhor Atriz pela atuação na série em 2016.

A trama começa com Sarah Manning presenciando o suicídio de uma mulher que parece ser idêntica a ela. Depois de se apossar dos pertences da falecida e assumir sua identidade, ela descobre que ambas são produtos de um experimento ilegal de clonagem, o que impulsiona os acontecimentos.

As 5 temporadas somam 50 episódios, que fazem parte do catálogo da Netflix.

11. Once Upon a Time

Imagine se a Branca de Neve e o Príncipe Encantando precisassem enviar a filha para um lugar distante para ela não ser alcançada por uma maldição? Essa é a premissa de Once Upon a Time, que mostra o retorno dessa filha 28 anos depois.

Na pequena cidade de Storybrooke, no Maine, os personagens de contos de fadas vivem sem ter consciência de quem são. Assim, a série pôde mostrar Grilo Falante, Caçador, Pinóquio e Chapeuzinho Vermelho, só para citar alguns dos nomes clássicos das histórias infantis.

A cada nova temporada, os roteiristas adicionaram mais personagens, incluindo até as princesas Elsa e Anna, da animação Frozen.

O destaque da série não ficou com nenhuma princesa da Disney, mas sim com uma vilã: é a madrasta da Branca de Neve, que aqui se chama Regina, quem rouba a cena. A atriz Lana Parrilla soube dar nuances para sua personagem e ganhou a atenção de público e crítica.

Na 7ª e última temporada (ainda não disponível na Netflix), ainda houve um reboot, com entrada de muitos novos personagens e uma trama completamente diferente da anterior. As 6 temporadas iniciais já podem ser vistas no serviço de streaming.

12. The 100

Um futuro distópico em que o foco são adolescentes, que já motivou filmes como Jogos Vorazes e Maze Runner, também é o elemento central da série The 100.

Os protagonistas compõem um grupo de 100 jovens que moravam em uma colônia no espaço e retornam à Terra depois que ela foi atingido por um apocalipse nuclear. A intenção é que eles sirvam como cobaias para descobrir se o planeta ainda é habitável. Os esforços dos adolescentes para sobreviver no ambiente devastado conduzem os episódios.

A história é baseada em uma série de livros do gênero Young adult da autora Kass Morgan, que até o momento já conta com quatro obras. Os adolescentes são o maior público, o que rendeu indicações a várias categorias do Teen Choice Awards.

Por enquanto, é possível assistir a quatro temporadas na Netflix. A quinta terminou de ser transmitida em agosto deste ano, e a emissora já anunciou a renovação para a sexta.

13. Grimm

Uma série que conta, a cada episódio, crimes a serem resolvidos por um policial, mas com um diferencial: os envolvidos são seres mágicos, inspirados nos contos dos Irmãos Grimm. Ao longo das seis temporadas, a produção mostra os percalços enfrentados pelo detetive Nick Burkhardt (David Giuntoli) e Monroe, um ser similar a um lobisomem que o ajuda nas tarefas.

Os criadores não se restringiram à obra dos autores alemães e também adaptaram outros contos e fábulas para serem retratados nos episódios da produção, veiculada originalmente entre 2011 e 2017. Todos os seus 123 episódios podem ser vistos na Netflix.

14. El Ministerio Del Tiempo

El Ministério del Tiempo poderia ser apenas mais uma série sobre viagens no tempo, mas o charme e a qualidade da produção espanhola garantem um lugar para ela no rol das melhores de fantasia da Netflix.

A história acompanha uma instituição governamental secreta da Espanha, cujo nome dá título à série, e os três agentes recrutados para cumprir as missões: um soldado do século XVI, uma estudante universitária do século XIX e um enfermeiro dos dias atuais.

Os períodos visitados vão da Idade Média e da época em que Napoleão dominava a Europa até a década de 1920 e o regime nazista na Segunda Guerra Mundial. Além disso, a trama tem o diferencial de ser espanhola e fugir da dominação norte-americana na produção desse conteúdo. Se La Casa de Papel teve tantos espectadores no Brasil, por que não dar uma chance a essa série conterrânea?

Você pode assistir aos 34 episódios das 3 temporadas na Netflix.

15. Van Helsing

Quando Bram Stoker criou o Drácula, não poderia imaginar que outro personagem seria protagonista de uma série de sucesso que caminha para a 3ª temporada, a estrear em outubro de 2018. O personagem Abraham Van Helsing do romance do século XIX que descobria a condição de vampiro do conde é a base para as aventuras dessa produção atual.

Na trama, a protagonista Vanessa Van Helsing é descendente de Abraham Van Helsing e acorda de um coma em um futuro apocalíptico. Ela é a única esperança da humanidade, pois seu sangue lhe dá a habilidade de transformar vampiros em humanos. Assim, a moça lidera a resistência aos vampiros que dominaram o mundo, temperando os episódios com essa mistura entre os seres sedentos por sangue e um retrato de futuro distópico.

As 2 temporadas com 13 episódios cada estão na Netflix.

16. Travelers

Nessa série de ficção científica, alguns agentes, os tais travelers do título, precisam evitar o colapso da humanidade. Para isso, suas consciências são mandadas de volta ao passado e inseridas no corpo de indíviduos que estariam perto da morte, para evitar que haja impacto não desejado na linha do tempo.

O traveler precisa continuar vivendo como se fosse o ser humano em que ele foi inserido, ao mesmo tempo que deve cumprir as missões repassadas pela inteligência artificial do futuro que monitora a situação.

Já deu para ver que estamos diante de um cenário propício ao aparecimento de situações típicas de ficção científica, não é? Esse enredo cativante conquistou os espectadores e já motivou a produção de uma 3ª temporada, que deve estrear em breve.

São 2 temporadas produzidas até o momento, somando 24 episódios que você pode conferir na Netflix.

17. As Aventuras de Merlin

A imagem de Merlin como um bruxo velho sábio está longe de corresponder ao que é retratado em As Aventuras de Merlin. A produção britânica da BBC mostra as aventuras de um jovem Merlin e seu relacionamento com o Rei Arthur.

No universo da série, Arthur e Merlin são contemporâneos e moram em Camelot, onde a mágica foi proibida. Assim, o personagem-título precisa utilizar seus poderes de maneira discreta para ajudar Arthur a se tornar o poderoso rei.

Ao longo da série é possível ver outros personagens clássicos das lendas inglesas, como Morgana e Lancelot, e até mesmo a tradicional espada Excalibur. São 5 temporadas, com 13 episódios cada, todos disponíveis na Netflix.

18. Colony

Em um futuro próximo, a população vive sob a ocupação militar de uma autoridade que responde a um grupo extraterrestre conhecido como Hosts. De um lado, há uma elite privilegiada que colabora com o comando; do outro, um grupo de resistência que pretende acabar com a dominação existente.

Essa rápida descrição resume a trama principal de Colony. O protagonista é Will Bowman, um ex-agente do FBI que aceita um trabalho em que deve caçar membros da Resistência para ir em busca de seu filho desaparecido. Sua esposa, Katie, é um membro secreto da insurgência rebelde.

Os acontecimentos da família Bowman movem a série, que contou por 3 anos as histórias envolvendo essa colônia de humanos sob domínio extraterrestre. Até o momento, só as 2 primeiras temporadas podem ser assistidas na Netflix.

19. Shadowhunters

Série de livros de fantasia voltada para adolescentes, "Os Instrumentos Mortais" já teve seus seis livros publicados no Brasil. A obra da autora Cassandra Clare conquistou tanto a atenção do público que ganhou uma adaptação em série por 3 temporadas.

A protagonista Clary Fray descobre, aos 18 anos, que é uma caçadora de sombras (shadowhunter, como no título) que tem a obrigação de proteger o mundo da ameaça dos demônios.

Em 2013, foi produzido um filme baseado no mesmo livro que inspirou a série, chamado Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos.

É possível assistir às 3 temporadas na Netflix, mas os episódios faltantes do último ano devem estar disponíveis apenas em 2019 no serviço de streaming.

20. Falling Skies

O selo de qualidade de Steven Spielberg é um grande atrativo para assistir a Falling Skies. O premiado cineasta é o produtor-executivo dessa atração que mostra as consequência de uma invasão alienígena à Terra.

O principal personagem é o professor de História Tom Mason (Noah Wyle), que assume a segunda posição de comando de um grupo de humanos após a chegada dos extraterrestres. Basicamente, 90% da população foi dizimada, e os sobreviventes precisam batalhar para garantir a sobrevivência.

Nem mesmo o objetivo dos aliens fica claro no início, e esse mistério só é solucionado ao longo dos episódios. Novas raças de extraterrestres também aumentam o elenco da série e participam dos acontecimentos que podem levar à extinção de toda a raça humana.

As 5 temporadas já estão na Netflix; é só acessar e assistir.

21. Os Inocentes

Quem gosta de novidade pode ficar ligado nessa série que estreou em agosto na Netflix: Os Inocentes. A obra de tom sobrenatural conta a história de dois adolescentes, June e Harry, que fogem juntos. June começa a mostrar habilidades diferentes daquelas dos humanos normais.

Belas paisagens da Inglaterra e da Noruega são o cenário das aventuras dos dois protagonistas. A produção conta com 8 episódios a que você pode assistir a qualquer momento no serviço de streaming.

22. Good Witch

Bruxas não precisam ser apenas os vilões de séries e filmes e cometer maldades. Em Good Witch, a história da víúva Cassie Nightingale e sua filha Grace em uma pequena cidade dos Estados Unidos é o centro das atenções, mas sempre com um tom leve.

O pontapé inicial é a chegada dos Radford à cidade para serem vizinhos de Cassie e Grace, que passam a suspeitar que elas não são humanas normais. A relação de mãe e filha é outro grande atrativo: sejam bruxas ou meras mortais, uma família enfrenta problemas cotidianos com que o espectador vai se identificar.

Já são 4 temporadas na Netflix, e a 5ª já foi confirmada, ainda sem data de estreia confirmada.

23. 12 Monkeys

Utilizar viagens no tempo para impedir os planos malignos do Exército dos Doze Macacos é o objetivo dos protagonistas da série 12 Monkeys.

James Cole vem do ano de 2043 até 2015 para não permitir que um vírus seja lançado na Terra e cause a morte de bilhões de humanos. Para isso, contará com a ajuda da Dra. Cassandra Railly ao longo de viagens por pontos diferentes da história humana.

A inspiração para a série é o premiado filme de mesmo nome de 1995, dirigido por Terry Gillian e com Bruce Willis e Brad Pitt. Por esse longa-metragem, Pitt foi indicado ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante.

A Netflix disponibiliza 3 temporadas a que você pode assistir a qualquer momento. O quarto ano já foi ao ar nos Estados Unidos e deve aparecer no serviço de streaming em breve.

24. Under the Dome

Stephen King é um mestre do terror e da ficção científica. Adaptar uma obra sua para a TV é garantia de boas histórias, o que aconteceu com Under the Dome. No caso dessa série, o foco é a vida dos habitantes da cidade de Chester’s Mill, os quais se descobrem isolados do mundo em razão de uma cúpula que os impede de deixar o local.

A produção nos leva a indagar o porquê de essa cúpula estar naquela localidade, ao mesmo tempo que retrata a angústia dos moradores em tentar sobreviver às dificuldades da vida isolada.

O romance de 2009 gerou 39 episódios distribuídos ao longo de 3 temporadas, todos prontos para serem vistos na Netflix.

25. Dark

No final do ano de 2017, a série mais falada era só uma: Dark. A obra de ficção científica chamou a atenção de espectadores do mundo inteiro, especialmente no Brasil.

A série é alemã, se passa em três momentos temporais (1953, 1986 e 2019) e se aprofunda nos atos de algumas famílias. Viagens no tempo permitem que os personagens transitem entre esses períodos e ajudam a dar pistas para decifrar os enigmas da história.

Os 10 episódios estão na Netflix. Pegue seu casaco amarelo igual ao de Jonas e se divirta!

26. Sense8

A grife das irmãs Wachowski já era um anúncio de impacto: as criadoras de Matrix apostavam muito nessa produção. Sense8 correspondeu às expectativas e prendeu a atenção do público com as histórias de oito estranhos que não se conhecem, mas compartilham uma ligação emocional.

A série mostra como eles descobrem a existência um do outro e precisam se proteger de inimigos que pretendem eliminá-los.

Um ponto que merece ser destacado é a representação da comunidade LGBT, sem recorrer a estereótipos ou exageros. A recepção dos brasileiros foi muito positiva, com ampla base de fãs por aqui. Os atores estiveram no Brasil para gravar cenas durante a parada LGBT em São Paulo e foram muito bem recebidos.

Foram produzidas 2 temporadas, às quais você pode assistir na Netflix agora mesmo.

27. Lost in Space

Remake de uma série de 1965 de mesmo título, Lost in Space traz elementos clássicos para os fãs de ficção científica.

A protagonista é a família Robinson, que está a bordo de uma espaçonave com famílias escolhidas para colonizar um sistema próximo ao Sistema Solar. Um acidente, no entanto, os leva a pousar em um planeta desconhecido, onde deverão batalhar pela sobrevivência e para retornar ao seu trajeto original.

A interação entre os membros da família, em especial entre os adultos e os adolescentes, é um ponto forte da produção, que permite acompanhar as desavenças típicas desse convívio em um cenário de fantasia.

A 1ª temporada é composta de 10 episódios, todos disponíveis na Netflix. Um segundo ano já foi confirmado, mas ainda não tem data de estreia anunciada.

Este texto foi escrito por Paulo Ferracioli via nexperts.

Mais listas com as MELHORES SÉRIES: