Você está buscando algo empolgante, cheio de cenas que elevam o batimento cardíaco, com efeitos fantásticos e intrigas de tirar o fôlego? Se a resposta for sim, nós podemos ajudá-lo! Fizemos uma lista com 17 séries de ação para assistir na Netflix. Desde faroeste com vampiros a um futuro onde é possível trocar de corpos. Confira com a gente!

1. Altered Carbon

Imagine acordar após 250 anos e descobrir que as coisas mudaram um pouco. No momento presente, é possível trocar de corpo ao transferir sua consciência como se fosse um simples arquivo de dados. Takeshi Kovacs, interpretado na série por Joel Kinnaman, é um lendário mercenário que está de volta, contratado por um magnata com a função de solucionar o assassinato do próprio contratante.

A priori, Kovacs sai em condicional; por se tratar de um criminoso conhecido e com habilidades únicas, seus crimes ainda contam em sua sentença, e ele não fica muito interessado em ser trazido de volta. Em seu novo corpo (ou capa, como é chamado na série), o criminoso não tem interesse em aceitar o trabalho, mas fica tentado com a oferta de ter sua pena zerada. A trama futurista é uma das melhores quando o assunto é ação, sem contar que ainda levanta diversas questões sobre disputas envolvendo humanos, alma, vida e morte, dinheiro e poder.

2. O Atirador

Bob Lee Swagger é um atirador de elite aposentado, que vive tranquilamente com sua família longe dos conflitos e da guerra. Interpretado por Ryan Phillipe, Bob recebe uma visita um tanto inesperada de seu antigo comandante, Johnson. Ao descobrir planos para assassinar o presidente dos Estados Unidos, ele pede a Bob que o auxilie a impedir o atentado. Cumprindo seu dever patriótico, o soldado aceita ajudar seu ex-chefe e amigo, na tentativa de evitar uma tragédia.

O problema é que, nesse processo, Bob é traído e passa a ser o principal suspeito do atentado. Agora a corrida é contra o tempo a fim de manter sua liberdade, provar sua inocência e encontrar o verdadeiro atirador. Ao assistir, o espectador provavelmente vai ficar sem saber em quem confiar, enquanto as dificuldades só aumentam durante a caçada.

3. Demolidor

Ser um advogado em início de carreira já é por si só desafiador; se você for cego, complica um pouco mais. Combater o crime como um vigilante nas horas vagas então? A vida de Matthew Michael Murdock, interpretado por Charlie Cox, mudou radicalmente na infância quando perdeu a visão devido a um acidente com um caminhão que transportava uma carga de lixo tóxico. Matthew passa, então, a desenvolver seus outros sentidos, buscando uma maneira de ainda ser útil e se reinventar no processo.

Como advogado de defesa, busca casos de pessoas que não possuem uma boa representação mesmo sendo inocentes. Seu companheiro de escritório, Foggy Nelson, discorda muitas vezes das decisões, pois eles ainda precisam pagar as contas. Por presenciar tantas coisas erradas durante o dia, à noite Murdock assume a alcunha do Demolidor, um herói de ação para combater com os próprios punhos as injustiças instauradas no lugar onde cresceu.

4. O Justiceiro

O ex-fuzileiro Frank Castle decidiu fazer justiça com as próprias mãos. Após sua família ter sido brutalmente assassinada, ele assume o papel de Justiceiro e faz o que for necessário para combater o crime, mesmo que isso signifique cometer outros. Sem medo de sujar as mãos e com um senso de certo e errado já não tão apurado, o anti-herói traz embates pesados sobre os limites do que podemos e devemos fazer em relação aos crimes que assolam a sociedade.

O universo do Justiceiro, que nessa adaptação é interpretado por John Bernthal, ainda faz alguns crossovers com a série Demolidor, já que se passa na mesma cidade. Com muita “porradaria”, a produção desponta como uma das favoritas de quem gosta de ação.

5. A Rainha do Sul

O que poderia dar errado ao namorar um importante traficante? A resposta vem ao longo da série. Teresa se apaixona e vive intensamente ao lado de Guero, um criminoso ligado à compra e venda de drogas no México. Quando seu amor é assassinado, ela se vê em uma posição delicada, então foge para os Estados Unidos a fim de sobreviver.

6. Arrow

Oliver Queen, um jovem milionário, sai de férias com seu pai, no iate da família. O que poderia dar errado? Tudo! Após um grave acidente, o jovem e seu pai são dados como mortos. Cinco anos depois da tragédia, Oliver é encontrado em uma ilha distante. Ao voltar para casa, ele descobre que se reconectar com sua vida será um pouco mais difícil do que parece.

Aos poucos, a trama revela a vida de Queen durante o período isolado, ou nem tanto assim. Como um sinal da sua transformação, surge também o Vigilante do Capuz, um arqueiro que busca justiça com aqueles que falharam com a cidade. Combate ao crime, heróis e vilões em tramas astutas deixam a série ainda mais empolgante.

7. Spartacus

Amor, traição, batalhas e muitas intrigas. O trácio traído, condenado à escravidão e à morte na arena. Devido às suas habilidades, ele sobrevive e ganha a oportunidade de treinar como um verdadeiro gladiador. Movido pelo ódio da traição e pelo amor de sua esposa que foi arrancada da sua vida, Spartacus ressurge com a força da vingança. Para quem quer assistir a muitas cenas de ação, o seriado é um prato-cheio.

8. Narcos

"Plata o plomo?" Uma das frases de impacto do narcotraficante Pablo Escobar durante a série, em tradução livre, significa "dinheiro ou balas". Protagonizado brilhantemente por Wagner Moura, o programa conta a história de um dos maiores contraventores da era moderna. Com a expansão do consumo drogas em vários lugares do mundo, o maior acesso à comunicação e o crescimento dos mercados financeiros, as portas se abriram para um grande empreendimento: a cocaína. Plantar, produzir, refinar, empacotar e distribuir.

Escobar enxerga na atividade a possibilidade de dominar o mercado e eliminar os concorrentes, estreitando as conexões com a população, o que torna mais fácil a manutenção de seus negócios. Do outro lado, as forças policiais dos Estados Unidos buscam novas maneiras de acabar com a entrada de drogas no país, por isso mandam agentes para descobrir quem comanda e como desmantelar a operação na Colômbia. Essa é uma das melhores séries produzidas pela Netflix, a qual inclusive rendeu indicação ao Globo de Ouro para o ator brasileiro.

9. Wynonna Earp

Quando diversos seres sobrenaturais atacam uma pequena cidade no faroeste, a única esperança é uma jovem rebelde, cuja família foi renegada pelos próprios moradores. Wynonna Earp volta ao local em seu 27º aniversário e, ao descobrir as maldições que acompanham seu sobrenome, se vê em meio a uma batalha com vampiros, demônios e outros seres sobrenaturais. Tudo isso enquanto tenta limpar o nome do seu bisavô.

10. Jessica Jones

Com um passado sombrio, Jessica Jones tem muitos problemas a tratar — e não só os dos seus clientes. Com uma mente conturbada devido aos abusos psicológicos sofridos, a jovem investigadora particular luta para conseguir controlar seus impulsos agressivos e o temperamento forte. Enquanto ela tenta fazer a coisa certa, aqueles que cruzam seu caminho têm um preço a pagar.

Com um olhar cínico sobre o mundo, a força de Jones para sair de situações complicadas é descomunal. Uma das personagens mais corajosas do universo Marvel, sem dúvida. A história de Jessica é explorada de forma sombria pela Netflix, deixando quem acompanha a série em um constante estado de tensão. Um misto de ação e suspense toma conta em diversos momentos.

11. Luke Cage

Do mesmo universo de Jessica Jones, Luke Cage surge como uma representação importante da Marvel. O ex-presidiário que passou por experiências dentro da cadeia e acabou com superpoderes volta à sua comunidade para, a princípio, levar sua vida tranquilamente; no entanto, por fim acaba inconformado com todos os problemas que cercam seu lar.

Disponível na Netflix, a série desenvolve não só a questão do herói das ruas, mas também questões sociais que até hoje são problemas pesados nos Estados Unidos (até hoje porque, inicialmente, o Luke Cage dos quadrinhos estreou em uma época conturbada, na década de 70, mostrando uma grande representatividade da cultura afrodescendente ainda muito segregada).

12. Punho de Ferro

Entre as ligações de Jessica Jones, Demolidor e Luke Cage, Punho de Ferro talvez seja o que menos impactou. Ainda assim, a história é muito boa para quem gosta de artes marciais. O jovem Danny Rand sofre um acidente de avião, é resgatado por monges em uma região montanhosa e passa a ser treinado em artes marciais. Após aprender técnicas sagradas, ele assume ser o Punho de Ferro e busca justiça em sua cidade.

13. Black Sails

Na ilha de Nassau, Nova Providência, a lei que impera é a dos piratas. Seguindo seus próprios códigos, eles têm conseguido manter uma determinada distância das investidas reais, na tentativa de colocar o lugar em ordem. Um dos notórios piratas é o capitão James Flint, que em busca de um grande tesouro coloca sua tripulação em situações delicadas, deixando-os assim insatisfeitos e ávidos por uma nova liderança.

Entre a falta de lealdade e a necessidade de sobrevivência, os piratas da região precisam se organizar para manter seu estilo de vida, mas quem pode organizar a situação e não acabar morto? A história se passa 20 anos antes do clássico “Ilha do Tesouro”, de Robert Louis Stevenson, contando histórias de personagens como Billy Bones. Um ponto importante da série é o fato de incluir nomes que realmente existiram, como Charles Vane e Jack Rackham, ambos do século XVIII.

14. Agents of S.H.I.E.L.D.

A tarefa de Phil Coulson, diretor da agência que procura defender o mundo contra ações que as leis normais ainda não entendem (a S.H.I.E.L.D), não é nada fácil. Lidar com o imponderável o tempo todo exige uma habilidade de resiliência muito grande. Para isso, ele monta uma equipe capaz de lidar com ameaças alienígenas, conflitos entre humanos e Inumanos (nome dado àqueles que possuem habilidade especiais).

15. Raio Negro

Quando um bairro de Nova Orleans é cercado pela violência, uma escola acaba se tornando refúgio para as crianças que buscam fugir da realidade que envolve a vida de crimes. O diretor Jefferson Pierce é um dos pilares quando o assunto principal envolve orientar os jovens por um bom caminho.

Mas nem sempre Pierce foi apenas o personagem principal dentro das paredes escolares; há um bom tempo, ele foi o Raio Negro, um super-herói responsável por ajudar as forças policiais na busca dos maus elementos da região. Após se tornar pai, ele decide aposentar as baterias e focar apenas em moldar a mente dos adolescentes. Infelizmente, a onda crescente de criminalidade obriga o Raio Negro a voltar à ativa, caçando alguns velhos inimigos.

16. Vikings

Essa série que mistura ação, história, romance, intrigas e (muitas) batalhas conta a história do lendário Ragnar Lothbrok, seus filhos e suas esposas. Ele começa como um fazendeiro cheio de sonhos e determinação, mas ganha proporções de estadista e conquistador (de terras e mulheres) ao se tornar rei escandinavo.

Saqueadores por natureza, os Vikings exploram e saqueiam os países vizinhos, espalhando o terror por onde andam. Paralelamente, o seriado narra a história da formação de grandes nações e discute a crença de diferentes povos e o papel da mulher. Produzido pelo canal History, o programa está na 6ª temporada e encanta pelas belíssimas paisagens e cenas de batalhas épicas.

17. Peaky Blinders

O que é mais importante do que a família? Nada! Ou quase nada. Tommy Shelby é o líder da família criminosa responsável por alguns dos negócios mais escusos. Enquanto a maior parte das transações entre as organizações da época envolviam muito de sentimentos e emoções, Tommy busca resolver as coisas de maneira mais lógica, o que dá certa vantagem aos Blinders.

A ambição de Shelby passa a movimentar mais os negócios inclusive em outras regiões, já que Birmingham começa a ficar pequena para a família. Uma das melhores séries a Netflix sobre gângsters.

Este texto foi escrito por Luiza Lafuente via nexperts.