Por muito tempo, era comum associar animações diretamente a histórias para crianças, principalmente aquelas produzidas por Disney, Pixar e DreamWorks. Apesar de não ser de hoje que existem animações voltadas para adultos – Os Simpsons, por exemplo –, o acesso a elas cresceu consideravelmente com a Netflix. O serviço de streaming também tem suas próprias criações na área, ampliando ainda mais a oferta.

Quer começar a assistir a alguma(s)? Então confira a lista abaixo com as 7 melhores séries de animação para adultos na Netflix.

1. Big Mouth

O grande ponto forte da série é explorar ao máximo as situações que afligem qualquer pré-adolescente. Big Mouth é criada por Nick Kroll, Andrew Goldberg, Mark Levin e Jennifer Flackett e baseia-se na vida dos dois primeiros durante esse período tão complicado. Os personagens principais são Nick e Andrew, mas a cena é mesmo roubada pelo Monstro Hormonal, sempre pronto a dar conselhos que, na maioria das vezes, seria melhor se não fossem seguidos.

Os episódios tratam de temáticas como puberdade, sexo e dúvidas típicas do período, como sobre ser ou não homossexual. As brincadeiras com a socialização masculina e a ingenuidade dos pré-adolescentes homens também criam situações muito divertidas. O episódio sobre a descoberta de que as garotas também sentem tesão é especialmente engraçado.

Assistir a Big Mouth faz parecer que o espectador voltou alguns anos para uma fase não muito agradável, ao mesmo tempo que traz alguns elementos visuais que beiram a surrealidade. Na verdade, tudo é exagerado, mas muito plausível. Esses elementos juntos acabam tornando a série imperdível. A pena é que tem apenas uma temporada, mas a segunda será lançada em outubro de 2018.

2. Rick and Morty

Originada de uma paródia de De Volta para o Futuro, a série mistura comédia e ficção científica e foi criada por Justin Roiland e Dan Harmon (de Community) para o bloco de programação noturna do Cartoon Network. Os protagonistas são levemente inspirados nos personagens do filme: Rick corresponde ao cientista Doc Brown e Morty, a Marty.

Rick e Morty conta a história do primeiro, um cientista alcoólatra, e seu neto de 14 anos de idade viajando por dimensões paralelas, alterando a realidade e, vez ou outra, cometendo alguns crimes intergalácticos. A surpresa e o inesperado são duas constantes na série, que está repleta de momentos absurdos, como no episódio em que Rick usa a sua genialidade para criar uma TV a cabo com uma quantidade infinita de canais.

Rick e Morty foi lançada em 2013 e tem três temporadas. As duas primeiras estão disponíveis na Netflix.

3. BoJack Horseman

A história acompanha BoJack Horseman, uma estrela dos anos 1990 em decadência, que planeja voltar à fama com o lançamento de uma biografia. O personagem principal é dublado por Will Arnet (Gob Bluth de Arrested Development), e a série conta com outros atores conhecidos, como Aaron Paul.

BoJack Horseman estreou em 2014 direto na Netflix e foi criada por Raphael Bob-Waksberg. Uma de suas características é satirizar acontecimentos atuais da política ou do show business em um mundo onde seres humanos e animais antropomórficos convivem.

A produção aborda temas como depressão, vícios e comportamento destrutivo. Em 2018, foi escolhida pela revista online Thrillist como a melhor série original da Netflix. Atualmente, BoJack Horseman está na 4ª temporada. A previsão é de que a próxima estreie ainda em setembro deste ano.

4. Final Space

A série de ficção científica pertence ao canal TBS e foi criada por Olar Rogers. Misturando comédia e drama, Final Space acompanha o astronauta Gary, prisioneiro em uma nave espacial, e seu amigo alienígena Mooncake, que também é um destruidor de planetas.

Juntos, eles vão embarcar em uma aventura para salvar o Universo, enquanto tentam descobrir se ele realmente termina e o que é o espaço final. Final Space estreou neste ano e já tem mais uma temporada prevista para 2019.

5. (Des)encanto

O criador de Os Simpsons, Matt Groening, assina essa produção, que mistura comédia e fantasia. (Des)encanto conta a história da princesa alcoólatra Bean, de seu ingênuo companheiro Elfo e de seu demônio pessoal, Luci, no reino de Dreamland.

A Netflix encomendou 20 episódios de (Des)encanto, e os primeiros dez já estão disponíveis para o público. Os outros serão lançados em 2019. A série teve uma recepção ambígua pela crítica, recebendo avaliações entre regular e boa, mas não parece ter empolgado completamente.

6.

Caçadores de Trolls

A animação original da Netflix foi criada por Guillermo del Toro e pertence ao gênero fantasia. Caçadores de Trolls segue a saga de um adolescente que descobre um amuleto misterioso e um reino secreto habitado por trolls e outras criaturas mágicas. Pouco depois disso, ele e seus amigos se veem encarregados de proteger o mundo dos monstros que vivem nas sombras da cidade de Arcádia.

Essa talvez seja a mais próxima de uma animação infantil dentre as séries desta lista. Caçadores de Trolls estreou em 2016 e foi encerrada na 3ª temporada, lançada neste ano.

Depois do sucesso, o criador anunciou que Caçadores de Trolls é o primeiro capítulo de uma trilogia chamada Contos de Arcádia. A história vai continuar com uma série de ficção científica chamada 3Below e será concluída com Wizard, de fantasia.

7. Archer

Criada para o FX, Archer conta a história de um grupo de agentes secretos disfuncionais. O personagem principal é Sterling Archer, confiante e bem-sucedido no trabalho, mas com problemas na vida pessoal. Um deles é que sua chefe é também a sua mãe.

Archer foi criada por Adam Reed e estreou em 2009. Com algumas referências da franquia James Bond, recebeu avaliações positivas da crítica e já ganhou prêmios, como o Critics' Choice Awards. A série está encaminhada para a 10ª temporada, que ainda não foi lançada. Todas as 9 estão disponíveis na Netflix.

Este texto foi escrito por Camila Pessoa via nexperts.

Veja também: