Muito se fala sobre as séries mais populares do momento, mas você sabe quanto ganha a sua estrela favorita? E não é um valor por mês que estamos falando (incluindo vale-refeição e transporte), mas sim por episódio! Sim, com a popularização dos programas de TV e das plataformas de streaming, o cachê de atores e atrizes tem escalado conforme a sua popularidade. Confira alguns números:

Big Little Lies (HBO): US$ 1 milhão

Uma praia tranquila na Califórnia, diferentes mulheres que se encontram e uma morte. A HBO lançou em 2017 a aclamada série Big Little Lies e, logo na 1ª temporada, arrecadou diversos prêmios, incluindo oito categorias do Emmy Awards e do Globo de Ouro.

Não por acaso, as principais atrizes, Nicole Kidman e Reese Witherspoon, além de indicações, levam também um cachê literalmente milionário. Cada uma embolsa US$ 1 milhão (o equivalente a mais de R$ 4 milhões) por episódio. A 2ª temporada já está confirmada e deve estrear em 2019.

The Big Bang Theory (CBS): US$ 1 milhão

Essa notícia é dolorida por vários motivos — do financeiro ao sentimental. Não sabemos o que é pior: dar adeus à série que reconheceu e acolheu (nós) nerds por tantos anos ou negar um salário milionário como o do elenco de The Big Bang Theory.

Recentemente, Jim Parsons deu um basta e decidiu deixar a pele de Sheldon Cooper. Ele, que já recebia a bagatela de US$ 1 milhão, recusou a proposta de aumento por mais 2 anos em frente às câmeras. Com isso, seus colegas de elenco que recebem o mesmo valor (Kaley Cuoco, Johnny Galecki, Kunal Nayyar e Simon Helberg) também são obrigados a acabar uma das mais longas séries da TV.

Meryl Streep, The Nix (Network TBA): US$ 825 mil

Que ela merece esse valor (e mais), ninguém discorda! A diva ganhadora do Oscar está levando para casa nada menos que US$ 825 mil por episódio da série The Nix. A história é uma adaptação do livro de estreia de Nathan Hill; um professor fracassado, uma mãe hippie distante e uma manchete nacional formam o pano de fundo desse seriado que promete ser um dos destaques da temporada. Os episódios serão produzidos por J. J. Abrams e Meryl Streep.

Dwayne Johnson, Ballers (HBO): US$ 650 mil

Ele já foi O Escorpião Rei, The Rock, lutador e jogador de futebol americano, então esse salário é justo para esse artista que é de tudo um pouco. Cada episódio de meia hora da série Ballers, produzida por Mark Wahlberg, vale US$ 650 mil para Dwayne, que interpreta Spencer Strasmore. Ele é um atleta aposentado que vira agente de outros colegas e se mete em muitas enrascadas por conta disso. A 4ª temporada estreou em 2018 na HBO.

Norman Reedus, The Walking Dead (AMC): US$ 650 mil

Fugir de zumbis em um cenário pós-apocalíptico por 8 temporadas não é nada fácil. Especialmente se você é Daryl, o durão que atira primeiro e pergunta depois, vivido por Norman Reedus. Para fazer isso, o rapaz embolsa US$ 650 mil por episódio do seriado, que acaba de confirmar a 9ª temporada.

A história é baseada nos quadrinhos de Robert Kirkman e conta como um grupo de sobreviventes faz para escapar dos mortos-vivos que dominam a Terra. Isso desperta o pior e o melhor da humanidade, mesmo que nunca se saiba quando qual lado aparecerá. Diferente da conta bancária de Reedus, que está sempre azul.

Ellen Pompeo, Grey's Anatomy (ABC): US$ 575 mil

“Todos admiram e celebram quando um atleta revela seu salário, e foi justamente essa a razão pela qual decidi falar sobre isso. Mulheres também devem podem celebrar seus ganhos”, declarou Ellen Pompeo, atriz cuja personagem dá nome à série Grey’s Anatomy.

Ela já teve que brigar pela cifra e também pela equiparação salarial dentro do set, mas no fim valeu a pena (tanto pelo valor quanto pela causa): Ellen leva nada menos que US$ 575 mil por episódio (e olha que o que não falta no seriado são episódios!).

Game of Thrones (HBO): US$ 500 mil

Nada em Game of Thrones é minimalista. Em se tratando de um dos mais assistidos e esperados seriados de todos os tempos, os números impressionam, e a 8ª temporada não deve decepcionar os fãs. Em 2014, rumores diziam que o elenco principal ganhava cerca de US$ 300 mil por episódio.

Em 2017 e 2018, esse número subiu para US$ 500 mil para a turma Emilia Clarke (Daenerys Targaryen), Kit Harington (Jon Snow), Lena Headey (Cersei Lannister), Peter Dinklage (Tyrion Lannister) e Nikolaj Coster-Waldau (Jaime Lannister). Essa conta vai fazer subir o orçamento final, que já supera a casa dos US$ 15 milhões por episódio da temporada final. Vai valer a pena a espera!

Kevin Costner, Yellowstone (Paramount Network): US$ 500 mil

Nosso segurança favorito merece US$ 500 mil, não? Ainda mais se for para liderar uma família em um enorme rancho em Montana, nos Estados Unidos. Kevin Costner volta à TV no papel de John Dutton, pai de família e fazendeiro que tem que lidar com conflitos de terra, conservação da natureza, exploração e certo caráter duvidoso de vez em quando. Nos Estados Unidos, a 1ª temporada bateu recordes de audiência, e a 2ª com certeza deve aparecer em breve.

Claire Danes, Homeland (Showtime): US$ 450 mil

A agente da CIA mais controversa da TV merecia um bom pagamento. Claire Danes produz a série e também interpreta Carrie Mathison há 7 anos, e a 8ª temporada será a última da história de Homeland, para a tristeza dos fãs. Os últimos episódios chegam à TV em junho de 2019.

Apesar de ser uma das “menos” bem pagas da lista, a série de Danes fechou 2017 com uma média de 5,5 milhões de espectadores por semana, somando todas as plataformas. Os episódios contam a história de um grupo de agentes da CIA, que investigam ameaças terroristas nos Estados Unidos e outros países. Homeland é baseada na israelense Prisioners of War.

Este texto foi escrito por Luiza Lafuente via nexperts.