Jamie Lannister é um personagem do tipo "ame ou odeie". Desde o começo de Game of Thrones, o gêmeo herdeiro da casa Lannister interpretado por Nikolaj Coster-Waldau deu motivos para que os fãs da série o odeiem profundamente — como empurrar Bran (Isaac Hempstead Wright) da janela "por amor", ocasionando a paralisia do menino —, mas também cresceu e foi se tornando aquilo que todo mundo queria: alguém com bom senso e um bom coração, muito graças ao período em que lutou ao lado de Brienne (Gwendoline Christie).

Na 7ª temporada, Jaime finalmente rompe com Cersei (Lena Headey) e ruma para o Norte, onde pretende lutar contra os Caminhantes Brancos. Ou, ao menos, foi isso que a série deu a entender. Mas Nikolaj mostra outra perspectiva.

"Bom, ele está rumando para o Norte. Eu não sei se dá para garantir que ele vai chegar, mas quem sabe? Sem dúvida, é isso o que vemos; mas até lá ele pode ser comido por dragões, você nunca sabe. Ou ele pode simplesmente tropeçar... Coisas acontecem. Ou ele pode encontrar o amor de sua vida e, de repente, ele pensa: 'chega, é isso, não quero mais'."

Que esse grande amor seja Brienne, está nos desejos mais profundos de muitos dos fãs que shippam os dois. Mas a verdade é que ele não pode revelar nada sobre isso. O ator contou apenas que a caracterização do personagem — principalmente a barba e o cabelo crescendo — vai dar a entender que Jaime está na estrada há um bom tempo.

E um dos motivos para a viagem é que Jamie quer evitar não apenas Cersei, mas também o conflito quanto à criança que ela está esperando, embora o nobre nem saiba se é dele ou não. “Essas coisas estão 100% conectadas. Isso também é o que ele disse a ela: ‘Qual é o objetivo? Se não derrotarmos essa ameaça, não há futuro para nosso filho’. Eu acho que ele está fazendo isso pelas razões certas, ele deu a palavra, mas também é o futuro da humanidade e o futuro dele e Cersei que estão em jogo.”

Determinado a não dar spoilers nem pistas sobre os episódios seguintes, o ator foi provocado pelos repórteres a respeito de algumas teorias dos fãs sobre a 7ª temporada e as relações entre personagens como Gendry (Joe Dempsie) e Cersei, mas preferiu ficar de boca fechada. Segundo ele, se você comenta uma teoria referente a Game of Thrones, ela logo ganha vida própria e sai de controle. Não podemos dizer que ele está enganado, não é?

Contudo, mesmo sem poder compartilhar muito sobre o que devemos esperar da 8ª temporada de Game of Thrones, Nicolaj garante que teremos um bom final para uma série que encantou o público desde seu primeiro episódio.

“Eu escrevi aos roteiristas quando terminei de ler e apenas disse: ‘Eu não acho que vocês poderiam ter feito um trabalho melhor ao terminar esta história’. Para mim, foi muito gratificante, mas também muito surpreendente e todas as coisas que eu estava esperando. Ainda fazia sentido. Não foi como um daqueles em que o assassino é subitamente revelado no último ato, e você diz: ‘Oh! Eu não previ isso'. Aqui, eles fizeram um trabalho muito bom”, complementou o ator.

Agora, só resta esperar para conferir se podemos confiar na opinião do ator, já que a série estreia no primeiro semestre de 2019, mas ainda não tem data definida.

Este texto foi escrito por Lu Belin via nexperts.