Tudo o que é bom dura pouco e tudo, um dia, acaba. Mesmo quando já nos acostumamos com aquela nossa série preferida, que há anos nos faz companhia com ótimas histórias, chega uma hora em que precisamos dizer adeus. É sempre triste, mas é melhor saber antes. E para um roteirista, não há algo melhor do que poder encerrar sua série com tranquilidade, planejando um final e dando um rumo certo para (quase) todos os personagens.

O Minha Série separou 14 séries que vão chegar ao fim em 2019, então segure o coração. São produções que tiveram uma trajetória marcante na TV e certamente vão deixar saudades. Confira.

1. Homeland (Showtime)

Homeland foi uma das produções mais aclamadas do canal Showtime por muitos anos. A trama sobre uma agente da CIA que suspeita que um soldado americano virou a casaca e trabalha para o inimigo já venceu dois Globos de Ouro de melhor série, foi indicada a vários Emmys, e Claire Danes vive ganhando prêmios por sua atuação ou sendo indicada.

Depois da 2ª temporada, infelizmente, o seriado viu a audiência debandar, e as mudanças no roteiro fizeram o enredo principal se perder, embora os roteiristas sempre se esforcem. Homeland deve acabar no primeiro semestre de 2019 e, ainda que não carregue o mesmo prestígio, continua entregando ótimas temporadas.

2. Transparent (Amazon)

Embora ainda existam várias pontas que precisam ser amarradas, a criadora de Transparent, Jill Soloway, disse em uma reportagem que ela enxerga a 5ª temporada como sendo a última. O que ainda não está claro é como a série vai continuar sem o protagonista Jeffrey Tambor, demitido por acusação de assédio sexual por assistentes e atrizes.

A chefe da Amazon Studion, Jennifer Salke, declarou que o último ano não vai desapontar os fãs. Transparent conta a história de uma família cheia de problemas que passa a rever toda a visão de mundo após o patriarca se assumir transgênero. Ainda não há previsão de estreia.

3. Crazy Ex-Girlfriend (The CW)

Originalmente desenvolvida para o canal Showtime, a comédia-musical de Rachel Bloom e de Aline Brosh McKenna nunca teve uma grande audiência, mas serviu para dar presítigo ao canal The CW e ganhou popularidade após ser distribuída mundialmente pela Netflix. Depois de 3 anos, Crazy Ex-Girlfriend encerrará sua trajetória no quarto.

"Somos uma série sobre uma jornada muito específica na vida de uma pessoa", disse Bloom no final da 1ª temporada. "Desde sempre a gente chamava a história de um filme de 50 horas. Acho que até já passamos disso e acredito que 4 anos é o tempo ideal para encerrarmos tudo de forma criativa." Segundo informações do site Entertainment Weekly, a 4ª e última temporada da série terá 18 episódios, 5 a mais do que as 2 últimas, que tiveram 13. Apenas o 1º ano do seriado teve também os mesmos 18 capítulos.

4. Unbreakable Kimmy Schmidt (Netflix)

Uma das comédias mais populares da Netflix e o primeiro grande projeto de Tina Fey depois da premiada 30 Rock, Unbreakable Kimmy Schmidt foi originalmente pensada para a NBC, mas ganhou um lar na Netflix. Aclamada pela crítica, a 4ª e última temporada será dividida em duas partes, e há rumores de um filme independente. "Se nós tivermos material suficiente para um filme, acho que seria uma ideia independente", disse Tina Fey.

A série conta a história de Kimmy (Ellie Kemper), que viveu durante 15 anos isolada dentro de um bunker acreditando que era uma das únicas sobreviventes de um apocalipse que dizimou a Terra. Assim que ela é libertada, a garota decide morar em Nova York, onde descobre um mundo novo.

5. Desventuras em Série (Netflix)

O ator e produtor Neil Patrick Harris confirmou que Desventuras em Série, baseada na saga de 13 livros de Lemony Snicket, terminará com 3 temporadas (já foram 2). A 1ª adaptou os quatro primeiros livros, enquanto a 2ª se dedicou aos volumes 5-9. A 3ª e última contará a saga das quatro últimas histórias.

A série começa quando um incêndio destrói a mansão onde os irmãos Baudelaire viviam e ainda provoca a morte de seus pais. Agora órfãos e menores de idade, Klaus, Violet e a pequena Sunny vão viver com um tio, o ganancioso Conde Olaf.

6. Veep (HBO)

Desde quando Veep estreou, em 2012, não teve para ninguém nas premiações. Já ganhou 62 prêmios, 177 indicações e consagrou (ainda mais) a atriz Julia Louis-Dreyfus. Aclamada pela crítica, a produção chegará ao fim no 7º ano. A série sofreu um hiato depois que Julia começou um tratamento contra o câncer de mama. Detalhe: ela recebeu o diagnóstico poucos dias depois de bater o próprio recorde no Emmy, de atriz com mais vitórias pelo mesmo papel.

Em janeiro deste ano, Julia terminou as sessões de quimioterapia e, em fevereiro, passou por uma cirurgia e afirmou que o procedimento tinha alcançado “ótimos resultados”. Veep é um spin-off da britânica The Tick of It, e acompanhamos a vida da ex-senadora Selina Meyer, agora vice-presidente dos Estados Unidos, que se vê despreparada ao encarar a possibilidade de assumir a presidência quando a condição de saúde do presidente chega a um estado crítico.

7. Mr. Robot (USA)

Sam Esmail, o criador de Mr. Robot, sempre previu 4 ou 5 temporadas para a série. Dito e feito. O 4º ano, previsto para ir ao ar em 2019, encerrará a trama de Elliot. A série foi uma das mais elogiadas em 2015, mas logo depois viu sua audiência despencar e a crítica, torcer o nariz.

A produção acompanha Elliot (Rami Malek), um jovem programador que trabalha como engenheiro de segurança cibernética durante o dia e como hacker justiceiro durante a noite. Quando o misterioso líder de um grupo hacker underground o recruta para destruir a empresa para a qual ele trabalha, Elliot se vê em um mistério que muda sua vida completamente.

8. Jane the Virgin (The CW)

Jane the Virgin, série criada por Jennie Snyder baseada em uma novela do mesmo nome, foi importantíssima para o pequenino canal The CW. Além de catapultar a carreira de Gina Rodriguez (que chegou a ganhar um Globo de Ouro de melhor atriz), a produção figurou em diversas premiações importantes de comédia e acabará depois de 5 boas temporadas.

A comédia acompanha a história de Jane, que passou a vida ouvindo de sua avó que novelas são a mais alta forma de entretenimento, e mulheres devem proteger suas virgindades. Depois de adulta, a vida de Jane de repente se torna tão dramática e complicada como uma novela, já que por um acidente de percurso ela acaba engravidando depois de ter sido inseminada artificialmente.

9. The Affair (Showtime)

The Affair ganhou atenção do mundo quando ganhou o Globo de Ouro de melhor série em 2015. A Netflix, então, começou a ditribuí-la mundialmente. A série inovou ao contar uma história de traição conjugal sob duas perspectivas diferentes: a masculina e a feminina. O drama terminará na 5ª temporada.

10. Gotham (FOX)

O jovem Bruce Wayne finalmente se transformará em Batman na 5ª e última temporada de Gotham. A série, que tem a brasileira Morena Baccarin no elenco, acaba em 2019 depois que a emissora decretou o fim de títulos queridos, como Luficer e Brooklyn 9-9. Os fãs ficaram apreensivos porque a 4ª temporada sofreu uma queda de quase 30% na audiência em relação à anterior. A história é um prequel de Batman e mostra a origem de Gotham City.

11. iZombie (The CW)

Baseada nos quadrinhos da DC, a comédia de Rob Thomas estrelada por Rose McIver terminará na 5ª temporada, depois de ter sido uma das principais séries e uma das mais elogiadas da mid-season do canal CW.

iZombie acompanha Olivia Moore, uma residente médica que tem sua vida completamente mapeada, até comparecer a uma festa que, inesperadamente, se transforma em um banquete de zumbis. Agora, fazendo parte do grupo dos mortos-vivos, Liv se esforça ao máximo para se misturar e parecer o mais humana possível. Para se alimentar, a garota passa a trabalhar no necrotério de Seattle.

12. Easy (Netflix)

Easy, ótima série da Netflix e ainda pouco conhecida do público, encerrará sua história na 3ª temporada. Escrita e dirigia por Jow Swanberg, a produção traz toda a crueza e a originalidade do mumblecore, estilo de filmagem de baixo orçamento no qual diálogos são improvisados e, em alguns casos, realizados até por pessoas comuns, que não são atores.

13. Game of Thrones (HBO)

Essa vai fazer muita gente chorar e ficar grudada em frente à TV. Game of Thrones, a série mais vista da história da HBO no mundo todo, encerrará sua jornada e guerra pelo trono em 2019, na 8ª temporada. O último ano, aliás, terá apenas seis episódios. Como os fãs sabem, a série já ultrapassou a história dos livros; então, mesmo que a história acabe na TV, a trama continua independentemente nos livros.

14. The Big Bang Theory (CBS)

Os produtores de The Big Bang Theory anunciaram que a próxima temporada será a última após 12 anos de sucesso. No ar desde 2007, a série se tornou uma das comédias mais populares da história da televisão americana e fez sucesso em todo o mundo. Com o fim, ela se tornará a comédia multicâmera mais longa da TV. Os órfãos poderão continuar acompanhando o universo da série com Young Sheldon, spin-off que conta a infância de Sheldon Cooper.

Este texto foi escrito por Rodrigo de Lorenzi via nexperts.