Uma equipe, de pouco menos de 20 pessoas, que já trabalhava na pré-produção de Guardiões da Galáxia Vol 3 foi dispensada de suas funções e liberada para procurar outros trabalhos, revelou o site The Hollywood Reporter.

O longa-metragem estava previsto para começar a rodar entre janeiro e fevereiro de 2019, mas a demissão do diretor James Gunn no mês passado deve atrasar o cronograma de produção.

A Marvel Studios e a Disney estão cautelosamente procurando um substituto para ocupar a cadeira de direção. Nesta semana, o cineasta Taika Waititi (de Thor: Ragnarok) teve uma reunião com o estúdio, mas não foi confirmado se o projeto discutido foi mesmo Guardiões da Galáxia Vol 3.

Segundo o Hollywood Reporter, a interrupção dos trabalhos de pré-produção é apenas temporária, enquanto a Marvel e a Disney reorganizam o planejamento do filme.

Os atores de Guardiões da Galáxia chegaram a pedir a reintegração de James Gunn na direção do terceiro volume, mas a solicitação foi negada por Alan Horn, um dos altos executivos da Disney.

Guardiões da Galáxia Vol 3 não tem uma data prevista de lançamento, mas é esperada para 2020.