Para muita gente, a definição de felicidade envolve sofá, pipoca, fim de semana e uma série bem longa para maratonar. Mas há quem não tenha paciência de engatar em uma longa jornada junto aos personagens de uma produção de TV e prefira investir em seriados mais curtinhos.

E não faltam alternativas para essas pessoas também! Preparamos uma lista com 20 minisséries ou títulos que possuem apenas uma temporada – seja por opção ou porque foram canceladas depois da primeira –, mas que valem a pena mesmo assim!

Acompanhe com a gente!

1. The New Normal (2012)

Em 2012, Justin Bartha, Andrew Rannells, Georgia King e John Stamos estrelaram essa série sobre uma mulher que aceita ser barriga de aluguel para um casal gay. Bem-humorada e com uma boa dose de drama para equilibrar, a produção é divertida e uma excelente escolha para quem quer dar boas risadas.

2. Drive (2007)

Emma Stone e Nathan Fillion estrelam esse drama cheio de ação, crime e aventura sobre um grupo de competidores dedicados a vencer uma corrida ilegal pelo país.

3. Awake (2012)

Depois de um acidente de carro, Michael Britten se encontra vivendo em duas realidades paralelas simultaneamente. Em uma delas, seu filho morreu no acidente, e sua esposa está viva. Na outra, a esposa morreu, e seu filho sobrevive. Por não querer abrir mão de nenhuma, ele decide encarar as duas perdas ao mesmo tempo, mantendo ambas as realidades ativas.

4. The Event (2010)

Nick Wauters é o criador de The Event, uma série daquelas com potencial, a princípio, mas que não foi para a frente. É uma espécie de Busca Implacável, mas, em vez de estar em busca de sua filha, Sean Walker precisa encontrar a namorada, que desapareceu misteriosamente. Ele acaba envolvido em uma conspiração que envolve até mesmo o presidente dos Estados Unidos, mas a história não desenvolve, e a série é tirada de circulação bem cedo.

5. 666 Park Avenue (2012)

Rachel Taylor e Dave Annable estão entre os atores que estrelam essa série criada por David Wilcox, na qual os mais intensos desejos se tornam realidade.

6. The Crazy Ones (2013)

Robin Williams e Sarah Michelle Gellar juntos em uma sitcom? Não tinha como dar errado, não é? Lamentavelmente, o ator de O Homem Bicentenário cometeu suicídio em agosto de 2014, apenas 4 meses depois que a season finale de The Crazy Ones foi ao ar.

7. Enlisted (2014)

Eles são soltados que acabam de voltar do Afeganistão e estão baseados na Flórida, mas não se encaixam muito bem aos padrões do batalhão e encontram uns nos outros a estrutura necessária para seguir a missão. Seria quase um drama, se não fosse pela boa dose de humor. Nessa comédia, os soldados são praticamente uma família disfuncional de farda.

8. Battlestar Galactica (1978)

Um verdadeiro clássico da ficção científica, Battlestar Galactica foi lançada em 1978 com 21 episódios. Criada por Glen A. Larson, ela teve apenas uma temporada, mas foi ovacionada pelo público e pela crítica, assim como o filme de 79, sendo inclusive nomeada para o Globo de Ouro em duas categorias.

No elenco, nomes como Lorne Greene, Richard Hatch e Drik Benedict dão vida a uma aventura no espaço sideral em que os líderes de 12 colônias humanas tentam assinar um contrato de paz com o império Cylon, seus inimigos de séculos. Teve uma nova versão nos anos 2000.

9. The Secret Circle (2011)

Criada por Andrew Miller, O Círculo Secreto tem tudo aquilo que a gente ama: mágica, dramas escolares, romancinhos adolescentes, casais altamente shipáveis e a Britt Robertson com superpoderes. Ela foi cancelada já no final da 1ª temporada, mas é um daqueles casos de séries fraquíssimas, forçadas e com péssimas atuações, mas que você não consegue parar de ver até terminar.

A ideia geral é que, aos 16 anos, Cassie Blake se muda para Chance Harbor para morar com a avó, depois que a mãe dela morre misteriosamente. É aí que ela descobre que é uma bruxa e alguns outros adolescentes da cidade também são como ela.

10. Limitless (2015)

Com a ajuda de uma pílula misteriosa que permite ao usuário acessar a totalidade de suas habilidades cerebrais, um escritor em dificuldades se torna um mago financeiro, mas também se vê em um novo mundo com muitos perigos.

11. Firefly (2002)

Lá vem Nathan Fillion outra vez! Mais um trabalho do ator que durou apenas uma temporada foi essa ficção científica criada por ninguém menos que Joss Whedon. No futuro, um grupo de renegados a bordo de uma pequena nave espacial tenta sobreviver enquanto viaja para lugares desconhecidos da galáxia.

12. Freaks & Geeks (1999)

Como pode uma série de 1999 com apenas 18 episódios se tornar uma das top 50 do IMDb? Criada por Paul Fieg, Freaks & Geeks se passa na escola McKinley High nos anos 80 e retrata os problemas típicos da adolescência e seus grupos de afinidade. Não faltam crises de identidade, bebedeira, drogas e bullying.

A série traz uma série de atores que se tornaram grandes nomes do cinema e da TV, entre eles Jason Segel, Linda Cardellini, Busy Philipps, James Franco, Seth Rogen e Martin Starr.

13. Alcatraz (2012)

Nem mesmo J.J. Abrams na produção e a temática interessante foram capazes de impedir esse suspense de afundar. A premissa é sensacional: na década de 60, a prisão de Alcatraz, localizada em uma ilha e isolada do continente, abriga prisioneiros perigosíssimos e é cenário para experimentos secretos do governo norte-americano.

Acontece que, em 1953, todos eles misteriosamente desaparecem e começam a ressurgir em 2012, como se tivessem viajado no tempo. Uma agente do FBI é escalada para recuperá-los, com a ajuda de um time que conta com Jorge Garcia, o Hurley de Lost.

14. Hatfields e McCoys (2012)

Em 2012, Kevin Costner, Bill Paxton e Matt Barr estrelaram essa belíssima e sangrenta minissérie em três episódios sobre uma disputa insaciável entre duas famílias durante a Guerra Civil nos Estados Unidos.

Vencedora do Globo de Ouro de Melhor Ator na categoria para Kevin Costner e indicada como melhor minissérie, Hatfields & McCoys é um misto de drama e romance, tendo como plano de fundo um dos episódios mais marcantes da história norte-americana.

15. Godless (2017)

Minissérie em sete episódios criada pela Netflix, Godless é um mergulho contemporâneo pelo mundo do faroeste. Embora o gênero há décadas tenha sido deixado para escanteio pelo mundo do cinema, o cinema e a TV vêm tentando trazê-lo de volta, repaginado.

E Godless é um bom exemplo de que é possível contar uma história de 1880 de uma forma atraente. Scott Frank escreve e dirige a série, que foi indicada ao Emmy em nove categorias.

16. The Get Down (2017)

Uma das produções mais caras da Netflix até agora e uma unanimidade entre quem acompanhou até o final da 1ª temporada, The Get Down foi cancelada ao final de seus 11 episódios. Um retrato histórico incrível das ruas do Bronx na década de 70, a série musical mostra a cidade sob a perspectiva de um grupo de adolescentes negros e suas famílias.

17. Alias Grace (2017)

A criadora de The Handmaid's Tale tem um olhar muito particular sobre o universo feminino e a maneira como a mulher é obrigada a viver em diferentes sociedades. Assim como a série da Hulu, Alias Grace também é uma adaptação de uma história de Margaret Atwood.

Grace Marks é uma imigrante irlandesa que se muda com a família para o Canadá. Lá ela é acusada de assassinar seu ex-empregador, Thomas Kinnear, e sua governanta, Nancy Montgomery, e acaba presa.

Na cadeia, ela começa a ser entrevistada por um psiquiatra, que usa as entrevistas para tentar fazer uma análise comportamental que possa ajudar Grace a se livrar do veredito.

18. Tempo entre Costuras (2013)

Sira Quiroga cresceu cercada por tecidos, agulhas e máquinas de costura. Mas, quando se apaixona por um homem, ela deixa tudo isso para trás e vai viver no Marrocos com ele, onde acaba enganada, roubada, sem dinheiro e grávida. Sua vida vira completamente de ponta-cabeça, e ela vai parar em uma pensão com um grupo inusitado de pessoas. Essa série espanhola é protagonizada por Adriana Ugarte, uma estrela da TV e do cinema espanhóis.

19. Mildred Pierce (2011)

Todd Haynes dirige Kate Winslet, Guy Pearce e Evan Rachel Wood nessa minissérie em cinco partes sobre uma complicada relação entre mãe e filha durante os anos 40. Com um figurino, cenário e design de produção de altíssima qualidade, a produção da HBO traz mais uma sensacional performance dos atores premiados, aliada a uma história irritante e comovente ao mesmo tempo.

20. The Looming Tower (2017)

Embora tenham sido questionados repetidamente sobre a possibilidade de fazer uma 2ª temporada, os criadores dessa série de ação e suspense preferiram encerrar seu arco no fim da 1ª mesmo.

Focado nos acontecimentos que precederam o ataque às Torres Gêmeas, em 11 de setembro de 2001, o seriado retrata a disputa entre agentes do FBI e da CIA por informações que possam colocá-los um passo à frente na guerra contra o terrorismo.

Este texto foi escrito por Lu Belin via nexperts.