Nós já falamos aqui sobre casais que falham miseravelmente no amor por diversos motivos. Mas também existem ótimos exemplos nos filmes e seriados, que trazem um pouco de esperança para esses coraçõezinhos aflitos mundo afora. Confira exemplos que shippamos muito!

1. Han e Leia (Star Wars)

Com certeza, eles formam o casal mais icônico de todos os tempos (e das galáxias). Ele é um canalha suave, ela é uma princesa durona e briguenta. Entre missões de resgate, tiros e discussões cresce a tensão entre os dois, provavelmente na mesma proporção da vontade que têm de ficar juntos.

Para nós, do outro lado da tela fica a lição: apesar das discussões e dos apelidos, o respeito entre os dois existe e faz a relação funcionar. Afinal de contas, foi justamente o jeito insolente de Leia que conquistou o coração do piloto e o ar de bad boy de Han que balançou a princesa. Para que mudar então?

2. Lupin e Tonks (Harry Potter)

São tantos personagens maravilhosos em Harry Potter que fica difícil destacar um casal apenas, porém Remo Lupin e Ninfadora Tonks formam algo encantador. Nos filmes, infelizmente eles foram pouco abordados, bem diferente do que ocorre nos livros. O romance entre o lobisomem, que já havia aceitado o fato de que ficaria só por toda sua vida, e Ninfadora muda completamente esse enredo. Uma fagulha de esperança em meio a um tempo sombrio e de guerra.

3. Monica e Chandler (Friends)

Eles eram amigos, vizinhos e, de repente, se olharam diferente e nunca mais se largaram. Monica e Chandler são a prova de que, às vezes, a amizade evolui e pode ser sensacional. O lado bom é que eles já se conheciam muito bem, então sobrou espaço para descobrir aquelas outras coisas que nem sempre amigos fazem (OK, só às vezes).

4. Phil e Claire (Modern Family)

É difícil escolher o melhor casal dessa série, mas Phil e Claire ganham a menção honrosa aqui por conseguirem manter acesa a chama mesmo depois de tantos anos, tantos filhos e tantos parentes em volta! Enquanto ele é a personificação do marido fofinho e esforçado, ela mostra que é possível ser dona de casa, criar os filhos e, se der na telha, voltar para o mercado de trabalho arrasando.

No entanto, não dá para deixar de lado Jay e Gloria, que usam todos os clichês a seu favor, e Mitchel e Cam, que provam que opostos se atraem, dão certo e ainda conseguem educar a menina com o melhor senso crítico da vida.

5. Lorelai e Luke (Gilmore Girls)

Um cara simples, dono da lanchonete da pequena cidade. Uma mulher forte, decidida e de família rica. Isso pode dar certo? Claro que sim! O que os uniu foi o amor pelo café, mas o que os manteve juntos foi muita parceria, admiração mútua e amor, claro! Eles demoraram um pouco para se achar, até negaram as aparências e disfarçaram as evidências, mas não teve jeito: Luke e Lorelai foram o casal mais shippado antes mesmo de essa gíria existir.

6. Alicia e Jason (The Good Wife)

Quem acompanhou a história de Alicia odiou seu ex-marido Peter, torceu por Will, mesmo quando ele foi levemente besta, e se reconfortou quando ela conheceu o detetive Jason. De poucas palavras e muito charme, ele conquistou um coração que estava fechado para balanço. Cansados de sofrer, os dois embarcam em uma relação daquelas que aquecem o coração e ajudam a curar feridas de longa data.

7. Lily e Marshall (How I Met Your Mother)

Se existe algo que se mantém durante todo o seriado, é o amor desses dois. Enquanto todo mundo assistiu às desventuras de Barney, Robin e Ted em busca de um amor, Lily e Marshall já vieram com esse assunto resolvido. Coube à dupla explicar diversas vezes como manter a relação e o amor, sem deixar a rotina acabar com tudo isso.

8. Jack e Rose (Titanic)

Em se tratando de casais, Rose e Jack não podem ficar de fora. Por mais breve que tenha sido o momento dos dois, a intensidade e a transformação pelas quais passaram os colocam nesta lista. Jack, um rapaz simples e livre, consegue trazer Rose de volta à vida e mostrar à menina rica e presa às amarras sociais que é possível ser feliz de diferentes maneiras.

9. Jon Snow e Ygritte (Game of Thrones)

“Você não sabe de nada, Jon Snow”. Com essa frase estava selado mais um casal ícone dos seriados atuais. O bastardo de Game of Thrones não resiste ao charme da ruiva Ygritte, selvagem que vive além da Muralha. Quase um novo Romeu e Julieta da TV, a dupla vive entre a paixão que sente e o ódio que seus povos compartilham.

Em meio a guerras e disputas, o casal da ficção não sobreviveu, mas evoluiu para a vida real. Depois de um tempo em segredo, Kit Harrington e Rose Leslie assumiram o namoro, ficaram noivos e se casaram! Isso com certeza garante a eles a participação nesta seleção.

10. Felicity e Barry (Flash/Arrow)

Um dos casais geeks mais fofos dos seriados da onda recente dos heróis. Um crossover entre Arrow e Flash apresentou ao mundo Barrycity (nome dado pelos fãs do casal), com seus trejeitos desengonçados, atrapalhados tanto com seus sentimentos quanto com qualquer outra coisa da vida.

11. Sheila e Joel (Santa Clarita Diet)

A vida deles estava normal, tudo indo bem, filha adolescente nos trilhos. Até que, um belo dia, ela vira uma morta-viva, mas de um jeito bom! Essa mudança radical, com leves toques de destruição e morte pela vizinhança, muda a rotina, a dieta e o funcionamento do casal. Apesar dessas pequenas dificuldades, eles mostram que conversa, entendimento e parceria salvam o dia, todo dia!

12. Claire e Francis (House of Cards)

Se relevarmos o fato de que os dois são sociopatas, até dá para dizer que eles são um bom casal (ou uma dupla que funciona bem). Juntos desde o início da carreira política de Frank, Claire sempre foi mais que um braço direito, pois arquiteta as estratégias lado a lado com o marido até formar a mesma chapa com ele. Ambos têm a personalidade forte e sabem que separados praticamente não têm forças, mas juntos são invencíveis.

13. Amy e Jake (Brooklyn Nine-Nine)

Será que trabalhar juntos e ter um relacionamento dá certo? Esses dois mostram que sim! A atração (negada fortemente no início) de um pelo outro começou na delegacia e, a cada caso resolvido, só aumentou. Depois de alguns desencontros, eles finalmente ficam juntos para nossa alegria e de Boyle!

14. Hazel e Augustus (A Culpa é das Estrelas)

Se você quer fazer um detox e chorar de soluçar, esse é o filme (ou livro) para hoje. Hazel e Augustus mostram como superar desafios e desviar até das piores pedras no caminho fica mais fácil quando se está em boa companhia. Ambos com doenças graves e terminais, os jovens debatem sobre a validade desse romance e como o amor vale a pena ser vivido, sempre, sem restrições.

15. Khal Drogo e Daenerys (Game of Thrones)

Eles formam casais levemente diferentes na série de TV e nos livros, mas, ainda assim, não podem ficar de fora desta lista. A mãe de dragões e Khaleesi do Grande Mar Dothraki passou por poucas e boas na vida. Depois de encarar um irmão abusivo, caiu de cara em um casamento forçado, com o guerreiro gigante Khal Drogo.

Nos livros, a noite de núpcias deles é bem mais interessante e consensual do que na série de TV e, apesar de não se conhecerem antes, eles fazem a união dar certo e até se apaixonam. Afinal de contas, quem não se arrepiou com a declaração mais forte de todos os tempos e deseja um dia falar ou ouvir: “você é a lua da minha vida, meu sol e estrelas”?

16. Lois Lane e Clark Kent (Super-Homem)

Aquele casal que luta contra os desencontros da vida que cercam um super-herói. Clark vive no dilema de ser o Super-Homem e não colocar o amor da sua vida em perigo; já Lois segue perseguindo matérias e dividida entre flertar com Clark e o Homem de Aço. E nós vamos torcendo para ver os dois juntos a cada filme/episódio.

17. Jack, Izzy e Emma (You Me Her)

Um dos trisais mais bacanas da televisão. Emma, Izzy e Jack formam uma relação bastante improvável, tendo em vista o começo da série. Inicialmente em um relacionamento convencional, Emma e Jack estão fadigados em suas relações, e o inesperado ataca a trama quando os dois se apaixonam por Izzy. A jovem, que entra meio de gaiato nessa relação, se envolve com os dois e, assim, os dilemas de estar fora do padrão social são debatidos em um relacionamento divertido, mas com muitos obstáculos.

18. Donna e Harvey (Suits)

A tensão entre os dois é igualmente proporcional à parceria que eles demonstram, tanto na área profissional quanto na pessoal. Donna é maravilhosa em tudo que faz, e Harvey, bem, é o Harvey! Alguma dúvida de que eles seriam sensacionais juntos?

19. Lucifer e Chloe (Lucifer)

A detetive Decker nunca imaginou que estaria bem no meio daquele ditado: "se está no inferno, abrace o….capeta", não é mesmo? Mas sim, é bem nessa que ela está, enquanto foge e evita as investidas de Lucifer. O fato de ela o afetar e o tornar vulnerável na Terra é algo que Lucifer está decifrando ao mesmo tempo que tenta entender sua atração por ela. Seguimos na torcida.

Este texto foi escrito por Luiza Lafuente via nexperts.