Hollywood é tão glamourosa que às vezes esquecemos que, para os atores e as demais pessoas envolvidas, os filmes são trabalho. E por mais que seja divertido, trabalho é trabalho, e atores também precisam aceitar papéis não tão interessantes.

Além disso, muitos artistas não têm a menor vergonha de declarar que detestaram o filme de que participaram. Ou pior: morrem de vergonha e deixam a insatisfação bem clara. Aproveitando isso, montamos uma lista. Confira abaixo!

1. Robert Pattinson (Crepúsculo)

Pode parecer um pouco "cuspindo no prato em que comeu", mas a verdade é Robert Pattinson detestou estar na franquia. Surpreendentemente, parte disso pode ser por conta da autora dos livros, Stephenie Meyer. Em uma entrevista, o ator explicou sua primeira impressão sobre o romance: "Quando eu li, fiquei convencido de que Stephenie acreditava que ela era a Bella. Foi meio como se o livro não devesse ter sido publicado, como se fosse uma fantasia sexual dela. Especialmente quando ela diz que é baseado em um sonho, e soa tipo 'Oh, então eu sonhei com esse cara super sexy', e ela simplesmente escreveu um livro sobre isso. Eu estava convencido de que essa mulher é louca, completamente maluca, e está apaixonada por sua própria criação ficcional".

"Por que ele aceitou se achou tão ruim?", você se pergunta. Ele pensava que era esquisito demais para fazer sucesso e, bem, precisava do dinheiro.

2. George Clooney (O Retorno dos Tomates Assassinos)

Há quem diga que George Clooney fica melhor com o passar dos anos, e isso parece ser verdade até mesmo sobre a sua carreira. Sobre Batman & Robin ele disse: "é uma merda, e eu estava realmente ruim nele". Mas outro filme que o ator parece ter detestado (com razão) é O Retorno dos Tomates Assassinos (1978). Ele explica que aceitou o papel quando estava sem dinheiro, então o que viesse era lucro.

3. Julia Roberts (Adoro Problemas)

A ideia era que o filme fosse uma comédia romântica incrível, mas acabou com o casal principal, Julia Roberts e Nick Nolte, se odiando completamente. A atriz esclarece: "No momento em que nos conhecemos foi difícil e acabamos com os nervos um do outro. Embora ele possa ser completamente charmoso e legal, também é completamente detestável. Ele vai me odiar por dizer isso, mas parece que ele se esforça para repelir as pessoas". Obviamente, o filme foi um fracasso de bilheteria e crítica.

4. Brad Pitt (Inimigo Íntimo)

Um pouco antes do lançamento do filme de Alan Pakula, Brad Pitt detonou a própria produção. "Não tínhamos roteiro. Bem, nós tivemos um grande roteiro, mas ele foi descartado por várias razões. Ter que fazer algo enquando a produção acontece... Meu Deus, quanta pressão! Foi ridículo. Foi a maior irresponsabilidade em uma produção — se é que podemos chamar assim — que eu já vi."

5. Sylvester Stallone (Pare! Senão Mamãe Atira)

O título dá uma boa ideia do que acontece: é um filme de ação entre mãe (uma senhorinha idosa) e seu filho. Nas palavras de Stallone: "Eu fiz alguns trabalhos realmente pavorosos. Pare! Senão Mamãe Atira foi o pior deles. Se você quer fazer alguém confessar um assassinato, simplesmente faça com que ele ou ela assista ao filme. A pessoa vai confessar qualquer coisa depois de 15 minutos".

6. Halle Berry (Mulher-Gato)

Alguns anos depois de ganhar um Oscar por A Útima Ceia, Halle Berry subiu ao palco para ganhar um Framboesa de Ouro. Em seu discurso, ela anunciou: "Sabe, eu tenho muita gente a agradecer, porque você não ganha um Framboesa sem bastante ajuda de um monte de gente... Antes de tudo, gostaria de agradecer à Warner Bros. Obrigada por me colocar nesse filme de merda e pavoroso. Sabe, era exatamente o que minha carreira precisava. Eu estava no topo, e Mulher-Gato me fez descer para o ralo". Ninguém escapou do "agradecimento" de Berry: agente, empresário, treinador, roteirista, elenco ou diretor.

7. Michael Caine (Tubarão: A Vingança)

Você deve se lembrar dele como o Alfred de Batman: O Cavaleiro das Trevas, mas Michael Caine teve seu auge algumas décadas atrás. No meio-termo, ele passou por alguns momentos ruins, que incluem Tubarão: A Vingança. Ao menos deu um bom dinheiro, segundo ele: "Eu nunca assisti, mas segundo todos é terrível. Apesar disso, eu já vi a casa que esse dinheiro construiu, e ela é incrível".

8. Gwyneth Paltrow (Voando Alto)

A própria atriz considera ter feito poucas escolhas ruins no que diz respeito aos papéis. Ela lamenta apenas duas: as comédias românticas Voando Alto e O Amor é Cego. Não discordamos dela, mas outras produções poderiam ser acrescentadas. Fica ao seu critério.

9. Gary Oldman (Na Ponta dos Pés)

Não é necessário trazer nenhuma entrevista do ator, basta a sinopse. Em 2003, Matthew McConaughey estrelou uma comédia romântica na qual ele precisa revelar um sério problema para a noiva: sua família é composta apenas por anões, e ele é o "diferente". Seu irmão, no caso, é interpretado por Gary Oldman. De joelhos, para mostrar a diferença de altura. Praticamente nenhum ator envolvido no filme se pronunciou sobre isso.

10. Charlize Theron (Jogo Duro)

Lançado em 2000, o filme é dirigido por John Frankenheimer (Sob o Domínio do Mal) e tem no elenco atores como Ben Affleck, Gary Sinise e Charlize Theron. Teria tudo para ser bom, mas deu muito, muito errado. Tanto que a protagonista confirma com todas as letras: "Jogo Duro não é um bom filme".

11. Jim Carrey (Kick-Ass 2)

Esse é um caso de mudança: Jim Carrey gostou de ter feito o longa, mas acontecimentos seguintes o levaram a mudar de ideia. Ele interpretou o Coronel Estrelas e gravou várias cenas de luta — para quem não sabe, Kick-Ass é baseado em uma HQ de ação. Um mês depois das gravações, houve o tiroteio em massa de Sandy Hook, uma escola nos EUA. Sobre isso, o ator publicou em sua conta no Twitter: "Agora, tendo consciência, eu não posso apoiar esse nível de violência. Minhas desculpas aos outros envolvidos com o projeto. Eu não estou envergonhado de ter feito, mas os eventos recentes causaram uma mudança no meu coração".

12. Christopher Plummer (A Noviça Rebelde)

Christopher Plummer (Todo o Dinheiro do Mundo) basicamente finge que sua participação no clássico musical não existe, mesmo que ele tenha sido um dos protagonistas. Ele se refere à produção como "O Som do Muco" (o título literal seria O Som da Música) ou simplesmente "aquele filme". "Eu fiquei um pouco entediado com o personagem. Apesar de termos nos esforçado para fazê-lo parecer interessante, foi meio como açoitar um cavalo morto. E o assunto principal não importa para mim. Quer dizer, não pode ser interessante para todas as pessoas do mundo."

13. Alec Guinness (Star Wars)

Guiness interpretou Obi-Wan Kenobi no Episódio IV, mas odiaria que você o reconhecesse daí — ele é famoso por clássicos como A Ponte do Rio Kwai. Sobre Star Wars, o ator deixa claro "Exceto pelo dinheiro, eu me arrependo de ter entrado no filme. Eu gosto deles o suficiente, mas não é um trabalho de atuação, o diálogo — que é lamentável — fica sendo alterado e porcamente melhorado, e eu me sinto velho e sem contato com os jovens". Existem relatos de que o ator não só se surpreendeu com o sucesso, como também se irritou com isso.

Este texto foi escrito por Verenna Klein via nexperts.