James Gunn pode ter sido demitido pela Disney em meio à polêmica dos tweets antigos em que fazia piadas com temas como pedofilia e estupro, mas seu valor na indústria do cinema parece não ter diminuído por conta disso.

Entenda melhor: James Gunn é demitido de Guardiões da Galáxia Vol.3

Fontes do The Hollywood Reporter garantem que, caso o desligamento do diretor com a Diesney/Marvel Studios se concretize, ele será disputado por outros estúdios.

"Eu trabalharia com ele num piscar de olhos", disse um executivo sênior de um estúdio rival. Assim como os cerca de uma dúzia de executivos e produtores com quem o THR conversou, este executivo pediu para permanecer anônimo porque Gunn não tem permissão para receber outras ofertas enquanto sua negociação para sair da Disney está em andamento.

Após demissão da Disney, James Gunn pode ser disputado por estúdios rivais

"Fui informado de que não podemos trazer ele até que a questão da Disney esteja 100% resolvida", disse um executivo de um outro estúdio. Grandes empresas do ramo se interessam pelos serviços de Gunn, incluindo a Warner Bros, que produz os filmes de super-heróis da DC Entertainment.

Apesar da demissão anunciada, entraves legais ainda mantém Gunn ligado aos filmes da Marvel e rumores sobre sua permanência e saída definitiva continuando surgindo, tornando o fim dessa trama cada vez mais incerto.

Veja também: Elenco de Guardiões da Galáxia pede recontratação de James Gunn em carta aberta

O Minha Série comemora 10 anos em 2018 trazendo novidades em conteúdos e serviços aos leitores. Queremos saber também o que você gostaria de ver em nosso site; entre em contato conosco através do email – minhaserie@gruponzn.com – e mande suas sugestões.