A Amazon anunciou, durante a sua apresentação no TCA (Television Critics Association), que não irá mais disponibilizar os pilotos de suas potenciais séries aos assinantes.

Há seis anos, quando entrou no mercado de streaming, a Amazon inovou ao propor uma nova modalidade em relação à tradicional “pilot season”, liberando os episódios pilotos de projetos para que os assinantes pudessem assistir e comentar sobre os programas em desenvolvimento.

“Eu nunca digo 'nunca', mas essa versão não é algo que estamos mais fazendo”, disse Jennifer Salke, diretora da Amazon Studios. “Usaremos nossas próprias referências de teste e alguns dados de usuários, mas o processo de votação pública foi deixado de lado por enquanto”.

Séries como Man in the High Castle, Transparent e Mozart in the Jungle foram aprovadas com base nesse sistema. Porém, nos últimos tempos, o Amazon Prime Video tem dado o sinal verde para séries sem a realização do episódio piloto de teste.

Jack Ryan, que estreia em agosto, já teve a encomenda direta de temporada. O mesmo aconteceu com O Senhor dos Anéis, adaptação da obra de J. R. R. Tolkien que a Amazon aprovou no final do ano passado.

A razão da companhia para deixar esse sistema de exibição de piloto é tempo: “Uma das coisas que aprendemos é que demorava muito para produzir as séries que os espectadores queriam”, explicou representantes da Amazon aos jornalistas no TCA.

E você, conhecia o modelo de piloto do Amazon Prime Video? Comente abaixo.

O Minha Série está comemorando 10 anos em 2018 com novidades aos nossos fãs: conheça o Clube Minha Série, o nosso perfil no Instagram e não deixe de assinar a newsletter Intervalo, que traz semanalmente conteúdos exclusivos em um formato especial.