A história envolvendo o bigode de Henry Cavill, que ficou apelidada de #MustacheGate, é bastante conhecida dos fãs de Liga de Justiça.

No ano passado, quando a Warner Bros. agendou as filmagens de cenas adicionais do longa-metragem dos heróis da DC, um impasse se formou devido ao compromisso de Henry Cavill com Missão: Impossível – Efeito Fallout.

Cavill estava comprometido com a produção da Paramount, na qual apresentava um volumoso bigode como parte da caracterização de seu personagem (o bigode, vale dizer, foi ideia do próprio ator).

Quando o astro foi convidado a retornar para concluir sua participação como o Superman em Liga da Justiça, os estúdios Warner e Paramount precisaram pensar em uma solução.

A Warner Bros. acabou sendo obrigada a apagar digitalmente o bigode de Cavill, já que o ator tinha que manter os pelos faciais para completar o cronograma de Efeito Fallout. As cenas do Superman com o rosto retocado em Liga da Justiça viraram motivo de chacota entre os espectadores, criando a expressão #MustacheGate.

Agora que Missão: Impossível – Efeito Fallout estreou nos cinemas, o público pôde conhecer o famoso bigode que deu tanta dor de cabeça nos bastidores.

Em uma nova entrevista ao AV Club, o diretor de M:I 6, Christopher McQuarrie, revelou que o bigode quase paralisou as gravações de Fallout. O cineasta disse que considerou interromper as filmagens para que Cavill raspasse o rosto, finalizasse Liga da Justiça e depois retornasse para Missão: Impossível.

Além disso, McQuarrie chegou a pedir um orçamento para saber quanto custaria para inserir digitalmente o bigode em Henry Cavill (fazendo o inverso da solução de Liga da Justiça). O diretor informou que o preço seria de US$ 3 milhões.

No entanto, a Paramount interveio a favor de Missão: Impossível – Efeito Fallout, exigindo o cumprimento do contrato e do cronograma de gravações – o que levou a Warner a optar pela remoção digital dos pelos faciais do homem de aço.

Para o azar de todos, as filmagens de M:I 6 acabaram sendo interrompidas em seguida devido ao acidente no set com Tom Cruise, que quebrou o tornozelo ao realizar um salto entre edifícios (trecho que, inclusive, entrou na edição final do filme).

“Foi um trágico conjunto de circunstâncias”, disse McQuarrie. “Teríamos adorado ter ajudado (a Warner), mas não tinha como fazer isso sem comprometer o nosso filme. Eu me senti péssimo, e ainda acho que foi uma situação chata”.

Veja também:

O Minha Série está comemorando 10 anos em 2018 com novidades aos nossos fãs: conheça o Clube Minha Série, o nosso perfil no Instagram e não deixe de assinar a newsletter Intervalo, que traz semanalmente conteúdos exclusivos em um formato especial.