A roteirista e showrunner Monica Owusu-Breen, que está desenvolvendo um reboot de Buffy, A Caça-Vampiros ao lado de Joss Wheedon, foi ao Twitter se manifestar sobre as críticas e o receio dos fãs com relação a nova adaptação do original.

Uma das primeiras informações divulgadas foi que dois procuram uma protagonista negra para o papel que foi de Sarah Michelle Gellar na primeira versão televisiva da personagem. No entanto, a fala da produtora indica que não veremos uma outra encarnação de Buffy Summers, mas talvez uma personagem inédita.

“Para alguns escritores de gênero é Star Wars. Buffy, A Caça-Vampiros é o meu Star Wars. Antes de me tornar escritora, eu era fã. Por sete temporadas, eu assisti Buffy Summers crescer, encontrar o amor, matar esse amor. Eu a vi lutar, sofrer e arrasar. Há apenas uma Buffy. Um Xander, uma Willow, Giles, Cordelia, Oz, Tara, Kendra, Faith, Spike, Angel... Eles não podem ser substituídos. A brilhante e bela série de Joss Whedon não pode ser replicada. Eu não tentaria. Mas aqui estamos nós, 20 anos depois... e o mundo parece muito mais assustador. Então talvez seja hora de conhecer uma nova caçadora... E isso é tudo que posso dizer”, escreveu Owusu-Breen.


Veja também: Joss Whedon está desenvolvendo um reboot de Buffy, A Caça-Vampiros

A série original Buffy, A Caça-Vampiros foi baseada no filme de 1992 de mesmo nome, que Whedon escreveu e trazia Kristy Swanson como Buffy. O seriado durou sete temporadas e 145 episódios e é frequentemente citado como um dos melhores shows já feitos do gênero. Além de Gellar, estavam no elenco: Nicholas Brendon, Alyson Hannigan, Anthony Head, James Marsters e Emma Caulfield Ford.

O sucesso também gerou um spin-off protagonizado por David Boreanaz, Angel.

O Minha Série está comemorando 10 anos em 2018 com novidades aos nossos fãs: conheça o Clube Minha Série, o nosso perfil no Instagram e não deixe de assinar a newsletter Intervalo, que traz semanalmente conteúdos exclusivos em um formato especial.