Após 2017 ter levado várias obras de Stephen King para as telas, encontrando seu melhor momento em IT: A Coisa, agora a série antológica Castle Rock está chegando ao catálogo da Hulu com uma história completamente nova, com personagens e Easter eggs já conhecidos na bibliografia de um dos mestres do horror contemporâneo.

Apesar de não contar com o envolvimento de King, o programa tem produção de J.J. Abrams e foi criado pelos produtores-executivos Sam Shaw e Dustin Thomason, situando a história na cidade-título criada pelo autor.

Pois isso, uma vez que Castle Rock também traz um elenco cujos integrantes já participaram de filmes baseados nas obras do romancista, como Sissy Spacek (Carrie, a Estranha) e Bill Skarsgård (IT), listamos alguns longas que podem conter referências importantes para você acompanhar melhor a esperada série. Confira!

1. A Metade Negra

Dirigido pelo venerado George A. Romero, The Dark Half (título original) introduz Alan Pangborn, o xerife de Castle Rock que confronta um autor de sucesso que utiliza o pseudônimo de George Stark e é o principal suspeito de vários crimes que acontecem na cidade.

Na ocasião, Pangborn era um coadjuvante interpretado por Michael Rooker (Yondu, de Guardiões da Galáxia); em Castle Rock, quem vive o xerife é Scott Glenn (Demolidor).

2. Trocas Macabras

Desta vez com o papel nas mãos de Ed Harris, o xerife Pangborn investiga uma nova e misteriosa loja que abriu na cidade, cujo vendedor (Leland Gaunt, vivido por Max von Sydow) oferece os desejos mais profundos de sua clientela, mas a um custo alto demais…

3. Um Sonho de Liberdade

Até agora, sabemos que boa parte de Castle Rock se passará em torno de ocorrências perturbadoras na Penitenciária Estadual de Shawshank, como o arco do personagem sem nome interpretado por Bill Skarsgård, mantido em uma gaiola de animais em uma ala abandonada da prisão. Se você está achando o nome vagamente familiar, saiba que não se trata de uma mera coincidência.

Adaptado pelo diretor Frank Darabont a partir do livro "Rita Hayworth and The Shawshank Redemption", escrito por King, The Shawshank Redemption é o redentivo filme de 1994 coestrelado por Tim Robbins e Morgan Freeman que foi indicado a 7 Oscars e se mantém invicto em primeiro lugar na lista Top 250 do IMDb, com nota 9,3. Definitivamente, um longa não menos que obrigatório.

4. Conta Comigo

Ainda que não se passe no estado de Maine, o clássico dos anos 80 figura nesta lista por Castle Rock conter uma referência a um corpo em um trilho de trem, tal como em Stand By Me (título original), que foi adaptado a partir do conto "The Body". Não se sabe se o seriado vai ou não apresentar mais relações com o filme dirigido Rob Reiner, mas fica a dica para ver essa nostálgica produção.

5. A Hora da Zona Morta

Dirigido pelo cineasta cult David Cronenberg e lançado em 1983, The Dead Zone conta com o irreverente Christopher Walken (Click; O Franco-Atirador) interpretando Johnny Smith, um morador de Castle Rock que acorda de um coma e descobre ser capaz de ver eventos do futuro, tão logo planejando alterar o amanhã a ponto de tentar assassinar um ambicioso político vivido por Martin Sheen. Há quem acredite que a personagem Jackie (Jane Levy) possa mencionar tais circunstâncias misteriosas do passado durante a série.

6. Cujo

Outro clássico do terror dos anos 80, o filme narra o caso de um cão São Bernardo que contrai raiva e deixa um rastro sanguinolento por Castle Rock, mas a história traz mais referências ao universo narrado por Stephen King do que aparenta.

Partilhando relações com A Hora da Zona Morta, Cujo também conta com a presença de George Bannerman, que, com seu trágico desfecho, viria a ser sucedido pelo xerife Alan Pangborn. Muitos apontam que, no livro, há o fato de que o cachorro é possuído pelo espírito de um serial killer visto na história estrelada por Christopher Walken. Em Castle Rock, o incidente com o cachorro surge como referência em um recorte de jornal.

7. À Espera de Um Milagre

Lançado em 1999, The Green Mile marcou a volta do diretor Frank Darabont com outro drama de prisão escrito por King e deixou o público aos prantos ao fim da história estrelada por Tom Hanks e Michael Clarke Duncan. Uma vez que narrativas sobre o corredor da morte são recorrentes na bibliografia de Stephen King, Castle Rock apresenta o advogado Henry Deaver (André Holland, de American Horror Story), que atua em um presídio no Texas e partilha a reflexão sobre as condições desumanas do sistema carcerário enquanto acredita na remissão de pecados.

À Espera de Um Milagre foi indicado a 4 Oscars e conta com nota 8,5 no IMDb.

8. Christine, o Carro Assassino

Cá está um filme que pouco teria a ver com o universo de Castle Rock, mas contém um dos elementos mais icônicos de toda a obra de Stephen King — mais precisamente, o rubro Plymouth Fury 1958. Tamanha elegância contida em um carro, porém, acaba não escondendo o fato de que o possante tem uma personalidade pra lá de macabra, incitando seu jovem condutor a cometer atrocidades.

Lançado em 1983, Christine é outro título marcante da carreira do diretor John Carpenter naquela década, habilmente competente no equilíbrio entre horror e entretenimento. Além disso, o carrão apareceu como referência em filmes recentes, como A Torre Negra e Jogador Nº1; logo, fica a nossa torcida para ver um Plymouth Fury rodar pelas pistas da misteriosa cidade no novo seriado.

Castle Rock estreia no dia 25 de julho na Hulu.

Este texto foi escrito por Thiago Cardoso via nexperts.