A gigante do varejo Walmart pode ser mais uma a entrar no mercado de streaming de vídeo e concorrer com os serviços de Netflix e Amazon. As informações são de fontes próximas ao assunto que falaram com a publicação The Information.

Embora a Walmart seja mais conhecida no Brasil por seus supermercados e clubes de compras, a empresa também é dona do serviço de streaming Vudu, que oferece compra e aluguel de séries e filmes digitais. No entanto, ela teria a pretensão de reformular completamente o serviço, mudando o modelo de negócios para oferecer assinaturas e programas originais.

De acordo com as pessoas que falaram com a publicação, a ideia seria cobrar menos de US$ 8 pelo serviço e focar nos moradores dos Estados Unidos que vivem no centro do país. Ainda segundo as fontes, essa seria uma forma de se diferenciar de Amazon e Netflix, que teriam uma programação muito concentrada nas costas leste e oeste.

A Walmart também não teria problemas em gastar bastante com produção original para garantir uma biblioteca interessante antes mesmo de conseguir assinantes. Atualmente, ela é a maior empresa do mundo em termos de receita, com um valor total aproximado de US$ 500 bilhões.

A competição com a Amazon também não seria novidade, já que a empresa também atua no ramo de comércio eletrônico. Mais cedo, Walmart e Microsoft anunciaram uma parceria para rivalizar com a empresa de Jeff Bezos, o que pode incluir até mesmo a criação de lojas sem caixas humanos, assim como a Amazon faz nos Estados Unidos. A Walmart não se pronunciou oficialmente sobre o caso.

Este texto foi escrito por Felipe Autran para o Tecmundo (um site da empresa NZN junto com o Minha Série).

O Minha Série está comemorando 10 anos em 2018 com novidades aos nossos fãs: conheça o Clube Minha Série, o nosso perfil no Instagram e não deixe de assinar a newsletter Intervalo, que traz semanalmente conteúdos exclusivos em um formato especial.