O canal de TV norte-americano Bravo acabou de encomendar duas temporadas da nova série sobre crimes reais desenvolvida por Alexandra Cunningham, Dirty John.

A produção será uma antologia baseada em um crime real — assim como American Crime Story — e inspirada na série jornalística escrita e apresentada em podcasts por Christopher Goffard para o jornal Los Angeles Times.

A emissora já havia anunciado a contratação de alguns dos nomes do elenco, Eric Bana e Connie Britton, e agora dois novos nomes chegaram para compor o quadro principal do seriado: Julia Garner (Ozark) e Juno Temple (Vinyl).

Eric Bana viverá John Meehan, um homem romântico e charmoso que seduz a jovem Debra Newell, a ser interpretada por Connie Britton. De misterioso e encantador, Meehan se torna cada vez mais manipulador, enganador e cheio de segredos, arrastando a jovem para um grande relacionamento abusivo.

Além de interpretar a protagonista, Britton é produtora-executiva da série, ao lado de Alexandra Cunningham; Richard Suckle e Charles Roven (Atlas Entertainment); Mark Herzog, Christopher G. Cowen e Chris Argentieri (Los Angeles Times Studios).

Veronica e Terra, as filhas de Debra, serão as personagens interpretadas por Juno e Julia, e já está confirmada também a participação de Jean Smart, que fará o papel de Arlane, a mãe de Debra e avó das jovens.

Juno Temple chega à produção da Bravo depois de estrelar Roda Gigante, de Woody Allen, ao lado de Kate Winslet, e Unsane, de Steven Soderbergh, com Claire Foy. Ela também interpreta Jamie Vine, de Vinyl, e está no elenco de Malévola 2.

Já Julia Garner faz Ruth Langmore em Ozark, onde divide o set com Jason Bateman e Laura Linney. A série estreia sua segunda temporada em agosto na Netflix. Para o site de streaming, ela também integra o elenco de Maniac, com Emma Stone, Justin Theroux e Jonah Hill.

Fatos reais

Ao longo de suas várias décadas de atuação, John Meehan foi conhecido por vários nomes e apelidos, um deles sendo Dirty John.

Ameaçador, cheio de estratégias e um mentiroso profissional, o norte-americano teve diversos relacionamentos antes de conhecer Debra, a esposa que conheceremos na série. Depois de idas e vindas à delegacia, ele não desistia de tentar intimidar as mulheres com quem se relacionava, bem como famílias, amigos e advogados.

Quando ele conhece Debra, começa toda uma nova trajetória de manipulação que faz com que ela simplesmente não consiga sair sozinha das mãos do criminoso.

A série deve estrear ainda em 2018.

Este texto foi escrito por Lu Belin via nexperts.