No mundo das séries, despedidas de personagens costumam ser frequentes. Seja porque contratos entre atores e produção não são renovados, seja porque é indispensável para o desenvolvimento da trama, alguns personagens precisam sair.

E nem estamos falando de mortes, não — que são uma medida dramática, mas bem simples para os roteiristas, tanto que algumas soam bastante artificiais. Despedidas boas são aquelas que partem o nosso coração, enquanto nos fazem torcer para que o personagem volte (o que às vezes acontece). Então, venha com a gente nesta lista!

5. Cristina Yang, Grey's Anatomy

A mudança de Cristina Yang (Sandra Oh) marcou o fim de uma era para Grey's Anatomy, pois com certeza ela é uma das personagens mais queridas da série. Após 10 anos vendo a sólida e incrível amizade entre ela e Meredith Grey (Ellen Pompeo), Yang decide abandonar o hospital e ir trabalhar em Zurique. Pelo menos, a criadora Shonda Rhimes não decidiu matá-la. De qualquer forma, qualquer mundo sem Cristina Yang é mais triste.

4. Elliot Stabler, Law & Order: SVU

A parceria entre os detetives Elliot Stabler (Christopher Meloni) e Olivia Benson (Mariska Hargitay) durou as 12 primeiras temporadas de Law & Order: Special Victims Unit. Stabler era um policial que se sensibilizava e se envolvia com os casos — até demais. Então, quando houve uma questão contratual entre o ator e a NBC, os produtores criaram um caso afetando o detetive, que mata mais um civil em serviço e, então, decide abandonar o distintivo. Verdade seja dita, a saída de Stabler foi a mudança mais significativa que a série enfrentou.

3. Richard, Friends

A despedida do personagem de Tom Selleck na série não é de partir o coração só porque ele era querido pelos fãs. Monica (Courteney Cox) decide terminar com ele porque eles têm vontades diferentes em relação a ter filhos, mesmo se amando muito. Esse é o primeiro término realmente "adulto" da série: eles se separam porque seus futuros são irreconciliáveis, mesmo que isso doa absurdamente no presente.

2. Greg Serrano, Crazy Ex-Girlfriend

Greg (Santino Fontana) tem vários problemas, como todos os personagens na série — baixíssima autoestima e alcoolismo, só para começar —, que o fazem querer afastar todos os que se aproximam dele, inclusive Rebecca (Rachel Bloom), por quem ele é apaixonado. Em todas as tentativas deles, os dois acabam se ferindo cada vez mais, mesmo que o sentimento seja genuíno. Então, quando Greg decide que precisa seguir em frente — mesmo com Rebecca implorando para que ele fique —, ele vai, deixando uma das canções mais emocionantes da série.

1. Deja, This is Us

Randall (Sterling K. Brown) e Beth (Susan Kelechi Watson) se apaixonam pela pequena Deja (Lyric Ross), uma menina que eles pretendem adotar. Mas eis que sua mãe biológica a quer de volta, e eles têm uma delicada questão nas mãos: podem processá-la por violação de liberdade condicional e colocá-la de volta na cadeia. Ou seja, eles poderiam seguir com o plano de adotar a adorável Deja, mas isso significaria separar a menina da mãe de um jeito horrível.

Então, eles decidem desistir da custódia da menina. A despedida dos três é um dos momentos mais sensíveis da série, e a ideia de que poderia ser definitiva torna tudo pior.

Este texto foi escrito por Verenna Klein via nexperts.