Lucifer foi salva do cancelamento pela Netflix para a alegria dos fãs, que tiveram grande influência na decisão com a repercussão contrária nas redes sociais com a #SaveLucifer.

Pouco se sabe ainda no que a mudança de casa (a série antes era da FOX) vai alterar o programa em si, mas os showrunners Joe Henderson e Ildy Modrovich já deram algumas informações.

Primeiramente, a Netflix encomendou 10 novos episódios para a 4ª temporada de Lucifer, foco no “novos”. Como alguns sabem, dois episódios bônus que deveriam fazer parte do próximo ano da FOX foram exibidos separadamente, visto que a série não teria continuidade.

No entanto, se um acordo for feito para incluir esses episódios independentes, a temporada ficaria mais longa, com 11 ou 12 capítulos, que terão a mesma duração de antes, em torno de 43 minutos.

Lucifer: o que já sabemos sobre a 4ª temporada na Netflix

Henderson revela que a produção deve recomeçar em breve, por volta de agosto, e que a mesma história que seria adaptada para a 4ª temporada – mais longa por ter sido planejada ainda na FOX – será dividida em duas partes na Netflix.

"Nós teríamos duas partes para isso de qualquer maneira (devido ao tradicional hiato), então vamos contar uma primeira parte muito boa", explica Modrovich. Ao fazer isso, completa Henderson, “nós podemos concentrar a história e focá-la, e é isso que é realmente empolgante nisso. Nós temos um primeiro semestre muito forte que agora vai trazer uma história incrível ”.

O que o showrunner quer dizer é que, se tudo der certo nessa primeira temporada de Lucifer exclusiva da Netflix, veremos o que seria a segunda metade da 4ª temporada transformada em um 5ª ano pelo serviço de streaming.