As quatro amigas de Book Club (título original do filme Do Jeito que Elas Querem) optam pela leitura de "Cinquenta Tons de Cinza" e suas infames continuações, substituindo o estímulo intelectual por algo mais fisicamente incitante.

A imaginação sobre as taras e os desejos de Christian Grey mexe com as protagonistas interpretadas por Jane Fonda, Diane Keaton, Candice Bergen e Mary Steenburgen, que resolvem apimentar suas vidas amorosas e sexuais.

A produção é claramente destinada ao público feminino e maduro, ainda que possa ser apreciada por outros espectadores. É importante notar, no entanto, que o longa dialogará melhor com as mulheres que se identificarem com as personagens.

A trama envolve as relações e os relacionamentos desse grupo de senhoras com os homens de suas vidas – o que pode soar como uma proposta simplista e pouco feminista. Por outro lado, o filme parece entender seu público e a geração que procura atingir.

Para quem deixar essas ressalvas de lado, Do Jeito que Elas Querem é uma comédia ligeira, divertida e despretensiosa que se beneficia do carisma e do talento das atrizes veteranas. O roteiro possui alguns momentos inspirados, como a trama da personagem de Diane Keaton, que tenta mostrar para as filhas que ainda tem muitas aventuras para viver.

O longa-metragem conta também com ótimas participações especiais, como Andy Garcia, Don Johnson e Richard Dreyfuss. As narrativas são bastante previsíveis, mas o que vale aqui não são os estímulos intelectuais, mas sim as risadas ocasionais – o que o filme entrega sem apelar para a baixaria.