Mesmo já tendo assistido e considerado absurdamente ruim um filme com o selo de Original Netflix, ao receber um email informando que há produção nova no catálogo, apostamos que você vai pelo menos conferir o trailer.

Isso acontece provavelmente pela boa fama e fidelização que a empresa conseguiu construir. Apesar de ter no histórico alguns filmes e séries que realmente não emplacaram ou pelo menos não agradaram os críticos, o site de streaming conquistou uma excelente reputação com os conteúdos originais produzidos até agora. Isso explica o motivo de a Netflix investir 12 bilhões de dólares em conteúdo original.

Analistas econômicos e financeiros tentam compreender o sucesso da Netflix considerando não apenas suas razões, mas também os impactos dessa reputação para a estabilidade da empresa. Todd Juenger, uma analista da Bernstein, disse o seguinte ao Business Insider:

"A associação positiva com a marca que a Netflix criou entre seus assinantes gera uma auréola positiva para seu conteúdo, dando à Netflix uma enorme vantagem porque os membros estão predispostos a pensar que eles vão gostar do conteúdo, o que normalmente se torma uma profecia autorrealizável."

Ironicamente, são conteúdos originais justamente como Bright (que recebeu um bom número de críticas negativas), estrelado por Will Smith, que continuam trazendo e fidelizando público. Artistas como ele, Jared Leto, que agora estrela Dívida Perigosa, e Natalie Portman, em Aniquilação, bem como nomes de peso também na direção, no roteiro e na produção são apenas alguns exemplos de como conquistar a audiência.

Talvez a matemática entre preços justos nas assinaturas, diversidade de catálogo, inovação no conceito do negócio e conteúdo original seja a conta necessária para chegar ao resultado que a Netflix tem hoje. Mas o fato é que não é à toa que ela esteja planejando investir bilhões de dólares em mais de 700 novas séries originais vindas de diferentes países, o que torna a empresa cada vez mais competitiva.

O público é que não vai reclamar, não é mesmo? Enquanto isso estiver resultando em produções como Grace & Frankie e Stranger Things, estamos todos satisfeitos e torcendo pela prosperidade da Netflix.

Este texto foi escrito por Lu Belin via n-Experts.

Sabia que fãs de filmes e séries agora estão no Clube Minha Série? Neste espaço, você também pode escrever e encontrar outros especialistas sobre seus programas favoritos! Acesse aqui e participe.