Atenção, fãs de seriados! Novidades estão chegando à Rede Globo!

Como o Minha Série já havia anunciado, Força Tarefa ganhou uma segunda temporada, que já tem data de estreia: 6 de abril.

Os episódios da nova temporada contam com 70% de cenas gravadas ao ar livre. O responsável pela “mudança de ares” da série policial são os roteiristas Fernando Bonassi e Marçal Aquino, que prepararam ainda mais surpresas para o segundo ano da série, como a gravidez de Jaqueline e a chegada de novos personagens: Sheyla (Suzana Pires), Solange (Aninha Lima) e Lourenço (Jackson Antunes).

Quem também está chegando é Vida Alheia, a nova série de Miguel Falabella. Com o fim de Toma Lá Dá Cá, o ator e roteirista volta às telinhas na direção de Vida Alheia, que estreia no dia 9 de abril. A descrição oficial da Rede Globo conta que “Vida Alheia mostrará o cotidiano atribulado de uma revista de celebridades (A Vida Alheia) dirigida por uma mulher de humor ácido. No elenco, Cláudia Jimenez (a editora Alberta Peçanha), Marília Pêra (Catarina Faissol, dona da revista), Danielle Winits (repórter Manuela) e Paulinho Vilhena (Lirio, fotógrafo paparazzi).” Segundo a emissora, cada programa receberá um convidado especial diferente.



Boatos confirmam a compra de FlashForward pela Globo.


Outra novidade é FlashForward, série estadunidense que causou impacto em sua estreia. A notícia da compra dos direitos da série pela Globo ainda não foi confirmada pela emissora, mas blogs especializados em seriados já dão a notícia como certa.

Seja lá como for, ainda não foi divulgada a data da estreia, mas, sendo a notícia verdadeira, só podemos torcer para que FlashForward tenha um destino melhor do que as demais séries “importadas” pelo canal.

FlashForward já é exibido na TV fechada pelo AXN. Entretanto, nos Estados Unidos a situação não é nada boa: a série, que, antes de sua estreia, teve uma grande campanha de marketing e chegou a ser chamada de “a nova Lost”, vem despencando nos índices de audiência desde então.

A volta da série na televisão americana, no dia 18, depois de três meses sem episódios inéditos, não impressionou na audiência — e isso não melhora a situação de FlashForward, que já estava correndo risco de ser cancelada devido aos índices de audiência antes do hiato.

Agora resta torcer para que a aposta da Globo ainda esteja valendo a pena, quando a série for exibida na televisão aberta.