Marcando a primeira aposta da AXN na produção nacional de seriados, Santo Forte é um drama que faz uso do realismo fantástico e misticismo religioso para contar a história de João da Cruz Forte, um taxista bastante incomum. Marido e pai de família, o protagonista tem o corpo fechado e costuma ter visões quando recebe pagamentos de clientes que estão passando por problemas. A convite do canal, o Minha Série assistiu ao piloto da produção.

Embora não possua muitas posses e lute para dar uma vida digna à sua mulher Dalva e filhos, João é assombrado por um pedaço obscuro de seu passado em que um erro seu levou a consequências graves. Em uma aparente busca por redenção, o taxista então sente-se na obrigação de usar seus dons para ajudar a resolver os problemas de seus passageiros – o que muitas vezes o leva a situações extremas das quais somente ele poderia sair ileso.

Grandes riscos e medidas extremas

Acompanhando a história de João, somos levados a conhecer um lado do Rio de Janeiro que é bem diferente daquele que tanto atrai os turistas do Brasil e do mundo. Em meio às suas ações, o herói se envolve com personagens exóticos e perigosos, como o agiota Barracuda. Enquanto isso, a vida dupla do personagem principal o leva a negligenciar o convívio com sua família e a atrair a atenção do jornalista Fábio, que passa a investigá-lo.

João da Cruz Forte é um destemido taxista de corpo fechado. Fonte: Divulgação/AXN

Para ajudar os passageiros necessitados, João se consulta com Celso, uma figura que também divide sua vida em duas e que mantém uma relação conflituosa de longa data com o protagonista. Por um lado, Celso é apenas um rabugento e sarcástico dono de boteco; por outro, ele é um poderoso Pai de Santo e auxilia o herói a consultar entidades espirituais para esclarecer seu caminho.

No primeiro episódio, João conhece uma senhora que vem passando por apuros graças aos capangas de Barracuda, que a atacam para que pague as dívidas de seu neto. Aflito por conta dos ferimentos e sofrimento de sua passageira, o herói não mede esforços para buscar uma solução que ponha um fim ao problema – e chega a se demonstrar disposto a executar a justiça com as próprias mãos.

O protagonista tem uma relação conflituosa com Celso, dono de bar e Pai de Santo. Fonte: Divulgação/AXN

Produção multifacetada

Tanto a atuação convincente dos atores quanto a estética “noir” da fotografia do seriado ajudam a compor uma interessante história em que o suspense, religião e misticismo se unem para intrigar e prender a atenção do público. Cada episódio conta com um caso distinto, revelando uma nova faceta de João e permitindo que pouco a pouco conheçamos um pouco mais sobre o forte personagem, seu passado, motivações e até mesmo a origem de seus poderes.

O elenco é composto por figuras renomadas, com o protagonista interpretado por Vinícius de Oliveira (que há 18 anos viveu o garoto Josué em Central do Brasil), Laila Garin (premiada pela peça Elis, a Musical) no papel de Dalva, Thiago Justino (de Getúlio) como Celso e Guilherme Dellorto (da novela Joia Rara) como Fábio. O agiota Barracuda, por sua vez, é vivido por Cassiano Carneiro (de Além do Tempo).

Da esquerda: Thiago Justino, Vinícius de Oliveira, Laila Garin e Guilherme Dellorto. Fonte: Divulgação/AXN

Contando com 13 episódios de 45 minutos cada (sem contar intervalos), Santo Forte tem direção de Roberto D’Avila e roteiro de Marc Bechar. Ainda que a história tenha um arco fechado, os produtores ressaltam que a riqueza dos personagens e a estrutura do seriado abrem espaço para temporadas futuras – cuja existência provavelmente depende do sucesso da primeira.

O episódio inicial de Santo Forte vai ao ar na AXN no domingo (30), às 21h. Depois da estreia, o primeiro capítulo completo também será disponibilizado no canal do YouTube da emissora, que você encontra neste link.