Fonte da imagem: Divulgação/Fox

A Comic-Con é um evento anual que ocorre sempre em julho em San Diego, na Califórnia, trazendo as últimas novidades sobre o mundo pop e geek, reunindo uma imensa legião de fãs e profissionais da TV, cinema, quadrinhos, games e muito mais. Entre os destaques do evento estão os painéis de perguntas e respostas, nos quais atores e produtores comentam, diante de uma multidão na plateia, as novidades mais recentes e o que esperar do futuro das produções.

A primeira série a ter o seu painel na Comic-Con 2014 foi 24 Horas, na tarde desta quinta, no horário de Brasília. O astro Kiefer Sutherland e os produtores Jon Cassar e Howard Gordon deram a entender que 24: Live Another Day (em português, 24 Horas: Viva um Novo Dia), ou a nona temporada da série de Jack Bauer, pode ter sido mesmo a última.

Será o fim de Jack Bauer?

“É difícil terminar [a série]”, disse Kiefer Sutherland. “Tentar criar um fim para o nosso seriado nesta temporada, porque dissemos que essa seria a última temporada, foi realmente muito difícil para nós. Todos nós, individualmente, não queríamos nos libertar [da série]. Lutamos contra isso, lutamos pela série. A resposta de vocês ao fim desta temporada foi realmente graciosa e amável, então muito obrigado”, ele disse às cerca de 4 mil pessoas no auditório.

Os desafios nas filmagens

No painel, Sutherland e os produtores comentaram sobre os desafios de filmar a temporada em Londres, pela primeira vez: “Precisávamos de seis semanas para sequer ter uma 'arma' nos sets, tínhamos que fazer o pedido com antecedência”, disse o intérprete de Jack Bauer. “Então isso dificultou muito. Sendo assim, teve algo fantástico que aconteceu por causa disso: começamos a pensar mais antes de matar alguém, sobre como poderíamos ser dramáticos de outra maneira. No fim, foi fantástico”.

O medo de estragar a história

Fonte da imagem: Divulgação/Fox

Falando sobre o receio de como lidar com a continuação da série e revisitar o personagem que ele considera o seu “maior presente”, Sutherland compartilhou: “O pânico era extraordinário. Se você nos perguntasse, honestamente, no decorrer dessas oito temporadas, nunca diríamos que fizemos uma temporada perfeita, nem por um segundo”.

“Mas tivemos muito do que nos orgulhar depois de oito temporadas. Então a ideia de abrir isso de novo e potencialmente estragar aquilo era realmente grande”, confessou o ator. “Por seis meses, depois que concordamos em fazer a nona temporada, eu me virei do avesso e entrei numa completa confusão [mental]. Eu lembro de, nos três primeiros dias quando estávamos filmando, [perguntar para mim mesmo]: ‘Isso tem a cara do Jack Bauer?’. Eu estava tão preocupado em fazer justiça ao personagem, à história e à franquia, que eu preguei uma peça em mim mesmo”.

E o futuro da série?

Anteriormente, no começo deste mês, o presidente da Fox, Peter Rice, havia dito aos repórteres, em coletiva, que não tinha tido ainda uma conversa específica sobre o possível retorno de 24 Horas para uma 10ª temporada.

“Tenho certeza de que conversaremos no futuro. É uma franquia maravilhosa. Quando você olha para a série em si, ela tem muitas histórias a contar, mas acho que temos que sentar com os criadores e conversar sobre isso”, completou o executivo da emissora.

O filme ainda está no horizonte

Durante o painel da Comic-Con, o produtor Jon Cassar disse que a ideia do filme de 24 Horas ainda está de pé: “Ainda estamos conversando sobre o filme, isso ainda está potencialmente [em jogo]”.

E você, o que acha da perspectiva da nona temporada ter sido a última?